sábado, 28 de junho de 2014

Mais de 30% dos brasileiros acessam internet pelo celular

Um estudo aponta que 30% dos usuários de celular no Brasil acessaram as redes sociais, sendo que 26% compartilharam fotos, vídeos ou textos, 25% acessaram e-mails e 23% baixaram aplicativos.
A porcentagem é praticamente igual à dos usuários de internet móvel no país (31%), segundo a pesquisa TIC Domicílios 2013, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade de Informação (Cetic.br).
O levantamento, feito entre setembro de 2013 e fevereiro de 2014 em 16 mil domicílios, ainda aponta um crescimento acima do dobro no uso de internet por celulares quando comprado a 2011, quando o índice era de apenas 15% - em 2012 chegou a 20%.
Quando os dados englobam o uso de celulares no território nacional, a análise aponta que 85% das pessoas acima de 10 anos de idade utilizam o aparelho, um total 143 milhões de brasileiros.
O Cetic ainda destaca o maior acesso da população a aparelhos portáteis, como notebooks e tablets. Os notebooks já estão em 57% das residências brasileiras que possuem computador, ante 50% em 2012.
Já os tablets passaram de 4% para 12% no mesmo período de comparação. Mesmo com crescimento de três pontos percentuais, o universo de lares com computadores (portáteis ou não) ainda não chega à metade do total (49%), o que representa 30,6 milhões de residências.
Ainda segundo a pesquisa, o número de brasileiros com 10 anos ou mais que acessam a internet alcançou 51%, ou cerca de 85,9 milhões.
A população jovem usa mais a internet. Entre 10 e 15 anos, a proporção é de 75%, 16 a 24 anos (77%) e 25 a 34 anos (66%).
Os dados da pesquisa também mostram disparidade na população mais pobre, 24,2 milhões de domicílios com renda abaixo de dois salários mínimos não têm acesso à rede. (Fonte: O Debate)

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Açaí contaminado

by J.Bosco

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Prefeitura, Basa e Central assinam contrato de financiamento para aquisição de 60 microônibus

Fotos: Anderson Souza
Representantes da Central das Cooperativas de Transporte Coletivo de Parauapebas, Banco da Amazônia (Basa) e da Prefeitura Municipal participaram no final da manhã desta quinta-feira (26), no pátio do Centro Administrativo da Prefeitura, de solenidade para assinatura de contrato para financiamento na compra dos 60 ônibus urbanos, de um total de 120, para atuar no transporte público de passageiros.
Os 60 ônibus 0 km, avaliados em mais de R$ 16 milhões, fazem parte de uma primeira etapa de aquisição de veículos e serão entregues em dois lotes de 30 unidades cada, a primeira dentro de 30 dias.
A mesa de trabalho da solenidade foi composta pelo prefeito Valmir Mariano; gerente local da agência do Basa, Rodolfo Leitão; vereador Josineto Feitosa, presidente da Câmara Municipal; Jovelino Mendes do Amaral, presidente da Central das Cooperativas; e pelo advogado Fábio Sabino, do departamento jurídico da Central das Cooperativas.
Ao usar a palavra, o prefeito Valmir Mariano lembrou que a luta para transformar o sistema de transporte público de passageiros num serviço de primeira qualidade vem desde os primeiros dias de seu mandato, quando assumiu esse compromisso.
O gestor municipal fez questão de lembrar que o passo mais importante neste sentido surgiu em dezembro do ano passado, quando foi criada e aprovada a lei que dispõe sobre a regulamentação do serviço de transporte público no município.
Segundo ainda Valmir Mariano, ele e as partes interessadas se esforçaram para que fosse mantido o sistema de cooperativismo na exploração do transporte público de passageiros, único no Estado do Pará, com a oferta de serviço de qualidade aos usuários.
O chefe do Executivo municipal aproveitou o momento para chamar a seu lado a senhora Maria Alba Carvalho da Silva, uma das primeiras pessoas a comprar, em 1999, uma Kombi e explorar o transporte alternativo de passageiros em Parauapebas.
Por sua vez, o vereador Josineto Feitosa ratificou o empenho da Câmara Municipal em votar e aprovar a lei municipal de transporte público, no intuito de proporcionar serviço de qualidade aos usuários que tanto clamam por estas melhorias.
Josineto reconheceu o empenho do prefeito Valmir em proporcionar obras e serviços para fazer a transformação do município de Parauapebas, com apoio da Câmara Municipal.
O advogado Fábio Sabino informou que a correria dele mantida nos últimos meses com representantes da prefeitura, instituição bancária e da Central das Cooperativas de Transporte Coletivo foi intensa, no processo de aquisição da frota de microônibus dentro da legalidade.
Já Jovelino Amaral revelou que o investimento para aquisição dos primeiros 60 ônibus foi de R$ 16.528.000,00. Disse que cada ônibus tem espaço para 26 passageiros sentados, com ar refrigerado, e que 20% da frota vai oferecer sistema de acessibilidade para cadeirantes. Neste caso, os ônibus oferecem 24 assentos.
O gerente do Basa, Rodolfo Leitão, ratificou o investimento de R$ 16,5 milhões do Basa para a aquisição dos primeiros 60 ônibus, com carência de seis meses e prazo de 48 parcelas para pagamento.
Segundo foi informado, a montadora dos veículos pediu o prazo de 90 dias para entregar à Central o total de 60 microônibus, prazo em que a frota vai entrar em funcionamento na cidade, em substituição às 170 vans que hoje fazem o transporte de passageiros.
Após a assinatura do contrato para liberação dos recursos, o prefeito, demais autoridades e convidados conheceram o interior de um ônibus modelo, com o acesso de um cadeirante em seu interior. (Waldyr Silva / Ascom PMP)

