segunda-feira, 30 de novembro de 2009

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Blog de cara nova

Já estamos de cara nova. A ideia é melhorar cada vez mais a estrutura do blog e facilitar a visibilidade da página e das notícias para os leitores. Bom proveito.

O novo leiaute do blog é de responsabilidade do webdesign Vagner Gomes (Pokemon), da V/GomesDesign, a arte que expressa.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Bebês também são vítimas de pedófilos

Belém registrou no ano de 2008 cerca de 950 casos de crimes de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Desses, 62 casos foram contra crianças entre zero e dois anos, com 30 delas tendo que passar por cirurgia de recomposição dos órgãos genitais. Entre as crianças com idade entre dois e cinco anos que sofreram abuso, foram registrados 144 casos no mesmo período.

Esses números estarão no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa, que apura crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes. O documento, que estava previsto para ser entregue no mês de dezembro, teve sua divulgação adiada para o mês de janeiro, devido ao volume e a complexidade dos casos, conforme explicou o relator da CPI, deputado estadual Arnaldo Jordy (PPS).

Segundo ele, nos últimos cinco anos, em torno de 100 mil crianças e adolescentes já foram vítimas de abuso sexual no Pará, com 81% dos casos ocorrendo dentro da família, praticado pelo pai ou outros parentes.

“O criminoso é insuspeito e há um medo de denunciar porque, quase sempre, existe uma relação de poder entre abusador e vítima, com as crianças não tendo o poder de se rebelar e denunciar esses crimes por conta dessa relação”, afirma o deputado, lembrando ainda que muitos desses crimes estão ligados à miséria, com muitos pedófilos se aproveitando dessa situação para abusar da vítima. Ele cita, como exemplo, o caso de uma menina de 10 anos, no município de Augusto Correa, que teve que manter relações sexuais com oito homens para receber de cada um deles R$ 10,00.

O parlamentar lamentou também os casos em que os pedófilos fazem apostas para ver quem mantém relações sexuais com a criança/adolescente mais jovem, como se isso fosse natural. “Isso é uma deformação comportamental, com essa situação destruindo não somente uma criança, mas toda uma geração, já que esses crimes deixam seqüelas para a vida toda desses menores”, ressalta, pedindo que a sociedade denuncie para que esses casos não fiquem impunes.

Balanço – Arnaldo Jordy considera positivo o resultado dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito, porque deu visibilidade a um problema que era guardado a sete chaves e mantido pelo pacto criminoso do silêncio, com a Comissão expondo à sociedade os casos envolvendo abuso sexual contra crianças e adolescentes em todas as regiões do Estado.

Ele avalia que a imprensa teve papel fundamental no acompanhamento dos trabalhos da CPI, ajudando a conscientizar a sociedade sobre importância de denunciar esses abusos. A justiça também passou a punir mais. Segundo o parlamentar, em dez meses de trabalho da Comissão, mais pessoas foram presas por esse tipo de crime do que nos últimos três anos.

“A CPI conseguiu melhorar o cumprimento das leis e também agilizar as sentenças para esses crimes no âmbito do judiciário”, disse, deixando claro que a CPI não tem o poder de julgar ou condenar os criminosos, o que é papel da justiça. “O que é positivo é que a sociedade passou a discutir o tema, que estava sumerso e guardado nos armários”, disse.

Com o encerramento dos trabalhos, algumas medidas serão anunciadas dentro do relatório final, entre elas, a criação de núcleos do Propaz e de delegacias especializadas no atendimento às crianças e adolescentes nos municípios pólos do Estado. Há, ainda, a criação de uma subcomissão dentro da Comissão de Direitos Humanos, da Alepa, exclusivamente para tratar desses casos a fim de que as denúncias referentes a esses crimes não encerrem com a CPI. (Tânia Monteiro)

Pastor diz cobras e lagartos da Igreja Assembleia de Deus

Referindo-se ao post “Pastor de Belém assume mega-igreja do interior de São Paulo”, publicamos abaixo comentário de um pastor que preferiu não se identificar:

“Parabéns ao pr. Samuel Câmara pela coragem em fazer Obra do Mestre. Enquanto a CGADB e COMIEADEPA fazem politicagem e falcatruas, brigando por causa de posição e igrejas, o pr. Câmara ganha almas pra Deus. Sou pastor, mas como não posso aparecer, minha opinião é como anônimo. Reafirmo que tenho certeza que os pastores J.Weliton e Gilberto precisam se converter e parar de ser interesseiro. O pr. J.Weliton nunca explicou os desvios de dinheiros da CGADB para os assembleianos, e o pr. Gilberto não dar conta nem de corrigir seus pastores que estão podres de ricos e milionários às custos do dinheiro dos fiéis das igrejas que pastoreiam. Seus filhos vivem desfrutando do melhor e do bom; suas igrejas estão mortas espiritualmente e não ganham almas. O pr. Gilberto tem que mostrar suas fazendas, carros, postos de combustíveis. Não se sabe se pastor ou se comerciante. A maioria dos pastores da Comieadepa sao ricos (hic), pois ganham muitos mais que um executivo, pegam todos os dízimos e a igrejas ficam pobres e miseráveis. Nas cidades de Castanhal, Dom Eliseu, Bragança, Paragominas, Marabá etc... OS EVANGÉLICOS DO Brasil TEM QUE SABER A VERDADE, pois esses e outros pastores não saem dessas igrejas por nada, não doutrinam as igrejas, não fazem assistência social, não visitam os pobres, alguns se envolvem em política e pegam até dinheiro de candidatos, enquanto outros vendem as igrejas pra políticos etc. SERÁ QUE ESSES HOMENS VÃO SUBIR PARA O CÉU? Se eles subirem, a Bíblia é mentirosa. SÓ OS LIMPOS DE MÃOS E PUROS DE CORAÇÃO.
O pr. Gilberto não é isso que muitos pensam. Ele é mau e gosta de falcatruas. Pelas eleições, pediu votos de todos os ministérios pequenos do Pará. Claro que queria se eleger a quarto presidente da CGADB, e agora anda roubando pastores pra convenção dele a COMIEADEPA".

Obs.: O blog se coloca à disposição da igreja para eventual esclarecimento sobre as denúncias.

Dez candidatos concorrem ao cargo de conselheiro tutelar em Parauapebas

Aldo Nonato Lindoso Serra (nº 13)
Arlete Edna Sacramento (nº 8)
Dilma Leal Campos de Oliveira (nº 10)
Eliésio Costa da Silva (nº 15)
Ivanildo Braga da Silva (nº 9)
José Santana R.Correia (nº 11)
Josefa Alverlene Rocha Girão (nº 12)
Letícia do Socorro Freire Rossy (nº 3)
Maria da Conceição M.Sousa (nº 6)
Oséias Leão Santos Lopes (nº 2)

Locais de votação
Escola Carlos Henrique (bairro da Paz)

Faruk Salmen (Guanabara)

Jean Piaget (Liberdade)

Eunice Moreira (Vila Rica)

Centro Universitário de Parauapebas (Cidade Nova)

Escola Pitágoras (Núcleo Urbano de Carajás)

Compareça e vote no dia 29 de novembro, no período das 8 às 17 horas.

_____________________________

Atualizada às 19 horas de 28/11

Justiça suspendeu a eleição e marcou uma nova data para o dia 18 de dezembro. Uma nova prova entre os 16 candidados deverá ser realizada dentro dos próximos dias.

Esperteza


quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Eleição da nova diretoria da Aicop neste sábado

A diretoria da Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop) lembra a todos os membros da entidade que a eleição para escolha da nova diretoria para o biênio 2010/2011 vai acontecer no próximo sábado (28), às 18 horas, no auditório do Sinticlepemp, Praça Mahatma Gandhi.

Em reuniões ocorridas anteriormente, os associados da Aicop decidiram apostar na reeleição do atual presidente, jornalista Waldyr Silva, para um segundo mandato, na chapa única denominada "Aicop pra valer", com a garantia de que todos vão trabalhar para que a entidade cresça ainda mais, sempre buscando defender os interesses de seus membros e colaboradores.

A formação da nova diretoria já foi feita e enviada para os sócios contemplados para análise e eventual confirmação dos nomes e cargos, e será apresentada aos demais associados no dia da eleição, portanto, no próximo sábado, dia 28.

É importante que todos os sócios da entidade estejam no local da eleição, às 18 horas, para dar legitimidade aos novos membros da próxima diretoria da Aicop.

Encontro de blogueiros em Parauapebas

Está marcado para o próximo dia 12 de dezembro, a partir das 9 horas da manhã, no sitio de Zé Dudu, localizado na estrada de acesso a Palmares Sul, em Parauapebas, o I Encontro de Blogueiros da Região do Carajás.

Organizado pelo blogueiro José Eduardo Ferreira do Vale, mais conhecido por "Zé Dudu", o evento tem como objetivo congregar e interagir blogueiros da região para troca de informações e confraternização.

O evento tem como palestrantes o professor Francisco Brito, que falará sobre o tema “A gramática correta nos posts”; o advogado Olinto Vieira, com o tema “O que pode ser publicado nos blogs com a mudança eleitoral”; e o radialista Demerval Moreno, que discorrerá sobre "Quem é a notícia, quando queremos ser mais que a notícia”.

“O encontro terá início às 9 horas, com apresentação de palestras aos presentes e intervalo por volta de meio-dia para almoço, acompanhado por cantores da região”, explica Zé Dudu, adicionando que os debates retornam à tarde, sem horário previsto pra encerrar.

As inscrições para participar do encontro como palestrante podem ser feitas no endereço eletrônico www.zedudu.com.br até o dia 30/11, e como participante até 08/12.

A organização do evento solicita aos blogueiros de outras regiões para que enviem vídeo com depoimento sobre os blogs para ser exibidos no encontro.