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Brasil é o 4º país que mais pirateia filmes na web

Pesquisa da empresa holandesa Mark Monitor coloca o Brasil em quarto lugar entre os países que mais pirateiam filmes pela internet.
Liderada pela Rússia, a lista foi divulgada nesta terça-feira (24) e considera apenas os softwares "peer to peer" (arquitetura que permite compartilhamento direto, sem servidor central).
Para elaborar o estudo, a empresa acompanhou durante quase um ano a distribuição de 16 filmes populares de língua inglesa, incluindo "Frozen", "O Hobbit" e "Jogos vorazes", pelas redes eDonkey e Bit Torrent.
Entre 12/02/2013 e 06/01/2014, os filmes foram transferidos mais de 150 milhões de vezes ilegalmente.
A líder Rússia pirateou 21,8 milhões de cópias, representando 14% do total. Em segundo lugar estão EUA (12,5 milhões), seguidos por Itália (10,5 milhões), Brasil (8,7 milhões) e Espanha (6,3 milhões).
Considerando a penetração da internet em relação à população de cada país, porém, os resultados são outros: neste critério, proporcionalmente, os maiores piratas são Emirados Árabes, Israel, Estônia, Grécia e Itália. (Fonte: O Debate)

terça-feira, 24 de junho de 2014

Demerval Moreno e Laércio de Castro deixam Rádio Arara Azul

Ao meio dia desta terça-feira (24), os radialistas Demerval Moreno e Laércio de Castro se despediram, ao vivo, da Rádio Arara Azul FM, em Parauapebas.
Demerval Moreno comandava há sete anos o programa matinal Alerta 96, em parceria com Laércio de Castro, que às madrugadas fazia também o programa Canto da Arara.
Os dois radialistas agradeceram os momentos felizes que passaram à frente da emissora e revelaram que a partir de julho comandarão outro programa no grupo de comunicação Liderança, com sede em Curionópolis.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Festival Junino Jeca Tatu vai até domingo na Praça de Eventos

Fotos: Anderson Souza
Homenageando o sanfoneiro pernambucano José Domingos de Morais, reconhecido publicamente como Dominguinhos, o XII Festival Junino Jeca Tatu teve início neste domingo (22) e vai até o próximo domingo (29), na Praça de Eventos, Parauapebas.
Na abertura do festival, antes dos shows musicais, um grupo de brincantes e várias carroças saíram do Bairro Guanabara para a Praça de Eventos. Devidamente caracterizados com trajes juninos, homens e mulheres animaram as principais ruas da cidade com muita alegria e carisma.
Na praça, Fernando Veras, gestor da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), repartição que em parceria com a Liga das Agremiações Juninas de Parauapebas (Liajup) é responsável pela organização do Jeca Tatu, apresentou a programação ao público e decretou a abertura oficial do festival.
“Estamos trabalhando para fomentar a cultura em Parauapebas, e o Jeca Tatu é prova disso, que com uma ótima agenda vai promover ao público e aos brincantes uma semana de muito forró pé de serra, atrações locais e nacionais, praça de alimentação e muita animação das quadrilhas juninas”, disse Fernando Veras.
No coreto, o Trio Sanfoneiro tocou canções do homenageado e de outros músicos reconhecidos. A primeira noite do evento terminou com a apresentação de Mazinho e Banda.
Nesta segunda-feira (23), a partir das 19 horas, ocorrerá a abertura do arraial com apresentações de grupos culturais convidados e show do cantor Vamberto Gonzaga. (Anderson George e Luis Bezerra / Ascom e Secult)