De acordo com Zé Dudu, estarão presentes no encontro alguns políticos paraenses, assessores de imprensa e profissionais liberais da região.

Zé Dudu está tentando fechar palestra com representantes da Embratel, para falar sobre a internet na região de Carajás; da Vale e com juiz de direito e eleitoral para discorrer sobre a lei de imprensa.

Projeto Ação Cidadania é apresentado à imprensa de Parauapebas

Bariloche Silva

Jorge, Rinaldo, Jônatas e Veloso, durante a coletiva

A comissão organizadora da 1ª Ação Cidadania, através de entrevista coletiva com a imprensa local, apresentou oficialmente na terça-feira (24) o evento que será realizado nos dias 5 e 6 de dezembro na Praça de Eventos, com previsão para beneficiar mais de cinco mil pessoas.

O projeto Ação Cidadania que tem como realizadores a Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (Acip), Justiça Federal do Trabalho e como co-realizadores TV Liberal Parauapebas e a mineradora multinacional Vale.

Trata-se de um evento que visa acima de tudo despertar o espírito de solidariedade na população da região de forma a se conseguir uma interação para realizar um mutirão social sem fronteiras no âmbito político partidário, religião, raça ou classe social.

Serviços – Na oportunidade, os populares irão desfrutar gratuitamente de diversos serviços, como emissão de Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, CPF, Certidão de Nascimento, Cartão Cidadão, Título de Eleitor, entre outros.

Na área da saúde, serão prestados atendimentos em Oftalmologia, Odontologia, consultas médicas diversas, hanseníase, exames laboratoriais, nutrição, avaliação corporal e vacinação.

A comunidade terá ainda acesso aos chamados serviços acessórios, que irão prestar atendimentos nas áreas de auto-estima, massoterapia, cabeleireiros, manicure e meio ambiente; doação de mudas de plantas, oficinas sobre saúde e alimentação. Atividades infantis, como pula-pula e pinturas diversas.

A coletiva de imprensa contou com representantes da Acip, Justiça do Trabalho, Prefeitura de Parauapebas, Ordem dos Advogados do Brasil, Vale e TV Liberal Parauapebas.

Em seu pronunciamento, o presidente da Acip, José Rinaldo Alves de Carvalho, comentou sobre os problemas que os munícipes enfrentam diariamente em relação à emissão de documentos pessoais.

“Pensando nesses problemas, decidimos criar a 1ª Ação Cidadania para amenizar esses problemas e dar um pouco mais de cidadania a esse povo que tanto luta por melhores condições de vida”, enfoca José Rinaldo, afirmando ainda que o evento será como teste para que as autoridades em parceria com a Acip possam trazer para Parauapebas o programa Ação Global, que acontece em várias partes do Brasil.

Por sua vez, Jônatas dos Santos Andrade, juiz federal do Trabalho da 1ª Vara de Parauapebas, destacou que um dos maiores objetivos da Ação Cidadania é minimizar os problemas que infelizmente acontecem em Parauapebas e beneficiar a população com ações que possam futuramente diminuir o índice de violência na cidade, que, segundo o juiz, não é um problema apenas do governo, mas sim de toda a sociedade.

“Estamos lidando com um importante projeto que é sem dúvida apartidário e que deve exclusivamente atender a população sem alimentar qualquer tipo de ego político partidário”, esclarece o magistrado. (Fonte: Bariloche Silva)

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Parauapebas vai contar com disque-denúncia inteligente

Fotos: Carlos Campos

Ten-cel. Eder Silva


Edson Calil exibe cartaz do disque-denúncia e...


...fala ao blogger Waldyr Silva

A exemplo do que já vem ocorrendo em grandes centros do país, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Vitória, Recife e Brasília, o município de Parauapebas vai contar com sistema inteligente de disque-denúncia, com central implantada no quartel local da Polícia Militar. O sistema vai ser oficialmente inaugurado dia 28 de janeiro de 2010.

A revelação foi feita no último final de semana a este blog por Edson Calil, diretor do Instituto Brasileiro de Combate ao Crime (IBCC), que veio do Rio de Janeiro para celebrar a parceria com a Polícia Militar em Parauapebas.

Segundo Calil, ao chegar à cidade ele manteve contato com o comandante da PM, ten-cel. Eder Silva, para instalar o sistema, e foi surpreendido com a informação de que a polícia acabara de implantar no quartel sistema semelhante de disque-denúncia, porém mais simples.

“Fiquei surpreendido com o projeto de inteligência embrionário instalado pela Polícia Militar em Parauapebas, semelhante ao nosso, e isso nos ajuda muito, porque vamos apenas melhorá-lo com soft moderno”, frisou o diretor.

O diretor do IBCC garante que, ao denunciar algum crime de violência doméstica, consumo e tráfico de drogas, prostituição infantil e perturbação da ordem pública, a comunidade não precisa se identificar. “Não queremos saber quem são os denunciantes, mas onde estão ocorrendo eventuais crimes. Queremos saber o que a comunidade sabe”, observa Edson Calil.

Ele acrescenta que o disque-denúncia recebe as informações sigilosas por meio do telefone 3346-2250, por enquanto, nos turnos das 6 ao meio-dia, de meio-dia às 18 horas e das 18 a zero hora. Os atendentes serão pessoas que vão ser treinadas e capacitadas pelo Instituto Brasileiro de Combate ao Crime, contratadas pelo regime celetista, com todos os direitos trabalhistas garantidos.

Segundo o diretor do IPCC, os sistemas de disque-denúncia implantados em várias cidades brasileiras têm trazidos importantes resultados na solução de crimes, “mas entendemos que somos apenas um dos instrumentos para ajudar a combater o crime, e não a peça principal, que são as polícias Militar e Civil”.

Edson Calil revela que o projeto de disque-denúncia inteligente foi importado de países como México, Estados Unidos, Canadá, França e outros.

Com o funcionamento pleno do disque-denúncia em Parauapebas, o IBCC pretende recompensar o cidadão que denunciar crimes, o repórter policial que fizer jornalismo investigativo e o policial que se destacar na solução dos crimes investigados. “São prêmios simbólicos, de incentivo a esses colaboradores”, contemporiza o diretor.

Para o comandante Eder, a parceria com o IBCC é de extrema importância para a Polícia Militar no combate ao crime em Parauapebas. “Já tínhamos instalado o sistema na cidade, há alguns meses, mas precisávamos de mais experiência, e o IBCC está nos proporcionando mais conhecimento para o sistema funcionar em busca de resultados”.

O comandante Eder Silva foi convidado por Edson Calil para conhecer no Rio de Janeiro a matriz do Instituto Brasileiro de Combate ao Crime e ver como funciona todo o sistema de disque-denúncia.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Dia do Rio

Waldyr Silva


Nesta terça-feira (24), é comemorado o "Dia do Rio", data instituída devido ao enorme risco de escassez de água no Planeta, bem como a preservação e proteção dos recursos naturais.

A importância dos rios é inestimável para a vida dos mais variados ecossistemas. A mata ciliar, vegetação existente nas margens de rios, retém parte da água que escoa das chuvas em suas raízes, evitando o processo de erosão do solo e o desbarrancamento. Além disso, preserva a flora e a fauna que habitam essas áreas, contribuindo para evitar o desaparecimento de espécies.

Porém, a água que podemos utilizar é muito pouca. Por isso, temos que saber usá-la com inteligência, evitando seu desperdício e a poluição.

Vida dura


Estado de Carajás

O projeto de criação do Estado de Carajás, de autoria do deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA), já foi aprovado por todas as comissões e está pronto para ser votado. De acordo com Dagoberto, Temer concordou com a votação do projeto que criaria mais um estado brasileiro ainda este ano.

- Não teria problema votar ainda este ano. O presidente pediu para mobilizar os líderes.

Parlamentares da região Norte reclamam que Carajás, famosa por abrigar o maior garimpo a céu aberto do mundo, sofre com a ausência do poder público e o desmembramento poderia melhorar a qualidade de vida da população local, como aconteceu com o Tocantins e o Mato Grosso do Sul, quando foram separados de Goiás e Mato Grosso e montaram estrutura própria de governo[...]

Queiroz explica que se o projeto for aprovado em dezembro, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tem até junho para realizar o plebiscito. Aprovado pela população paraense, o governo encaminharia uma lei complementar federal criando o novo estado e apontando uma das 38 cidades que já existem na região do Carajás como “capital provisória”.

A definição da capital caberia, portanto, ao novo governador eleito do Pará. A partir da aprovação em plenário, até o fim de 2010 o Brasil poderá ter 27 estados e mais o Distrito Federal. (Fonte: http://blogdovalmutran.blogspot.com/)

Nilson é o novo presidente do PT

José Piedade

Nilson da CKS foi eleito neste domingo (22) o novo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Parauapebas, com 322 votos, ao derrotar os concorrentes Chiquinho do PT (210 votos) e Leônidas (102 votos).

Pessoa inesquecível

CRÔNICAS DO PC
Foi motivo de muita tristeza, quando a população daquela cidade recebeu a notícia da morte trágica do ex-prefeito da cidade, o renomado médico Cesário Coité, ocorrida em uma de nossas estradas esburacadas. O carro que dirigia caiu numa vala, desgovernou-se e foi parar no fundo de um abismo de mais de 40 metros. Morte instantânea. Quase nenhum osso ficou inteiro no corpo do doutor.

Em vida, o médico foi extraordinário. Eleito prefeito, fez uma grande administração, deixando marcada sua passagem pela prefeitura, com grandes obras realizadas. Como médico, tornou-se especialista das necessidades que seus pacientes apresentavam. Fazia cirurgias, partos, redução de fratura, clínica pediatra, geriátrica, ginecológica, enfim, sua larga experiência médica o tornou um excelente profissional da saúde e de vastos conhecimentos.

Era cidadão muito querido pelas mulheres da cidade, principalmente por ser solteiro e dono de fortuna de mais de 10 milhões de reais, adquirida com o esforço de seu trabalho e bens herdados de pais falecidos, por ser filho único.

Não fez carreira política por não concordar com os rumos que seu partido queria tomar, de apoiar o governo em troca de favores. Para tanto, tinha de fechar os olhos para as bandalheiras cometidas, através de assaltos aos cofres públicos e malversações de verbas.

Sua vida privada era conduzia com muita discrição. Morava sozinho num casarão tipo colonial e recebia visitas muito reservadamente, na maioria das vezes à noite, as mais frequentes de quatro mulheres, uma morena, outra branca, a terceira loura, de olhos azuis, cada uma em dias diferentes, inclusive, uma negra, ex-freira da Ordem Mercedária, que só aparecia aos sábados.

Como esses fatos sempre dão o que falar, algumas pessoas da vizinhança comentavam maliciosamente que naquele entra e sai de mulheres bonitas e atraentes na casa de um homem solteiro deveria haver mistérios. Uma das falastronas, viúva experiente declarou: “Macho e fêmea juntos correm riscos. Não confio nem em um jumento com uma galinha, pode haver saliência”.

Ninguém, no entanto, conseguiu provar qualquer envolvimento mais sério entre o médico e as mulheres, afirmativamente, até o dia de sua morte, quando o corpo estava sendo velado na Câmara Municipal.

Ao lado do ataúde, chorando copiosamente, ficaram agarradas ao cadáver as quatro mulheres. Uma segurava na cabeça, outra se abraçava ao tórax, a terceira se entrelaçava à barriga e a ex-freira abaixo dos quadris. Cena triste, muito comovente, revelando o quanto o morto era querido por aquelas mulheres.

Na cidade havia um costume tradicional de se colocar num certo Livro de Referências mensagens alusivas à vida do morto e assinadas por quem a escrevia. A pessoa que tomava conta do chamado Tomo Histórico era a velha viúva tagarela, única funcionária do museu municipal.

No outro dia, após o funeral, a velha viúva, em seu ambiente de trabalho, chamou uma amiga, e pôs-se a ler o que havia escrito cada uma das quatro mulheres, única forma de tirar dúvidas, colocando as coisas “em pratos limpos”. E estava ali a primeira mensagem. Dizia assim: “Foi-se uma pessoa amada, deixando marcas indeléveis e profundas em mim, e que me fizeram feliz”, Vanda. A segunda mensagem assim se expressava na segunda pessoa do singular: “Partistes, meu amor, mas fiques sabendo que não te esquecerei jamais. Tua marca ficou permanente, me causando comichão gostoso”, Léia.

A terceira mensagem estava um pouco agressiva, pelo tom de desabafo: “Eu desconfiava que tu me traias com essas marafaias. Vou te perdoar porque não sou vingativa, e desejo tua salvação eterna”, Ruth. Já a ex-freira escreveu: “Ah! Que delícia! Maravilha! Sentirei saudade quando me lembrar de teus estudos anatômicos procurando em mim o ponto G”, Irmã Caridade.

Pedro Cláudio M.Reis (PC) / E-mail: pcmourareis@yahoo.com.br

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Resende e Mercadão das Peças lideram municipal de futsal

Carlos Campos

Resende e Castelo Branco

O campeonato sensação do momento continua levando a torcida ao delírio, prestigiando o I Campeonato Municipal de Futsal, que acontece todos os dias no ginásio poliesporitivo.

A competição está próxima de finalizar a quarta rodada, mas já tem time que vem se destacando com muito talento. A equipe do Resende lidera a chave A com 15 pontos, 5 jogos e cinco vitórias, garantindo praticamente sua vaga à próxima fase. No último confronto, Resende empatou com Independente em 3 a 3.

Outro time que pode garantir vaga à próxima etapa da competição é o Mercadão das Peças, que lidera a chave B, com 9 pontos, 3 jogos e três vitórias. O Mercadão encara o time do combinado Primavera/Águia Azul, que não vem fazendo um bom campeonato e ocupa apenas a quarta posição na tabela.

O time do Rola Papo, equipe de tradição no futsal no município, vem se recuperando e já ocupa a segunda posição no grupo B.

Neste momento do andamento da competição, podemos destacar um caso muito interessante de duas equipes que podemos comparar com o Campeonato Municipal de Futebol deste ano. Na primeira divisão, a equipe do Águia Azul terminou o campeonato sem marcar um pontinho sequer.

No Municipal de Futsal, os times de Geosol e Castelo Branco seguem os mesmos passos, pois até agora não pontuaram na competição.

Próximos jogos
Sexta-feira (20)
19 horas: Adep x MP
20 horas: Mercadão/Sociedade x Castelo Branco

Sábado (21)
19 horas: Primavera / Águia Azul x Geosol
20 horas: Mercadão - das Peças x Panelinha

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Fórum de turismo encerra atividades com visita às cachoeiras da floresta de Carajás



Fotos: Waldyr Silva

Abrão Pimentel fala no Fórum de Turismo


Visitantes posam no mirante das minas de ferro


Galera vibra na cachoeira de Águas Claras

Contando com a participação na sua maioria de agentes de viagem e proprietários de hotéis da região, o Fórum de Desenvolvimento do Turismo de Parauapebas, realizado no último final de semana (dias 13 e 14) no auditório do espaço TWA, encerrou suas atividades com visita à cachoeira de Águas Claras, localizada na Floresta Nacional (Flona) de Carajás, município de Parauapebas.
No passeio oferecido no sábado (14) aos participantes do evento, oriundos de Marabá, Canaã dos Carajás, Jacundá, Novo Repartimento e outros municípios, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer o Parque Zoobotânico de Carajás, as minas de ferro da Vale e por último adentraram a floresta e chegaram até a cachoeira de Águas Claras.
Coordenados pelo secretário municipal de Desenvolvimento, Abrão Lopes Pimentel, e por agentes ambientais do Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (Ceap), os participantes do fórum ficaram encantados ao presenciar as belezas da floresta de Carajás, culminando com as corredeiras de Águas Claras e o canto dos pássaros.
Desprovidos de trajes para banho, pois o passeio era somente para conhecer as cachoeiras, em virtude do pouco tempo de permanência na Flona, mesmo assim a maioria não resistiu e caiu nas águas frias, deleitando-se com as maravilhas da natureza.
Fórum
O Fórum de Desenvolvimento de Turismo de Parauapebas contou com diversas atividades, como a apresentação do Pólo Araguaia-Tocantins, sob a responsabilidade de Vanuza Barbosa; apresentação de proposta para participação do fórum com seus membros no I Congresso das Cidades Amazônicas; apresentação do potencial turístico de Canaã dos Carajás; apresentação do Conselho Municipal do Turismo de Parauapebas; palestras “A importância do turismo para a economia municipal e estadual” e “Potencial turístico da Floresta Nacional de Carajás”; e apresentação dos pontos turísticos de Parauapebas, como as margens do rio Parauapebas (City Park Tênis Club), núcleo urbano de Carajás, Parque Zoobotânico, Minas da Vale e Floresta Nacional (Flona) de Carajás.

A grande mídia e a desigualdade racial

Pesquisa do Observatório Brasileiro de Mídia revela posicionamento contrário de grandes revistas e jornais brasileiros em relação aos principais pontos da agenda de interesse da população afrodescendente (ações afirmativas, cotas, Estatuto da Igualdade Racial e demarcação de terras quilombolas).

A análise é de Venício Lima, pesquisador Sênior do Núcleo de Estudos sobre Mídia e Política da Universidade de Brasília (Nemp-UNB), e publicada pela Carta Maior, 17-11-2009.

O artigo
O “Dia da Consciência Negra” é comemorado em todo o país na data em que Zumbi – o herói principal da resistência simbolizada pelo quilombo de Palmares – foi morto, 314 anos atrás: 20 de novembro de 1695. Muitas revoltas, fugas e quilombos aconteceram antes da Abolição, em 1888.

O Brasil de 2009 é, certamente, outro país. Apesar disso, “os negros continuam em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras ancestralmente ocupadas no campo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades”.

O estudo Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgado em outubro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que, de 1998 a 2008, dobrou o número de negros e pardos com ensino superior. Mesmo assim, os números continuam muito abaixo da média da população branca: só 4,7% de negros e pardos tinham diploma de nível superior em 2008, contra 2,2% dez anos antes. Já na população branca, 14,3% tinham terminado a universidade em 2008. Dez anos antes, eram 9,7%. Entre o 1% com maior renda familiar per capita, apenas 15% eram pretos ou pardos no total da população brasileira.

A grande mídia e a desigualdade racial
Diante desse quadro de desigualdade e injustiça histórica, como tem se comportado a grande mídia na cobertura dos temas de interesse da população negra brasileira, vale dizer, de interesse público?

Uma pesquisa encomendada pelo Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT), realizada pelo Observatório Brasileiro de Mídia (OBM), analisou 972 matérias publicadas nos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo, e 121 nas revistas semanais Veja, Época e Isto É – 1093 matérias, no total – ao longo de oito anos.

No período compreendido entre 1º de janeiro de 2001 e 31 de dezembro de 2008, foi acompanhada a agenda da promoção da igualdade racial e das políticas de ações afirmativas em torno dos seguintes temas: cotas nas universidades, quilombolas, ação afirmativa, estatuto da igualdade racial, diversidade racial e religiões de matriz africana.

Não é possível reproduzir aqui todos os detalhes da pesquisa. Menciono apenas cinco achados de um relatório de quase 100 páginas.

1. Com graus diferentes, os jornais observados se posicionaram contrariamente aos principais pontos da agenda de interesse da população afrodescendente. Em toda a pesquisa, as políticas de reparação – ações afirmativas, cotas, Estatuto da Igualdade Racial e demarcação de terras quilombolas – tiveram o maior o percentual de textos com sentidos contrários: 22,2%.