sábado, 21 de junho de 2014

Pesquisa diz que 26% do eleitorado não têm interesse em eleição

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Ibope aponta que 26% da população não estão interessados nas eleições de outubro, quando os brasileiros irão às urnas para eleger presidente, governador, senador e deputados. Conforme a pesquisa, 16% dos entrevistados disseram estar “muito interessados” nas eleições deste ano, 29% responderam “interesse médio" e 29% avaliaram ter “pouco interesse”.
Para o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, os percentuais indicam insatisfação das pessoas. Ele ponderou, contudo, que a situação deve mudar, com o início da campanha eleitoral, em julho.
“Chama atenção um quarto da população dizendo que não tem interesse nenhum nas eleições ainda. E 16%, um pouco mais alto, o número de pessoas dizendo que vão votar em branco. Acho que isso é uma coisa nova, se você compara com 2010, onde o pessoal de brancos e nulos era muito menor”, avaliou.
De acordo com a pesquisa, a maior parte dos jovens e das pessoas com 45 anos a 54 anos não está interessada na eleição. Dos entrevistados entre 16 anos e 24 anos, 12% disseram ter muito interesse no pleito. Somando os que responderam muito interesse com médio interesse, chega-se a 43%. Quando se soma os que escolheram pouco interesse com nenhum, atinge-se 57%.
No caso dos que estão na faixa dos 45 anos a 54 anos, 41% estão com muito interesse ou interesse médio. E 59%, com pouco ou nenhum interesse. (Agência Brasil)

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Comunicado SAC

O Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) comunica que as carteiras de identidades solicitadas até maio de 2014 já estão disponíveis para recebimento. Informa ainda que todas as documentações solicitadas na ação do dia 1º de maio já estão prontas.
Os usuários deverão buscar o documento no horário das 8 às 14 horas no prédio do SAC, localizado na Praça da Cidadania, Bairro Rio Verde, Parauapebas.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Clima de Copa

by J.Bosco

terça-feira, 17 de junho de 2014

Caratecas que estiveram em evento internacional são recebidos pelo prefeito com café da manhã

Fotos: Anderson Souza
 
 
Os caratecas de Parauapebas que estiveram no início do mês em São Paulo, participando de um evento internacional,apresentaram ao prefeito Valmir Mariano na manhã desta segunda-feira (16) as dezenas de medalhas conquistadas no campeonato e foram homenageados com café da manhã no auditório do Centro Administrativo da Prefeitura.
A mesa de cerimônia contou com as presenças, além do prefeito, dos secretários municipais Marcel Nogueira (Semel) e Leudicy Leão (Semas); vereador Odilon Sanção e diretores de associações de caratê.
Ao usar a palavra, o prefeito Valmir Mariano lembrou que ao assumir o comando do Executivo determinou ao secretário de Esportes que, além das atividades desportivas, oferecesse também cidadania a todas as camadas da sociedade, “porque entendo que o esporte prepara o cidadão também para o futuro”.
O gestor municipal aproveitou para anunciar que já se encontra em processo de licitação o projeto de construção de um centro esportivo, no valor aproximado de R$ 25 milhões. Segundo o prefeito, o centro vai contar com piscina olímpica, quadras esportivas, alojamentos, pista de skate, de bicicross e de corrida; entre outras instalações. A previsão é que o espaço seja inaugurado no ano que vem.
Marcel Nogueira declarou que tem se esforçado o bastante para diversificar os programas alavancados pela Semel. “Temos dado apoio a todos as modalidades desportivas, levando esporte e cidadania para todos que participam de nossos programas”, revelou o secretário, lembrando que o projeto mais recente envolve quase 300 meninas no aprendizado de balé.
Setenta e seis medalhas
Os atletas parauapebenses que participaram do Campeonato Sul-Americano de Karatê pertencem às associações Kimê e Girão, filiadas à Federação Esportiva, Cultural e Educacional do Pará (Fecepa). Ambas trouxeram na bagagem 76 medalhas, sendo 19 de ouro, onze de prata e 46 de bronze.
De acordo com o professor Schelby Cardoso, diretor-técnico da Associação Kimê e assessor de Comunicação da Fecepa, nove atletas foram convocados para, juntamente com outros 19 que já haviam sido selecionados, participarem de um campeonato mundial a ser realizado na Polônia em outubro deste ano.
“Isto faz de Parauapebas uma cidade paraense recordista na quantidade de caratecas selecionados para concorrer num grande evento internacional. Para se ter uma ideia, a Seleção Brasileira de Karatê convocou um total de 40 atletas, 28 dos quais de Parauapebas”, destaca Schelby Cardoso.
Onze países como Argentina, Peru, Chile, Venezuela, Colômbia e Brasil, entre outros, foram representados por mais de 1.500 atletas no Campeonato Sul-Americano de Karatê, realizado no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.
No final da cerimônia, os atletas entregaram medalhas ao prefeito Valmir Mariano, ao secretário Marcel Nogueira, à secretária Leudicy Leão e ao vereador Odilon Sanção. (Waldyr Silva / Ascom PMP)

Juízes pretos são 1,4% dos magistrados, aponta censo do CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou o resultado do primeiro Censo do Poder Judiciário, feito de forma voluntária por servidores e magistrados de todo o país. Os dados apontam que o perfil da magistratura é de homens brancos (84,5%), com média de idade de 45 anos, casado e com filhos. Conforme a pesquisa, 14% dos magistrados se declararam pardos; 1,4% pretos e apenas 0,1% se identificaram como indígenas.
De acordo com a classificação racial usada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os pretos e pardos, somados, formam o grupo de negros.
O censo teve participação de 60% (170,7 mil) dos servidores do Judiciário e de 64% dos juízes (10,7 mil). Apesar de poucos juízes afrodescendentes na Justiça, em dois anos o percentual de negros que ingressaram na carreira cresceu de 15% para 19%.
A pesquisa também mostra que 64% dos juízes são homens e 36% são mulheres. A presença de magistradas é maior na Justiça do Trabalho (47%). Do total de juízas que responderam ao censo, 65% afirmaram que a vida pessoal é afetada pela carreira em relação aos colegas homens. Pelo fato de ser mulher, 30% das juízas informaram que vivenciaram reações negativas.
O Censo Nacional do Poder Judiciário teve início em agosto do ano passado e foi elaborado para definir o perfil dos magistrados e de servidores. De acordo com o CNJ, o censo terá importância para a formulação de políticas de recursos humanos e públicas do Judiciário. (Agência Brasil)

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Milhares de candidatos realizam 1ª etapa do concurso para guarda municipal

Anderson Souza
Mais de 6 mil candidatos fizeram neste domingo (15) a prova objetiva para guarda municipal de Parauapebas. A prova, que aconteceu em 15 escolas, teve duração de 4 horas, contou com 50 questões, sendo 20 de língua portuguesa, 20 de legislação e 10 de conhecimentos específicos, e transcorreu normalmente.
Serão classificados 180 concorrentes para a segunda fase, sendo 36 para mulheres e 144 para homens. Para Irisvelton Silva, que concorre a uma das vagas e realizou a prova na Escola Jean Piaget, o concurso foi muito bem organizado. “A prova foi elaborada de acordo com o edital, iniciou e terminou no horário estabelecido”, declarou o candidato.
De acordo com o Cetap, instituição organizadora do concurso, o resultado definitivo da prova de múltipla escolha e respectiva convocação dos aprovados para a 2ª fase deverá ocorrer no dia 27 deste mês. Os 180 classificados serão submetidos ao teste de avaliação física e terão que realizar exercícios de flexão abdominal, em barra física, flexão de braços e corrida.
O resultado dessa fase é esperado para acontecer até o dia 28 de julho, quando os candidatos classificados deverão ser encaminhados então para a terceira fase, a avaliação psicológica que encerra a primeira etapa do concurso. A 2ª etapa, denominada Curso de Formação de Guarda Municipal, será aplicada somente aos candidatos aprovados e classificados na etapa anterior. O resultado final do concurso será divulgado através de edital contendo a relação dos alunos aprovados no Curso de Formação de Guarda Municipal. (Anderson George / Ascom PMP)

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Abertura da Copa do Mundo teve 58 milhões no Facebook

Muita gente usou o Facebook para acompanhar a estreia do Brasil na Copa do Mundo, nesta quinta-feira (12), independentemente de estarem ou não assistindo à abertura do evento pela TV.
Dados da rede social mostram que, globalmente, 58 milhões de internautas estavam no site para isso. Essa gente toda gerou 140 milhões de interações - postaram fotos, textos e curtiram coisas sobre a Copa.
São números que ultrapassam o Oscar deste ano em cinco vezes, pois o evento que mais repercute no cinema mundial foi acompanhado por 11,3 milhões de pessoas e gerou 25,4 milhões de interações.
Só no Brasil havia 16 milhões de internautas comentando a partida entre a seleção do país e a da Croácia, sendo responsáveis por 40 milhões de interações. O Brasil, aliás, foi o país que mais comentou a Copa pelo Facebook, seguido por Estados Unidos e Inglaterra.
O momento de maior repercussão foi o gol de Neymar que empatou o jogo em 1 a 1, seguido pelo pênalti convertido por ele para ampliar o placar em 2 a 1, e do apito final. Então vem o gol do Oscar que levou a partida aos 3 a 1 e, por fim, o gol contra de Marcelo que abriu o placar ainda no primeiro tempo para os adversários. (O Debate)

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Prefeitura disponibiliza telões para os jogos do Brasil na Copa

A Prefeitura de Parauapebas disponibilizará dois telões para transmissão dos jogos do Brasil na Copa do Mundo que inicia nesta quinta-feira (12), às 15 horas, em jogo contra a Croácia. Os telões estarão montados na Praça Mahatma Gandhi, no Bairro Cidade Nova, e na Praça da Cidadania, no Rio Verde.
No restante dos jogos, o telão da Praça Mahatma Gandhi será montado na Praça de Eventos, Cidade Nova, e o outro permanecerá na Praça da Cidadania.
A ação denominada Show da Copa é coordenada pela Secretaria de Esporte e Lazer (Semel) e tem como proposta unir a população para torcer juntos pelo Brasil.
Além de assistir aos jogos, a população vai participar de uma variada programação cultural e show de artistas locais organizado pela Secretaria de Cultura (Secult).