2. As reportagens veicularam sentidos mais plurais do que os textos opinativos que, com pequenas variações, se posicionaram contrários à adoção das cotas, da aprovação do Estatuto da Igualdade Racial e da demarcação de terras quilombolas. A argumentação central dos editoriais é de que esses instrumentos de reparação promovem racismo. Em relação à demarcação das terras quilombolas, os textos opinativos em O Estado de S.Paulo, 78,6%, e O Globo, 63,6%, criticaram o Decreto nº 4.887/2003 que regulamenta a demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos. O argumento principal foi o de que o critério da autodeclaração é falho e traz insegurança à propriedade privada.

3. A cobertura sobre ações afirmativas foi realizada, basicamente, em torno da política de cotas: 29,3% dos textos. Outros instrumentos pouco foram noticiados. O Estatuto da Igualdade Racial esteve presente apenas em 4,5% dos textos. A discussão sobre as ações afirmativas mereceu atenção de 18,9%. Quase 40% desses textos foram publicados em 2001, ano da Conferência sobre a igualdade racial em Durban, África do Sul. A Lei 10.639/2003, que inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira”, praticamente não foi noticiada. Menções à lei foram feitas de forma periférica, em apenas 0,5% do total de textos, sem que os veículos tenham problematizado o assunto ou buscado dar visibilidade à sua aplicação.

A cobertura oferecida pelo jornal O Globo merece um comentário à parte. O jornal dedicou 38 editoriais sobre os vários temas pesquisados, destes 25 ou 65,8% trataram especificamente de “cotas nas universidades”. Os três jornais publicaram 32 editoriais sobre o mesmo assunto. O Globo foi, portanto, responsável por 78% deles.

Ainda que os principais argumentos contrários – as cotas e ações afirmativas iriam promover racismo (32%) ou os alunos cotistas iriam baixar o nível dos cursos (16%) – não tenham se confirmado nas instituições que implementaram as cotas, a posição editorial de O Globo não se alterou nos 8 anos pesquisados.

4. Embora a maioria dos estudos e pesquisas realizadas por instituições como IBGE, Ipea, Seade, OIT, Unesco, ONU, UFRJ, Ibope e DataFolha, no período analisado, confirmem o acerto das políticas de ação afirmativa, apenas 5,8% dos textos publicados nos jornais noticiaram e debateram os dados revelados. Esses estudos e pesquisas trataram de assuntos como: menor salário de negros frente a brancos; menor presença de negros no ensino superior; negros como maiores vítimas da violência; e pouca presença de negros em cargos de chefia, dentre outros.

5. O noticiário das revistas semanais sobre a afrodescendencia e a promoção da igualdade racial teve características muito semelhantes ao encontrado nos jornais. Os textos com sentidos contrários às políticas de reparação (26,4%) foram em maior percentual do que aqueles com viés favorável (13,2%). Da mesma forma que nos jornais, a cobertura se concentrou nos programas de cotas: 33,1% sendo que o alto percentual dos textos que trataram das religiões de matriz africana (25,6%) foi o único que destoou da freqüência nos jornais, 4,7%

Liberdades e direitos
Os resultados da importante pesquisa realizada pelo OBM denunciam um estranho paradoxo. Enquanto a grande mídia tem se revelado cada dia mais zelosa – aqui e, sobretudo, em alguns países da América Latina – com relação ao que chama de liberdade de imprensa (equacionada, sem mais, com a liberdade individual de expressão), o mesmo não acontece com a defesa de direitos fundamentais como a reparação da desigualdade e da injustiça histórica de que padece a imensa população negra do nosso país.

Estaria a grande mídia mais preocupada com seus próprios interesses do que com o interesse público. (Venício Lima)

Nas terras dos Carajás: um debate sobre o saque

* Rogério Almeida

Os professores Jean Hébette (UFPA), Rodrigo Dantas (UnB), Wanderlei Padilha (UFPA), Bruno Malheiros (UFPA) estão entre os professores que animam os debates do Seminário Interações entre o Global e o Local, que iniciou na terça-feira (17) no campus da Universidade Federal do Pará (UFPA) em Marabá.

O encontro, que encerra nesta quinta-feira (19), tem como objetivo refletir sobre as tensões sociais, econômicas e políticas que conformam a região.

O debate ocorre justamente quando o processo de satanizar a representação popular ganha proporção na mídia. Num momento em que a disputa pelo território se aprofunda para além das fronteiras do extrativismo mineral, na latitude conhecida como região de Carajás.

Nos dias atuais, há um transbordamento para outros municípios, a exemplo do que ocorre em Ourilândia do Norte, Xinguara, São Félix do Xingu e Juruti. Tem-se ainda no sudeste do Pará, nos derradeiros anos, a presença de um novo sujeito, o banqueiro Daniel Dantas, acusado através de seu braço rural, a Agropecuária Santa Bárbara, de lavar dinheiro na região, adquirindo fazendas.

Terras em particular em nome da família Mutran, que se apropriou ilegalmente de propriedades públicas cedidas através do expediente de aforamento. A ferramenta jurídica concede apenas direito de uso para o extrativismo, quando ali era frondosa uma floresta de castanha-do-pará.

Além da apropriação de terras públicas, há os crimes ambientais, como a derrubada da floresta para a instalação da pecuária. Tudo devidamente já registrado no Ministério Público Federal. E nada disso é contextualizado nos noticiários.

Noticiários que tal os registros dos colonizadores, ou alguns romances, sempre tenderam ao enquadramento pejorativo das pelejas populares dos negros, dos índios e dos mestiços. Assim, o que se convenciona chamar de elite local, sempre tratou os Cabanos como esfarrapados, bandidos e saqueadores.

Assim, a mesma elite ratifica a leitura de tempos idos. Da mesma forma, no complexo xadrez na disputa pela terra e as riquezas locais, tem sido mister o tratamento com relação às populações originárias (quilombolas e indígenas), camponeses, extrativistas, pescadores e tantas outras modalidades da vasta diversidade social local.

Sempre tratados como uma representação do atraso. Gente que deve se submeter ao processo de “eficiência capitalista”, ao invés de questioná-lo. A elite zanga, como se questionasse: quem é essa gente? Deveriam levar as mãos aos céus e agradecer...

A gente esfarrapa e humilde, ao questionar o processo de desenvolvimento, sente o peso da lei e da construção simbólica como se fossem a encarnação do capeta na terra. Tem sido a homogeneização a perspectiva das experiências econômicas na região, baseada no extrativismo. Uma lógica em que a única coisa socializada é a tragédia dos assassinatos, a impunidade, o desmatamento e o trabalho escravo.

Uma lógica que se espraia pela Pan-Amazônia e a América Latina, onde o estado brasileiro tem peso significativo. Peso encarnado na cessão a juros módicos de fortunas para a iniciativa privada nacional e internacional, através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Assim, o Estado garante, através de vasto recurso, afrouxamento nos processos de licenciamentos e revisão de territórios já estabelecidos, como os quilombolas, o estupro às riquezas locais de corporações, como Alcoa, Vale, Tractebel, Camargo Correa, entre tantas.

Na disputa pela terra e riquezas cá existentes, é como se proclamassem: é preciso limpar o terreno, seja através de marcos legais ou não, e em particular, no universo simbólico através da mídia.

* Colaborador da rede www.forumcarajas.org.br, articulista do Ibaes e do Ecodebate

Dia da Consciência Negra

O Movimento Negro de Parauapebas, através de um esforço integrador para apoiar e fortalecer as políticas sociais e educacionais da cultura negra no município, visando o respeito e a valorização de todas as raças e etnias, com o objetivo de colaborar com uma sociedade inclusiva e solidária, comemora o Dia da Consciência Negra, com o tema “Espaço social e político para o negro”, dia 20 de novembro, na Praça de Eventos, com várias atividades.

PROGRAMAÇÃO
Quinta-feira (19)
Blitz educativa Consciência Negra

Sexta-feira (20)
8 horas – Ações de saúde com a carreta de saúde da Fundação Integral
9 horas – Panfletagem e colagem de adesivos
10 horas – Entrega da Carta Compromisso à Câmara de Vereadores
18 horas – Concentração na Praça de Eventos
18h30 – Gingas de capoeira com os grupos Dandara Bambula e Abadá
19 horas – Resgate histórico dos negros no Brasil, com Ana Poty, do Movimento Negro de Belém
19h45 – Vídeo em homenagem ao Mestre Verequete
20 horas – Apresentações culturais
21 horas – Espaço para representantes de movimentos e entidades populares
21h30 – Imagens de negros que vêm se destacando na história
22 horas – Encerramento com ritmo afro-brasileiro

Festival de Dança terá oficinas gratuitas

A etapa competitiva do Festival de Dança de Parauapebas ocorre nos dias 21 e 22 de novembro, no Cineteatro de Carajás. A exemplo da etapa workshops, realizada em junho deste ano, serão oferecidas oficinas de dança, além da mostra competitiva.

Os interessados poderão aprender dança de salão, forró e samba no pé com os instrutores Sheila Aquino e Marcelo Chocolate, coreógrafo da Dança dos Famosos. As oficinas ocorrem no Espaço Biscuit, na Rua I, bairro União, e as inscrições devem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura, na rua D n. 330, Cidade Nova.

A prefeitura irá disponibilizar três ônibus para conduzir as pessoas interessadas em assistir o festival até o cineteatro. O ônibus sai da portaria às 18 horas, no sábado e no domingo.

As inscrições para os grupos que desejam competir foram adiadas até o dia 17 de novembro e devem ser feitas na Secretaria de Cultura, onde também poderão ser adquiridos os ingressos ao cineteatro, pelo valor de três reais. (Diego Pajeú)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Senado aprova Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) e Legislação Participativa, da Câmara dos Deputados, aprovou nesta quarta-feira (18) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 60/2009, que regulamenta o Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos.

"Temos de fazer com que este cadastro seja implantado o mais rápido possível. Dessa forma, teremos melhores condições de busca e aumentaremos as chances de encontrar os desaparecidos", declarou a deputada federal Bel Mesquita, autora da proposta.

O relator da proposta no Senado, Gilvam Borges (PMDB/AP), ressalta que o projeto contribui para aumentar a eficácia das ações adotadas no âmbito do poder público, para que sejam reduzidas as consequências trágicas que, em geral, acompanham o desaparecimento de crianças e adolescentes. "É um projeto da mais alta relevância e de grande alcance social", resumiu o relator.

Durante a reunião da CDH, o senador Cristovam Buarque (PDT/DF) exaltou a importância da proposta, afirmando que o "projeto foi um dos mais importantes que já chegou em nossas mãos", avaliou o ex-ministro da Educação.

Como se trata de um projeto de caráter terminativo, o PLC segue diretamente para a sanção presidencial.

WTorre lança novo condomínio de apartamentos em Parauapebas

A WTorre Residencial lança neste mês de novembro o Residencial Tocantins, novo condomínio de apartamentos que visa atender a grande demanda da região por esse tipo de moradia.

Há dois meses, a empresa iniciou a comercialização do Residencial Tapajós, primeiro empreendimento com prédios localizado no Viver Bem Parauapebas. O interesse foi tão grande que já foram comercializadas 70% das unidades.

Com o novo projeto, que conta com 96 unidades, a empresa continua trabalhando para oferecer diferentes opções para um público diferentes gostos e perfis.

De acordo com Claudio Lima, gerente comercial, o tempo que a empresa atua no local possibilitou entender a expectativa dos cidadãos. “Com esse lançamento, queremos atender as preferências dos clientes e dar a eles opções diferenciadas de moradia, com o mesmo conforto e qualidade das casas”.

O Residencial Tocantins contará com terreno de 6.348 m² e somará 5.872 m² de área construída com um sistema construtivo de alvenaria com blocos de concreto estrutural industrializados.

Além de muita área verde, o condomínio traz espaços gourmet, playground, brinquedoteca e estacionamento para moradores e visitantes, entre outras facilidades, como vagas para motos e praça de convivência.

O condomínio será formado por seis blocos, com edifícios de quatro andares e quatro opções de planta: apartamentos de 2 e 3 quartos, com 46 m² e 53 m², respectivamente, e coberturas duplex com 107 m² e 114 m².

“O novo residencial contará também com as vantagens de fazer parte do Viver Bem Parauapebas, único empreendimento na cidade com infraestrutura completa, como estação de tratamento de esgoto, central de abastecimento de água, barragens para contenção e controle do fluxo de águas, ruas asfaltadas, iluminação pública e ao lado do maior e melhor shopping da cidade", revela Claudio Lima.

Segundo o gerente, os apartamentos já estão à venda na loja da WTorre Residencial, localizada na Rua F nº 270, bairro União. (Fonte: Débora Moreno)

Festival da Canção em Marabá


Convite para coletiva

A Unimed Sul do Pará convida os órgãos de comunicação de Marabá e região a participar de uma coletiva com a principal atração do II Simpósio de Medicina da Unimed Sul do Pará, a neurocientista Suzana Herculano-Houzel (foto). A coletiva será no Casarão Eventos, às 14 horas desta quinta-feira (19).

Suzana Herculano abrirá o simpósio, que acontecerá entre os dias 19 e 22 de novembro, com a palestra “Fique de bem com o seu cérebro”. A neurocientista é apresentadora do quadro Neurológica do programa Fantástico da Rede Globo, desde novembro de 2008; doutora em Neurociências pela Université Paris VI (França); mestra em Ciências pela Case Western Reserve University (EUA); bióloga formada pela UFRJ; professora adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desde 2002; colunista da Folha de São Paulo, desde 2006; autora de seis livros de divulgação científica; e ganhadora do Prêmio José Reis de Divulgação Científica.

Programação das palestras do simpósio
Dia 20, pela manhã, as abordagens na área de Enfermagem serão feitas com os temas "Assistência de enfermagem ao paciente de UTI" (Sandra Teixeira dos Santos, de Marabá), "Abordagem ao paciente com Aids: como fazer?" (Percília Augusta Santana da Silva, de Marabá) e "Assistência da enfermagem ao paciente politraumatizado" (Lúcia Menezes de Medeiros, de Belém).

A programação do dia segue com o foco na Pediatria, com as seguintes temáticas: "Intolerância alimentar" (Rosa Helena Porto Gusmão, Belém), "Assistência ao RN na sala de parto" e "Pediatria em consultório: as queixas mais comuns" (Mariane Cordeiro Alves Franco, Belém).

No dia 21 é a vez dos assuntos ligados a Ginecologia e Obstetrícia, abordando questões como "Climatério – atualidades" (Neila Maria Dahas Jorge, Belém) e "DHEG – Pré-eclâmpsia/eclâmpsia" (Washington Luiz Ferreira, Goiânia-GO). Na parte da tarde, a Clínica Médica será contemplada com os tópicos "Antibioticoterapia na prática clínica" (Salomão Georges Kahwage Neto, Belém) e "Pneumonia comunitária: adulto e criança" (Cleonardo Augusto da Silva, Belém).

O palestrante da área de Cirurgia Geral, no sábado (22), será o médico Otávio Souza Junior (Belém), que fará as palestras "Diagnóstico e conduta nas peritonites: tratamento clínico ou cirúrgico? Como tratar?" e "Abordagem intra-hospitalar ao paciente politraumatizado".

Rodoanel


ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO DE PARAUAPEBAS (AICOP)

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ELEIÇÃO PARA O BIÊNIO 2010/2011

A diretoria da Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop), no uso das atribuições que lhe atribui o estatuto da entidade, convoca todos os associados da Aicop para a eleição da diretoria geral, conselho fiscal e comissões da entidade, bem como respectivos suplentes, a realizar-se no dia 28 de novembro de 2009, no período das 18 às 21 horas, no auditório do Sinticlepemp, localizado na Rua D, em frente à Praça Mahatma Gandhi, bairro Cidade Nova, nesta cidade. De acordo com o parágrafo 1º do art. 19 do estatuto, as chapas para as eleições devem ser padronizadas, devendo dar entrada na Associação 10 (dez) dias antes das eleições, portanto, até dia 18 de novembro. Caso haja apenas uma chapa registrada, a votação será por aclamação. Eventual impugnação de candidaturas deverá ser feita no prazo de 30 minutos antes do início da votação. A apuração dos votos e o resultado far-se-ão imediatamente à votação.

Parauapebas, 27 de outubro de 2009

Diretoria da Aicop

terça-feira, 17 de novembro de 2009

TV Liberal completa 10 anos em Parauapebas

Fotos: Waldyr Silva







Neste mês de novembro, a TV Liberal Parauapebas completa 10 anos de atividades no município. A data exata do aniversário é 12 de novembro, mas a comemoração vem rolando desde o início do mês.
Para comemorar o importante marco, a direção da emissora, que tem à frente o jornalista Jorge Roberto Vieira, vem desenvolvendo várias atividades com os funcionários, agradecendo e reconhecendo que sem eles a TV não teria chegado a esse tempo de existência, bem como exibindo programas especiais gravados com convidados.
Na última sexta-feira (13), a empresa jornalística ofereceu um jantar no restaurante Bebericar Comes & Bebes para diretores, funcionários, famílias destes e convidados, com a participação especial da humorista Felizmunda, belenense que se apresentou semana passada no programa do Domingão do Faustão.
Antes do jantar, foi apresentado um resumo das atividades da emissora desenvolvidas nesses 10 anos, com destaque para algumas matérias especiais veiculadas na emissora, bem como os bastidores dos repórteres, cinegrafistas e técnicos na produção dos programas que a televisão leva ao ar.
Na oportunidade, foram exibidos depoimentos emocionantes de funcionários relatando suas atividades profissionais na empresa de comunicação.
Após o jantar, Felizmunda contou piadas, parodiou músicas, convidou funcionários da TV para interagir com ela, tomou conhecimento de eventuais apelidos de funcionários da emissora, provocando enormes gargalhadas dos presentes.

Usuários reclamam de serviços de provedores de internet

É grande a insatisfação de usuários de Parauapebas que utilizam modem para acessar internet por meio da Vivo, Tim e Oi, e até provedores via rádio.

Em conversa informal com um usuário de modem da Vivo na manhã desta terça-feira (17), ele confidenciou que esteve consultando o assunto com o coordenador local do Procon e foi informado que dentro de poucos dias o órgão vai entrar com uma ação na justiça exigindo que as operadoras ofereçam serviços completos aos usuários.

Segundo o usuário, um grupo de pessoas que acessam internet com modem da Vivo e da Tim está medindo tecnicamente os serviços oferecidos e passando as informações para o Procon, para que este entre com ação na justiça exigindo serviço de boa qualidade.

O Procon de Parauapebas ultimamente está verificando o sistema de funcionamento das "compras premiadas" em lojas da cidade e como funcionam as "escolas" que oferecem "cursos técnicos" para a comunidade.

Há quem diga que o órgão defensor dos consumidores estaria inclusive investigando as propagandas de lojas que de dois em dois meses fazem campanhas de aniversário do empreendimento.

Por outro lado, usuários de casas bancárias se dizem cansados de ficar até duas horas em filas de bancos para ser atendidos, uma vez que as agências não respeitam a lei municipal que estabelece tempo máximo de permanência em fila.

De acordo com o artigo 2º da Lei Municipal nº 3.821-A, de 31 de agosto de 1999, que regulamenta sobre o tempo de permanência de pessoas em filas, as agências bancárias devem atender o usuário em até 20 minutos de permanência na fila em dias normais; e em até 30 minutos em véspera de feriados prolongados e nos dias de pagamento de funcionários públicos municipais, estaduais e federais e de vencimentos e recebimento de contas de concessionárias de serviços públicos e tributos municipais, estaduais e federais.