quarta-feira, 11 de junho de 2014

terça-feira, 10 de junho de 2014

COLUNA LINHA CRUZADA5

Inicio a coluna desta semana reportando a versão do secretário municipal de Esporte e Lazer, Marcel Nogueira, sobre a suspensão do estádio do complexo esportivo Rio Verde para o time do Parauapebas Futebol Clube (PFC) treinar.
Segundo o secretário, a cessão do local foi suspensa porque o clube só queria treinar os jogadores em horários destinados aos alunos das escolinhas de futebol mantidas pela Prefeitura de Parauapebas.
Marcel Nogueira afirma que as segundas-feiras e depois das 19 horas dos demais dias da semana o campo do complexo esportivo pode ser disponibilizado para o time profissional treinar.
Começa na próxima quinta-feira (12), e vai até o dia 15, a I Exposição Agropecuária de Canaã dos Carajás (Expocanaã), organizada pelo sindicato dos produtores rurais, com apoio da prefeitura e da mineradora Vale.
A persistir a vontade egoísta (ou tentativa de barganhar) de determinadas pessoas que se dizem pré-candidatas a deputado estadual e federal em Parauapebas nas eleições deste ano, o município não elegerá nenhuma delas, porque a quantidade de pretensos candidatos é enorme e assim os votos se dividiriam entre os pleiteantes.
Para deputado estadual, até agora são apontados os seguintes pré-candidatos: Adelson Fernandes (PSC), Ângela Pereira (PTB), Chico das Cortinas (PHS), Cláudio Almeida (PR), José Coutinho (PMDB), Herbert Viana (PEN), Flávio Veras (PRB), Gesmar Costa (PSD), Irmã Luzinete (PV), JB (PDT), Josemir Santos (PPS), Milton Zimmer (PT), Sérgio Anagráfica (PSB), Zé Rinaldo (PSDB) e Zezinho (Psol).
Já para deputado federal constam na lista os pré-candidatos Marcelo Catalão (DEM), José Roberto (PSC), Francisco Falcão (PDT), Cassio Flauzino (PMDB), Marcelo Parceirinho (PMDB), Jonas Alves (PRP), Charles Borges (SDD), Faisal Salmen (PPS) e provavelmente Darci Lermen (PT).
No início da semana, rolou na cidade que o atual deputado estadual Milton Zimmer estaria decidindo a não concorrer à reeleição para a Assembleia Legislativa para arriscar concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados.
E por falar em política, foi grande a repercussão de uma denúncia veiculada em blogs e sites da cidade dando conta que dois vereadores de Parauapebas estavam exigindo mensalão de um comerciante dono de supermercado.
A matéria foi produzida pelos repórteres Vela Preta e Waldyr Silva a partir de gravação de áudio autorizada quanto pelo denunciante quanto pelos acusados.
Os produtores da matéria entendem que denúncias deste tipo contribuem com o início do processo de transparência na aplicação dos recursos públicos. Mas isto é apenas a ponta do iceberg do mal uso do dinheiro público. É necessário que o Ministério Público investigue as denúncias.
O Tribunal Regional Eleitoral promete disponibilizar número de celular para utilização do aplicativo WhatsApp para receber denúncias de crimes eleitorais.
Integrantes do grupo Formadores de Opinião denunciaram que uma empresa de loteamento que está prestando serviços de sinalização de ruas e avenidas com pinturas no Bairro Paraíso está fazendo um serviço de péssima qualidade e porco.
Acrescentam que a maioria dos loteamentos na cidade entrega o empreendimento com asfalto de péssima qualidade, lotes invadindo áreas de faixa de domínio de estradas e rodovias e ainda sem rede de esgoto sanitário.
O problema de invasão de faixa de domínio pode acarretar num grande transtorno para o poder público durante os serviços de duplicação da Estrada Municipal Faruk Salmen e da Rodovia PA 160, cujas obras estão em andamento.
Outra denúncia do grupo FO é que um grande supermercado inaugurado recentemente às margens da Estrada Faruk Salmen estaria desrespeitando o meio ambiente e a população do Bairro Vale dos Carajás, despejando esgoto no meio da rua, ao lado do Centro de Abastecimento de Parauapebas (CAP), provocando insuportável mau cheiro e o risco de doenças.
Boa sorte para a Seleção Brasileira nesta Copa do Mundo.