Congresso das Cidades Amazônicas


Ademir vence eleição na OAB de Parauapebas

Com 61 votos conquistados nas urnas, o advogado Ademir Donizete Fernandes venceu, no final da tarde desta segunda-feira (16), a eleição para a presidência da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Parauapebas, ao derrotar o também advogado Rômulo Oliveira Silva, que obteve 53 votos.

Carta de Rômulo

Colega amigo:
Permita-me uma confidência. Não houve derrotado nesta campanha. Neste exato momento, enquanto a "Chapa Ética e Prerrogativas – Uma Nova Ordem" comemora o resultado da eleição que a legitimou à direção da OAB pelo próximo triênio, sinto uma grande sensação de vitória, a certeza do dever cumprido. Melhor seria, obviamente, se tivéssemos logrado a maioria nas urnas, mas a firme convicção de termos feito uma campanha que engrandeceu a nossa Ordem, balizada pela ética e pela urbanidade, sem a ninguém ferir, injuriar ou caluniar, nos torna igualmente vencedores.

Frutos especiais nos foram dados: o respeito das pessoas e a amizades dos colegas.

Amigos, recebam a minha gratidão pelo voto de confiança, pelo apoio, pela recepção calorosa nos muitos escritórios que visitei. As nossa conversas, as preocupações expostas, as dificuldades declinadas não serão esquecidas. Se não serei o Presidente da OAB, continuo a ser advogado de alma inquieta, insatisfeito. Meus pensamentos, meu ponto de vista, a minha ação, continuam aqueles de nossas conversas, antes ou depois do resultado de hoje.

Aos meus companheiros de chapa, o meu respeito e o meu agradecimento. Drs. Quésia, Luana, Levindo, Elinete, parabéns pela atitude, pela coragem, pela disposição, pela quebra da zona de conforto. A vocês só tenho que agradecer. Foram fortes e corajosos.

À Chapa Ética e Prerrogativas – Uma Nova Ordem, especialmente ao dr. Ademir, meus parabéns pela vitória. Reconheço-a legítima. A vocês foi confiada, pelo voto da maioria, a direção da OAB pelos próximos três anos. Tomara que a vossa gestão seja a melhor de todas; que seja ela profícua, eficaz, produtiva; que seja a OAB que precisamos e queremos todos nós, mesmo e principalmente para quem votou na "OAB POR TODOS!".

No mais, amigos, aprendi que a tudo devemos dar graças ao Senhor Jesus Cristo. Deus está no controle de todas as coisas. Ele, do alto de sua benignidade, olha e analisa o curso de uma vida humana, como num piscar de olhos. Ele sabe todas as coisas e sempre reserva o melhor para aquele que o serve. Estou em PAZ!

Um grande abraço.
RÔMULO OLIVEIRA DA SILVA
Advogado

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Garimpo das Pedras conquista campeonato rural de futebol

Fotos: Carlos Campos

Vila Sanção: segundo lugar


Troféus para os vencedores


Garimpo das Pedras: time campeão

A equipe de Garimpo das Pedras é a grande campeã do II Campeonato Rural de Futebol, ao derrotar o time de Vila Sanção pelo placar de 3 a 1, no último domingo (15), no estádio Rosenão, em Parauapebas. Os gols foram marcados por Francisco Paulo, Ailton e Paulo Duarte, a favor do Garimpo das Pedras, enquanto Zé Luiz descontou para Vila Sanção.

Na partida preliminar, disputando o terceiro lugar, a Vila Carimã passou fácil pelo desmotivado Cedere I, vencendo pelo placar de 3 a 2. Os gols foram anotados por Antônio Joelson, que marcou duas vezes, e Elder, para Vila Carimã, enquanto os atacantes Botelho e Reginaldo Lopes marcaram para o Cedere I.

Quem foi ao estádio Rosenão no domingo pôde contemplar de perto uma importante integração entre zona rural e cidade, pois as torcidas deram um show à parte, além de uma charanga pra lá de animada, um tempero que só poderia terminar em festa, uma confraternização entre jogadores, técnicos e organização.

Foram três meses de dedicação que vão ficar marcados na memória de todos que contribuíram para essa grande festa.

Os secretários municipais de Esporte e Lazer, Anderson Marcos Moratório; de Fazenda, Milton Zimmer Schneider; de Produção Rural, Irineu dal Santo; de Assistência Social, Altamiro Borba Soares, entre outros, prestigiaram a final do campeonato, inclusive na entrega dos troféus aos vencedores.

Anderson Moratório aproveitou para agradecer a todos os organizadores do certame, em especial a José Domingos e Oswaldo Abreu, como também a todos os atletas dos times que participaram do campeonato.

Dados do campeonato
46 jogos
189 gols marcados
Média de 4,3 gols por partida
Artilheiro: Cleudimar da Silva, da Vila Alto Bonito, com 10 gols
Defesa menos vazada: Garimpo das Pedras
Cartões amarelos: 191
Cartões vermelhos: 22

Três anos de blog

Criado em 16 de novembro de 2006, este blog completa nesta segunda-feira (16) 3 anos de existência. Durante este tempo, o espaço tenta passar aos visitantes e colaboradores informações precisas do que acontece em Parauapebas, Pará, Brasil e mundo.

Agradecemos a todos que nos acompanharam e acompanham até agora, com a promessa de continuar levando a informação com seriedade.

Nos próximos dias, o blog vai passar por uma nova estruturação. Vamos esperar.

Obrigado pelas visitas e pelas colaborações.

Parauapebas terá IML dentro de 90 dias

Waldyr Silva


O prefeito de Parauapebas, Darci José Lermen (PT), deverá assinar nesta quarta-feira (18) com a governadora Ana Júlia Carepa, em Belém, convênio para instalação de uma unidade do Centro de Perícias Renato Chaves (CPC) para implantação do Instituto Médico Legal (IML) no município.
Na última sexta-feira (12), o prefeito Darci Lermen recebeu no gabinete o diretor-geral do CPC, Raimundo Humberto Sena de Oliveira; o gerente regional do IML em Marabá, Marcelo Salame; o coordenador das Unidades Regionais do CPC, Valdnei Brandão; e o delegado de Polícia Civil em Parauapebas, André Albuquerque; além do chefe-de-gabinete, José das Dores Coutinho; e o vereador Euzébio Rodrigues, presidente da Câmara Municipal.
Na audiência, as autoridades acertaram os detalhes sobre a instalação do IML em Parauapebas, com a prefeitura se comprometendo a ceder instalações mobiliadas e servidores públicos, enquanto o Governo do Estado entra com equipamentos técnico-científicos, como câmara frigorífica para conservar cadáveres, entre outros, e profissionais qualificados, como médico legista, e demais servidores especializados em balística, perícia e outras funções relativas a sinistros e violência praticada contra pessoas.
A priori, três médicos do município vão a Belém para participar de treinamento visando se aprimorar nos serviços de exames cadavéricos e outros conhecimentos relativos à área científica.
De acordo com Humberto Sena, a função do IML em Parauapebas não vai ser apenas procedimento de exames de necropsia em cadáveres, mas também exercer serviços de balística, criminalística, seguro, exame de conjunção carnal, acidentes de carro, entre outros.

domingo, 15 de novembro de 2009

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

MST deixa ‘curva do S’ e PM garante direito de ir e vir no sudeste do Pará



O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) começou a desocupar, nesta quinta-feira (12), a partir de 16 horas, o acampamento às margens da rodovia PA-150, na curva do S, em Eldorado do Carajás, onde eles interromperam o trânsito de carros e caminhões há uma semana. A saída se dá após acordo assinado com o governo estadual e o Incra, com o ouvidor agrário nacional Gercino da Silva.

As 400 famílias seguiram em comboio de ônibus e caminhões, escoltados pelo Grupamento Tático da Polícia Militar, rumo à fazenda Maria Bonita, no mesmo município, onde o MST acampa e reivindica a desapropriação da terra para reforma agrária.

O MST se comprometeu a parar com os bloqueios na rodovia e com as depredações nas fazendas ocupadas. O Incra e o Iterpa se comprometeram a acelerar a reforma agrária.

Segurança
As polícias Civil e Militar agem em Eldorado do Carajás e Xinguara para manter a ordem. Inquéritos policiais foram abertos, com pedidos de prisão preventiva e mandados de busca e apreensão sendo cumpridos.

Em Eldorado, a PM postou tropas na curva do S para evitar o bloqueio da rodovia e o prejuízo ao direito de ir e vir para milhares de cidadãos que precisam da rodovia, a principal rota de ligação entre as regiões sudeste e sul do estado e das duas regiões com a capital.

Em Xinguara, policiais cumprem mandados de prisão na fazenda Espírito Santo, onde um grupo destruiu e saqueou os retiros Ceita Coré, Sete Estrelas e Baixa da Égua.

Na manhã de quinta-feira (12), os policiais foram ao acampamento e fizeram a revista nos barracões, onde encontraram televisões, aparelhos de DVD, antenas, utensílios agrícolas e listas de nomes de pessoas ligadas ao movimento.

Os policiais tentaram cumprir o mandado de prisão contra um homem chamado "Boca Cheia", que fugiu com outros companheiros pela mata. Na barraca de "Boca Cheia", os policiais encontraram apenas a panela de comida no fogo.

O subcomandante da PM, coronel Leitão, informou que a determinação da governadora é de manter o livre o acesso das vias e garantir o direito constitucional de ir e vir de cada cidadão. "As reintegrações de posse estão em andamento na região do Baixo Tocantins e em breve serão realizadas nas regiões sul e sudeste do estado", disse ele. (Secom)

Disputa entre patroa e empregada

CRÔNICAS DO PC
Devem existir muitas empregadas domésticas por aí que chamam a atenção pela postura natural de terem nascidas bonitas. Lembremos da mais famosa história mundialmente conhecida. Vem ser o caso do escritor do livro infanto-juvenil que se inspirou na bela Cinderela e escreveu o livro A gata borralheira.