Jornalista de Canaã dos Carajás credenciado para cobertura da Seleção Brasileira na Copa

O jornalista Carlos Magno, de Canaã dos Carajás, é um dos milhares de repórteres credenciados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para cobertura jornalística da Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo. Magno está se tornando referência para o jornalismo da região, ao participar de grandes coberturas jornalísticas nacionais e internacionais.
Natural de Santa Luzia (MA), morando no Pará há mais de 30 anos e radicado em Canaã dos Carajás há mais de 12 anos, Carlos Magno já participou de sete coberturas de viagens presidenciais, cinco jogos da Seleção Brasileira, cobriu a visita do Papa Bento XVI ao Brasil, esteve credenciado para cobertura da visita do Papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013, no Rio de Janeiro, e foi o único jornalista do interior paraense que integrou a comitiva do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quando de sua visita a Brasília em março de 2011.
Nos dias 2 e 3 de junho, o repórter esteve em Goiânia, credenciado pela CBF para cobertura jornalística do amistoso preparatório para Copa entre Brasil e Panamá, com vitória da Seleção Brasileira por 4 x 0.
Para Magno, o desafio de grandes coberturas tem sido um grande incentivo para ele continuar exercendo sua atividade de jornalista, já que o repórter tem que ousar. Quando representa Canaã dos Carajás em eventos de amplitude nacional, ele se sente representando todos os colegas de imprensa da região.
Carlos Magno foi criado no interior ouvindo transmissão de copas do mundo pelo rádio, por isso ter a oportunidade de cobrir o maior evento de futebol mundial e de estar de igual para igual com jornalistas que admira, além de uma realização profissional, é também a realização de um sonho.
O repórter está se preparando para escrever um livro revelando os bastidores das coberturas históricas que eventualmente vem fazendo no país.
Nas fotos acima, Carlos Magno aparece ao lado dos repórteres e apresentadores da Rede Globo Fernanda Gentil, Patrícia Poeta e Galvão Bueno, tiradas no hotel em Goiânia, por ocasião da cobertura do amistoso entre Brasil e Panamá.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Vereadores são acusados de exigir propina a dono de supermercado

Os vereadores Odilon Rocha (SDD) e Irmã Luzinete (PV), de Parauapebas, estão sendo acusados de pressionar o comerciante Edmar, o popular “Boi de Ouro”, proprietário do Supermercado Baratão, a pagar propina por meio de nota superfaturada da Câmara Municipal.
De acordo com a denúncia, os parlamentares teriam chegado no início da noite de quinta-feira (5) ao escritório do Supermercado Baratão, na Rua A, esquina com a Rua 4, e Luzinete passou a ameaçar o proprietário do estabelecimento, que se encontrava no andar de cima do prédio, dizendo para um funcionário que o comerciante não era homem, enquanto Odilon pedia para ela se acalmar.
Segundo informou a testemunha à reportagem, o supermercado fornece alimento para a Câmara Municipal e tinha uns veículos locados para aquela repartição pública. As caminhonetes eram locadas por mais de R$ 1 milhão.
A testemunha afirma que a vereadora chegou pedindo dinheiro a mais da nota que a Câmara paga para o supermercado. No momento, o proprietário do estabelecimento se encontrava no andar superior do prédio, onde ele reside.
A fonte do supermercado acrescentou que durante o contrato de locação dos veículos a presidência da Câmara exigia importância a mais do contrato, o tal caixa dois. O contrato de locação dos veículos foi encerrado dia 6 deste mês, mas o fornecimento de alimento continua.
O funcionário do supermercado disse estranhar por que a presidência da Casa passou o caso da comissão para os vereadores Luzinete e Odilon tratar com Edmar.
Outro lado
Procurada pela reportagem na manhã desta segunda-feira (9), a vereadora Irmã Luzinete, a princípio, negou que tivesse visitado o estabelecimento comercial. “Não estive lá e nem conheço esse empresário. Não participo de nenhum esquema de corrupção da Câmara. Eu represento Deus aqui na terra”, sustentou.
Com a insistência do repórter, dizendo que testemunha tinha visto ela no supermercado, na companhia do vereador Odilon, a vereadora acabou confessando que esteve lá, sim, para fazer companhia ao colega de parlamento, que, segundo Luzinete, empresta dinheiro a juros para o comerciante e ele foi lá receber parcelas atrasadas, “mas nada a ver com a Câmara”.
Ouvido também pela reportagem, o vereador Odilon Rocha contou uma versão diferente, dizendo que chegou ao escritório do supermercado e encontrou a vereadora Luzinete muito aborrecida, mostrando-se bastante exaltada, querendo falar com o dono do estabelecimento. “Pedi pra ela se acalmar, afirmando que aquilo não era um bom procedimento, mas não tomei conhecimento do assunto que a colega queria tratar com o comerciante”, revelou Odilon Rocha, acrescentando que em seguida deixou o local e a vereadora teria ficado lá.
Sobre o assunto, o vereador Josineto Feitosa (SDD), presidente da Câmara Municipal, confirmou que o Poder Legislativo tinha dois vínculos de prestação de serviços com a empresa de Edmar Boi de Ouro, sendo um de locação de veículos, que encerrou no último dia 6, e o outro referente fornecimento de gêneros alimentícios. Este último, no valor de mais de R$ 200 mil por ano.
“Desconheço os motivos que levaram os vereadores Odilon e Luzinete a ir tratar deste assunto naquele supermercado. Desconheço também qualquer tipo de superfaturamento de nota. Vou entrar em contato com o empresário para eu tomar ciência do que está ocorrendo e depois chamar os vereadores que teriam ido lá”, informou Josineto Feitosa.
Procurado para falar sobre o assunto, o empresário Edmar Boi de Ouro não confirmou e nem desmentiu as acusações, preferindo ficar calado e não tecer nenhum comentário sobre o tema.

sábado, 7 de junho de 2014

Seleção

by J.Bosco

sexta-feira, 6 de junho de 2014

MMA firma contratos de concessão para extração de madeira no Pará

A Floresta Nacional do Crepori, no Pará, receberá ações de manejo e conservação. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, assinou, nesta sexta-feira (6), em Brasília, dois contratos de concessão florestal na unidade, situada nas proximidades dos rios Madeira e Tapajós, em área de influência da BR 163. O objetivo é promover ações capazes de combater o desmatamento, além de promover o desenvolvimento sustentável e a inclusão social dos moradores da região.
Integrantes das atividades de comemoração da Semana do Meio Ambiente, que se encerra nesta sexta-feira, os dois contratos de concessão florestal foram assinados em conjunto pelo MMA, Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e pela empresa paraense Brasad’Oc Timber, vencedora do processo licitatório. “O objetivo central é viabilizar a inclusão social aliada ao desenvolvimento sustentável. Esse modelo tem de ser feito em grande escala”, declarou a ministra.
Produção
O manejo florestal sustentável poderá ser realizado pela empresa na região do Crepori por 40 anos. As ações contemplarão duas unidades, uma de 135 mil e outra de 60 mil hectares. A previsão é que a produção nas áreas ultrapasse os 100 mil metros cúbicos de madeira por ano, uma forma de aumentar a oferta de produto legal no mercado e contribuir para o desenvolvimento sustentável da região.
A intenção é, também, trazer melhorias para a população local. Segundo a ministra, além de promover a conservação ambiental e o desenvolvimento, a concessão florestal deve trazer benefícios sociais. “Não se pode trazer falsas expectativas para as pessoas. As medidas têm de se traduzir em qualidade de vida para o povo e manter a floresta em pé”, alertou Izabella Teixeira.
Saiba mais
A Lei nº 11.284, de 2006, criou o mecanismo de concessão florestal, além de permitir os governos federal, estaduais e municipais a gerenciar o patrimônio florestal público com foco em uma economia de bases sustentáveis. Sob esse regime, a vegetação das unidades permanece, já que a única forma permitida de extração de madeira é por meio do manejo florestal sustentável.
A partir daí, as comunidades são beneficiadas com a geração de empregos, com o desenvolvimento social e econômico e com a conservação dos recursos e manutenção dos serviços ambientais promovidos pela floresta. Atualmente, existem no Brasil 480 mil hectares de florestas públicas federais sob o regime de concessão. (Texto: Lucas Tolentino; foto: Paulo de Araújo/MMA)

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Procon volta a atender em sua sede, no Bairro Rio Verde

A partir da próxima segunda-feira (9), o Procon volta a funcionar em seu antigo endereço, na Rua Araguaia nº 40, Bairro Rio Verde. O horário de atendimento do órgão permanece inalterado, funcionando das 8 às 12 horas para atendimento ao público.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Remo goleia Paysandu em primeiro jogo da final do Parazão 2014

Mais de 14 mil pessoas puderam assistir a goleada do Remo contra o Paysandu no jogo de ida da final do Campeonato Paraense. A torcida do Papão era maior, mas foi o fenômeno azul que fez a festa, com a vitória de 4 a 1 do Leão. O jogo foi realizado na noite desta quarta-feira (4) no estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão.
“Faltou vibração, vontade, garra, faltou tudo. Tudo o que falamos fora de campo não colocamos dentro dele. A equipe tem que ter vergonha na cara e correr muito no próximo jogo”. Esta foi a análise do lateral Pikachu ao fim da partida.
O zagueiro Charles, expulso na final da Copa Verde, marcou contra no clássico de hoje. O primeiro gol do Remo, que saiu aos 12 minutos do primeiro tempo, teve uma ajudinha dele. Na sobra de bola de Leandro Cearense, Charles acabou marcando contra. E não foi só isso: cinco minutos depois o jogador, que estava caído, chutou o peito do Jhonnatan e foi expulso.
Com apenas 10 em campo, o Paysandu pareceu relaxar, o que resultou em mais presença azulina. O jogo passou a ser de contra-ataque, com lances de perigo para os dois lados. “Não conseguimos matar nenhuma jogada de contra-ataque. Os remistas foram mais competitivos, decisivos e acho que isso saiu pouco para nós”, contou Mazola Júnior, técnico do Paysandu.
O segundo tempo já começou com surpresas. Quando o marcador apontava um minuto, bola sobrou para Jhonathan, que marcou o segundo do Leão. Remo passou a dominar e impor respeito, mas aos 27 minutos Helinton diminuiu para o Paysandu.
Três minutos depois, Leandro Cearense recebeu de Roni e marcou o seu. Aos 40 minutos, foi ele que fez o passe para Ratinho marcar o quarto do Remo. “Eu estava devendo uma atuação dessas, um gol e dois passes para gols, mas estamos preparados para o próximo jogo. Tenho que agradecer a que o Roberto Fernandes vem em dando”, disse Leandro Cearense.
A decisão do Parazão fica para o domingo (8), às 16 horas, no Estádio Mangueirão. O time que fica com a taça Açaí precisa ter o melhor resultado da soma dos dois jogos. (Fonte: DOL)