Não raramente tem acontecido de personagem real ser tão atraente, deslumbrante, que é alvo de maiores observações, por parte da patroa, que fica desconfiada e com ciúmes, quando o maridão fica por perto. Para evitar “chove e não molha”, evita certas liberdades entre patrão e empregada, a exemplo de um olhar para o outro com aquele sorriso sacana. E vou falar a verdade! Preste atenção!

É desta maneira o ambiente reinante na residência do sr. Galeno Silva e digníssima consorte, senhora Magnólia. O nome da beldade doméstica que inspirou desavença é Clarisse, realmente uma tentação de mulher, de 23 anos, atraente e vistosa, anatomia perfeita, dos pés à cabeça.

A patroa vivia de olhos arregalados, desconfiada, procurando flagrar alguma situação de conquista envolvendo o esposo e a doméstica Clarisse, seriamente advertindo-a de que aquele seu sorriso permanente poderia acarretar-lhe prejuízos.
Por outro lado, Clarisse, que não era nenhuma boba, prevenia-se esperando a ordem de despedida. Sabia, propagada pelas línguas falastronas dos vizinhos, que a senhora Magnólia não era assim como demonstrava querer ser, uma fiel esposa, dedicada somente aos carinhos do marido.

Patroa e empregada iam convivendo na marra, nenhuma suportando a outra. Clarisse até se divertia pelo despeito da senhora Magnólia sem querer aceitar uma realidade adversa, não suportando a tremenda diferença entre as duas, a outra, mulher chique achando ter sido adulação da natureza em teimar de proteger com dotes excepcionais uma pessoa que não era ela, e sim uma simples cunhã dos “cafundós do judá”. Sem mais suportar a presença de Clarisse, chamou-lhe para uma conversa franca:

“Sabe, menina, prepare sua mala e depois venha a ter comigo. Vamos acertar as nossas contas”.

Vestida com a roupa de trabalho, touca e avental, Clarisse ficou diante da senhora Magnólia irradiando beleza e simpatia: “A patroa decidiu, então, me mandar embora”?

“Perfeitamente! Não percebeu minha decisão?”

“É claro que sim, senhora. Eu já esperava desde o dia em que alguém me disse ser eu, em qualquer situação, mulher mais bonita que a senhora”.

“Quem lhe afirmou esta mentira?”, interroga senhora Magnólia, cheia de fingido orgulho, batendo uma das mãos na mesa e um pé no chão.

Clarisse deu um passo à frente e continua a conversa, colocando as mãos na cintura: “Quer mesmo saber? Pois vou dizer: foi seu primo Arnaldo. E tem mais: há na sua família quem diga ser eu mais inteligente que a senhora”.

“Quero saber. Quem é o desgraçado falastrão?”

“O patrão”.

Senhora Magnólia perdeu o rebolado. Pensou um pouco e resolveu se haveria com o marido pedindo explicações. Querendo terminar o papo, que para ela estava sendo desagradável, tenta por o ponto final na conversa: “Estupidez de todo mundo. Tem mais alguma besteira a dizer? Se tiver, fala rápido, porque tenho muito que fazer”.

“Só mais uma coisinha importante a revelar: é que me disseram que eu na cama sou mais interessante e ardente que a senhora”.

A mulher espantou-se. Quem se atreveria fazer tal estapafúrdia comparação? Tava na cara. Só poderia ser ele...

“Não é possível! Meu marido afirmou-lhe esta mentira cabeluda?”

Clarisse na maior calma possível, disse, balançando a cabeça em negativa: “Não, senhora! De forma alguma! Fique tranquila! Seu marido não tem nada a ver com o fato”.

“Diga-me, então, o nome do safado que saiu com esta história”.

E o estouro da bomba: “Quem me afirmou foi o seu motorista, o Guiomar”.

Pedro Cláudio M.Reis (PC) / E-mail: pcmourareis@yahoo.com.br

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Garimpo das Pedras e Vila Sanção decidem final do campeonato rural de futebol

Fotos: Carlos Campos




Em rodada válida pela semifinal do Campeonato Rural de Futebol, realizada no último domingo (8), no estádio Rosenão, a equipe do Garimpo das Pedras fez 1 a 0 no time de Carimã e Vila Sanção empatou de 4 a 4 com a equipe de Cedere I. Nos pênaltis, Vila Sanção venceu por 3 a 2.

Com esses resultados na primeira rodada, no próximo domingo (15), no estádio Rosenão, as equipes de Carimã e Cedere I disputam a terceira colocação do certame e Vila Sanção e Garimpo das Pedras buscam o principal título do campeonato.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Caratecas parauapebenses vão ao NE disputar campeonato brasileiro

Fotos: Waldyr Silva
Parte dos atletas, antes da partida

Uma delegação composta por mais de 50 caratecas, 7 treinadores e 7 juízes deixou Parauapebas na manhã desta terça-feira (10) com destino a João Pessoa (PB) para participar do 14º Campeonato Brasileiro de Karatê, com a presença de todos os estados do Brasil.

As competições de caratê acontecem no período de 13 a 16 de novembro, com promessa de ser o campeonato mais informatizado do Brasil dessa competição.

O secretário municipal de Esporte e Lazer, Anderson Marcos Moratório, esteve pela manhã na Praça de Eventos, onde os atletas se reuniram para apanhar os ônibus, para desejar boa viagem e boa sorte à delegação de caratecas.

O prefeito Darci José Lermen disponibilizou 2 ônibus e apoio total para a delegação de Parauapebas disputar o 14º Campeonato Brasileiro de Karatê em João Pessoa.

Aluno do Vale Música será 'Maestro por um dia' no Theatro da Paz

Sorte grande a do pequeno músico Randall Josué Pantoja, de apenas 10 anos, que participa do projeto social Vale Música. Ele foi sorteado para ser "Maestro por um dia" quando assistia a uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) , no próprio Theatro.

O sorteio é uma iniciativa da direção da OSTP para desmistificar a complexidade do trabalho do regente. Randall terá a experiência única de conduzir os músicos da Orquestra em duas apresentações no Theatro da Paz: nesta quarta-feira (11), às 20 horas; e na quinta-feira (12), às 10 horas.

O jovem estuda música desde os cinco anos de idade, e iniciou sua vivência musical tocando flauta na igreja onde seu avô é pastor. Ele participa do projeto Vale Música, uma parceria da Fundação Vale com a Fundação Amazônica de Música, desde março deste ano, e sempre foi apaixonado por instrumento de cordas.

O menino, que já teve aulas de violino, logo se encantou pelo violoncelo ao ingressar no Vale Música e, atualmente, é um dos integrantes da Orquestra do projeto. O pequeno músico tem se dedicado bastante, tanto que, além dos ensaios com o maestro da OSTP, o garoto pratica em casa o que aprende nos ensaios, aproximadamente uma hora por dia. Tudo para fazer bonito no dia da apresentação.

"Ele é muito talentoso, a atenção e a dedicação dele nos ensaios é algo emocionante", afirma Enaldo Oliveira, diretor artístico e maestro da OSTP.

Randall cursa a 4ª série numa escola pública de Belém e revela que, quando foi sorteado, ficou nervoso, mas com os ensaios adquiriu mais segurança e está ansioso para subir ao palco do Theatro e reger a Orquestra.

O garoto agora tem um novo sonho: seguir a carreira de músico profissional. "Eu não pretendia me inscrever para participar do sorteio, mas, após participar dos ensaios, pretendo me tornar um maestro profissional", enfatiza.

O pequeno músico estará a frente da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz também no concerto didático, dia 12, para 500 crianças de escolas públicas de Belém. O evento promovido pela própria OSTP tem como objetivo sensibilizar e despertar o interesse das crianças pela música erudita, contribuíndo para a formação de uma nova platéia da música clássica.

Vale Música
O Vale Música foi criado em 2000, no Espírito Santo, e foi implantado no Pará em 2004. Atualmente, mais de 300 alunos, com idades entre 7 e 18 anos, participam do projeto. São crianças e adolescentes estudantes da rede pública de ensino e residentes em diversos bairros dos municípios de Belém, Ananindeua, Benevides e Marituba. No Pará, o projeto da Fundação Vale conta com parceria da Fundação Amazônica de Música.

Profissionais de imprensa visitam sede campestre do Sinticlepemp




A convite da diretoria executiva do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Leve e Pesada do Mobiliário de Parauapebas (Sinticlepemp), membros da Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop) se deslocaram na manhã do último sábado (7) até a zona rural do município para conhecer de perto as dependências do Parque do Ipê, a sede campestre dos associados ao Sinticlepemp, que está em processo acelerado de construção, tendo sua inauguração prevista para o primeiro semestre de 2010.

Em declarações prestadas à reportagem, Francisco Canindé Dantas, atual presidente do Sinticlepemp, afirma estar muito feliz com o avançado processo de construção do que será a tão sonhada sede campestre de uma categoria que conta com mais de três mil associados.

“Mesmo com muitas dificuldades, a diretoria do Sinticlepemp, com recursos próprios, está realizando um sonho de muita gente com a construção do Parque do Ipê, tendo em vista que agora temos um local onde nossos associados possam desfrutar de uma área de entretenimento, lazer e diversão”, relata.

Para Luiz Bezerra, editor-chefe do jornal Correio do Pará, a iniciativa da diretoria do Sinticlepemp de convidar os profissionais de imprensa para conhecer as dependências da sede campestre do sindicato foi bastante louvável. “A imprensa de certa forma é os olhos da população, e através de nós, que somos militantes da comunicação de Parauapebas, podemos repassar à comunidade em geral essa beleza que está sendo construída para ser a sede campestre deste sindicato tão importante para o nosso município”, enfatiza.

Por sua vez, Bariloche Silva, um dos diretores da Associação de Imprensa de Parauapebas e repórter do Carajás o Jornal, afirma que a diretoria do Sinticlepemp sempre teve um bom relacionamento com a imprensa de Parauapebas e outras cidades onde o sindicato atua. “A construção do Parque do Ipê mostra a transparência da diretoria do Sinticlepemp perante a imprensa, que é responsável em divulgar as ações feitas em Parauapebas e região”, enfoca.
O Parque do Ipê contará com quatro campos de futebol, duas piscinas, grande área com diversos tipos de frutas, churrasqueiras, quadras poliesportivas e muitas outras novidades.
ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO DE PARAUAPEBAS (AICOP)

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ELEIÇÃO PARA O BIÊNIO 2010/2011

A diretoria da Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop), no uso das atribuições que lhe atribui o estatuto da entidade, convoca todos os associados da Aicop para a eleição da diretoria geral, conselho fiscal e comissões da entidade, bem como respectivos suplentes, a realizar-se no dia 28 de novembro de 2009, no período das 18 às 21 horas, no auditório do Sinticlepemp, localizado na Rua D, em frente à Praça Mahatma Gandhi, bairro Cidade Nova, nesta cidade. De acordo com o parágrafo 1º do art. 19 do estatuto, as chapas para as eleições devem ser padronizadas, devendo dar entrada na Associação 10 (dez) dias antes das eleições, portanto, até dia 18 de novembro. Caso haja apenas uma chapa registrada, a votação será por aclamação. Eventual impugnação de candidaturas deverá ser feita no prazo de 30 minutos antes do início da votação. A apuração dos votos e o resultado far-se-ão imediatamente à votação.

Parauapebas, 27 de outubro de 2009

Diretoria da Aicop

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Ninho de PVC para papagaio

Pesquisadores brasileiros estão experimentando fazer ninhos com tubos de PVC para aumentar as chances de reprodução e multiplicação do papagaio chauá (Amazona brasiliensis).

O papagaio chauá é uma espécie que só é encontrada em um lugar do mundo: uma pequena faixa litorânea que vai do sul de São Paulo ao norte de Santa Catarina.

O ninho sintético também é mais resistente do que o natural, e protege melhor tanto os ovos quanto os filhotes. A tática foi adotada por pesquisadores da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem (SPVS).

No censo deste ano, realizado em maio, foram contados 5.099 indivíduos da espécie. Isso indica que o número vem se mantendo estável em relação aos anos anteriores. Embora não seja uma população muito grande.

Os pesquisadores agora querem saber se os ninhos artificiais são tão bons para chocar os filhotes quanto os naturais. Uma questão essencial é a temperatura, que precisa ser adequada para chocar os ovos.

Com apoio da Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, os técnicos da equipe estão instalando termômetros em ninhos naturais e em artificiais de PVC e madeira para verificar se existe diferença significativa de temperatura interna entre eles.

Entre 2003 e 2009, os biólogos instalaram 80 ninhos artificiais. Nesse período, nasceram 105 filhotes.

Tribunal do Júri julga réu nesta terça-feira na CMP

O Tribunal do Júri da Comarca de Parauapebas se reúne nesta terça-feira (10) na Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) para julgar o réu Alexandre Ataíde de Sousa, acusado de homicídio qualificado contra a vítima Marcelo Ribeiro da Silva, crime ocorrido em 2007.

A sessão do Tribunal do Júri terá início às 8 horas, sob a presidência do juiz Alexandre Hiroshi Arakaki. O réu tem como patrono a advogada Betânia Maria Amorim Viveiros.

No próximo dia 17, será a vez dos réus Edimar dos Santos Marinho, Francisco das Chagas Rodrigues da Costa e Robson Pereira da Silva enfrentar o Tribunal do Júri. Eles são acusados por infringência do artigo 121, § 2º, incisos IV e V do CPB, homicídio qualificado, que tem como vítima Cícero Monteiro da Silva. (Fonte: Blog do Zé Dudu)

Rodadas do Campeonato Municipal de Futsal continuam esta semana

Fotos: Carlos Campos

Apresentação das equipes


Time da Adep


Secretário Anderson Moratório
Iniciado na noite do último sábado (7), no ginásio poliesportivo do bairro Beira Rio, continua no decorrer de toda semana, até 29 do corrente, o I Campeonato Municipal de Futsal.
Nos jogos de abertura do certame, sábado à noite, a equipe da Adep goleou o Independente pelo placar de 5 x 1 e o Rola Papo aplicou 6 a 1 no time formado por Primavera e Águia Azul.
Já no domingo (8), os resultados dos jogos foram os seguintes: Mercadão Sociedade 2 x 4 Resende, Mercadão das Peças 5 x 2 Líder Contabilidade, Castelo Branco 3 x 6 MP e Panelinha 4 x 5 Geosol.
Estiveram presentes na abertura do evento o secretário municipal de Esporte e Lazer, Anderson Moratório; o secretário municipal de Habitação, Antônio Neto, representando o prefeito Darci Lermen; o diretor de departamento de futsal da Secretaria de Esporte e Lazer, Maurício Sampaio, mais conhecido como “Coca”; o presidente da Liga Esportiva de Parauapebas (LEP), Roque Dutra; entre outros.

Rodadas da semana
Segunda-feira (9)
19 horas: Independente x Mercadão Sociedade
20 horas: Castelo Branco x Adep

Terça-feira (10)
19 horas: Rola Papo x Mercadão das Peças
20 horas: Panelinha x Primavera/Águia Azul

Quarta-feira (11)
19 horas: MP x Resende
20 horas: Independente x Castelo Branco

Quinta-feira (12)
19 horas: Geosol x Líder Contabilidade
20 horas: Rola Papo x Panelinha

Sexta-feira (13)
19 horas: MP x Mercadão/Sociedade
20 horas: Resende x Adep

Fla bate Galo por 3 a 1 e pula para 3º

Pode ter faltado a técnica mais refinada dos tempos de Zico e Reinaldo, mas a partida deste domingo (8) apresentou outros ingredientes de um revival dos anos 80 - com o adicional de um gol olímpico.

Atlético-MG e Flamengo (foto) repetiram a forte tensão da bela rivalidade e, sobretudo, a emoção. E diante de um Mineirão lotado, mas não na totalidade dos 64.800 ingressos vendidos - pouco mais de 1.000 ficaram nas mãos dos cambistas -, a equipe rubro-negra, mais consistente e com os principais jogadores aparecendo nos momentos decisivos, obteve vitória importante na luta pelo título brasileiro e/ou vaga na Libertadores.

Classificação geral
1º - São Paulo: 59 pontos
2º - Palmeiras: 58
3º - Flamengo: 57
4º - Atlético-MG: 56

5º - Cruzeiro: 54
6º - Internacional: 53
7º - Avaí: 50
8º - Corinthians: 49
9º - Grêmio: 48
10º - Goiás: 47
11º - Barueri: 45
12º - Santos: 45
13º - Vitória: 44
14º - Atlético-PR: 43
15º - Coritiba: 41
16º - Botafogo: 41
17º - Fluminense: 36
18º - Santo André: 35
19º - Náutico: 35
20º - Sport: 30

domingo, 8 de novembro de 2009

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Passagem no trem da EFC terá reajuste



A Vale informa que o preço do bilhete do trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) será reajustado a partir do próximo dia 18 de novembro. Os percentuais de reajuste ficarão entre 5,88% e 15,79%, dependendo do trecho da viagem. Os reajustes podem ser feitos anualmente, sob autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), conforme prevê o contrato de concessão. Há quatro anos, contudo, a Vale não alterava o valor das tarifas.

Com o reajuste, o valor da passagem na classe econômica no trecho Parauapebas/São Luís passará de R$ 36,00 para R$ 41,00. No mesmo trecho, na classe executiva, o preço do bilhete pula de R$ 80,00 para R$ 92,00. Somados os reajustes autorizados pela agência reguladora nos últimos quatro anos, e não repassados para os passageiros, o percentual chegaria a 19,64%.

O trem de passageiros da EFC circula desde 1986. Desde então, continua sendo uma das opções mais baratas e mais seguras em relação a outros meios de transporte. Por ano, mais de 300 mil pessoas utilizam o trem - que percorre 23 municípios, sendo 19 no Maranhão e 4 no Pará - para viagens de lazer e trabalho.

PSDC em Parauapebas

Em conversa informal com o vereador Wolner Wagner (PSDC), de Parauapebas, nesta sexta-feira (6), ele informou que esta semana esteve em Belém, onde manteve contato com o presidente estadual do PSDC, Abraão Benassuly, com quem tratou sobre a direção do partido no município.

Segundo o vereador, Benassuly entende que a direção do PSDC em Parauapebas cabe a quem tem voto e cargo no município, e por isso dentro de poucos dias deve haver mudanças no comando do diretório municipal do partido na cidade.

Wolner Wagner ressalta que não é contra as pessoas que estão atualmente na direção provisória do partido, mas acha melhor que esta discussão seja feita com todos os filiados do PSDC, e não isoladamente por alguns grupos, como foi feito ultimamente.

Curta Carajás divulga lista de classificados para Mostra Competitiva

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) já divulgou os filmes selecionados para a Mostra Competitiva do Curta Carajás. A lista dos classificados está disponível desde o dia 3 de novembro, no site do festival (www.curtacarajas.com).

Foram selecionados 48 filmes entre mais de 150 inscritos. Documentários, ficções e animações de 14 estados e do Distrito Federal concorrem, de 10 a 14 de novembro, na Praça de Eventos, à premiação oferecida pela Prefeitura de Parauapebas.

Na programação do festival ainda estão a Mostra Labirinto, Mostra ABDeC e oficinas de cinema oferecidas gratuitamente. Os mestres da guitarrada do La Pupuña fazem o show de encerramento do Curta Carajás. (Diego Pajeú)

Photoshop?