Mineradora Vale vende participação na Vale Florestar

A Vale S.A. (Vale) informa que assinou com uma subsidiária da Suzano Papel e Celulose (Suzano), empresa produtora de celulose de eucalipto, acordo para a venda da totalidade de sua participação no capital da Vale Florestar Fundo de Investimento em Participações (FIP Vale Florestar) por R$ 205 milhões.
BNDESPar, Petros e Funcef, demais quotistas do FIP Vale Florestar, também alienarão suas respectivas participações à Suzano de forma que, após a conclusão da transação, o FIP Vale Florestar passará a ser detido, exclusivamente, pela Suzano.
O FIP Vale Florestar é um fundo para investimento em reflorestamento, que atua nos municípios de Dom Eliseu, Ulianópolis, Paragominas, Rondon do Pará, Abel Figueiredo e Bom Jesus do Tocantins, localizados no Pará. Já plantou mais de 45 mil hectares de eucalipto em terras degradadas. Adicionalmente, protegeu e recuperou cerca de 95 mil ha de florestas nativas. (Assessoria de Imprensa da Vale)

terça-feira, 3 de junho de 2014

COLUNA LINHA CRUZADA4

Faltando apenas nove dias para iniciar a Copa do Mundo no Brasil, as expectativas da maioria dos desportistas tupiniquins se voltam para a estreia da Seleção Canarinho contra a Croácia, às 17 horas do dia 12, no Estádio Itaquerão, em São Paulo.
No dia 17, o Brasil enfrenta o México, às 16 horas no Estádio Castelão, em Fortaleza; e dia 23, contra a seleção de Camarões, às 17 horas, em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, encerrando a primeira fase do Mundial 2014.
No final da tarde desta terça-feira (3), numa partida amistosa contra a seleção do Panamá, no Serra Dourada, em Goiânia, o Brasil fez 4 a 0, gols assinalados por Neymar, Daniel Alves, Hulk e Willian.
Na próxima sexta-feira (6), a Seleção Brasileira faz seu último teste antes da Copa, desta vez contra o selecionado da Sérvia, às 16 horas no Estádio do Morumbi, em São Paulo.
Em Parauapebas, em termo de decoração verde-amarela nas ruas da cidade, parece que os torcedores não andam muito animados para reverenciar o futebol em tempo de Copa do Mundo, pois ainda são poucas as decorações alusivas à Seleção Brasileira.
Alguns torcedores se perguntam se vale a pena gastar dinheiro enfeitando as ruas e comprando camisas e bugigangas da copa, enquanto o governo brasileiro deu isenção fiscal à Fifa, ao invés de arrecadar e investir esse dinheiro em saúde, mobilidade urbana, educação e segurança pública.
Já outros acham que se tudo por aqui fosse organizado este seria um momento de orgulho e possibilidades enormes de negócios, intercâmbio, projetos incríveis agregados por ser aqui o espetáculo. Mas não é esse o foco, infelizmente.
Outro sugere que o brasileiro tem que parar de colocar a copa como pretexto para os problemas sociais que a sociedade vem enfrentando nos últimos 50 anos. Sai governo e entra governo e é a mesma coisa. Diz que não se deve se abster de evento desta magnitude por causa de um modelo político adotado pelo Brasil desde muitos anos.
Mas muitos torcem para que tudo dê certo e que os próprios jogadores se conscientizem que também são brasileiros, e brasileiro não desiste nunca.
A Copa do Mundo de 2022, prevista para ser realizada nos Emirados Árabes, corre o risco de mudar de sede, por conta da corrupção.
A corrupção é uma herança terrível que os brasileiros carregam ao longo do tempo. A culpa não é só de Dilma e nem só do PT, mas também de outras gestões que pouco ou nada fizeram para acabar com esse mal.
Protestar é valido, mas se torna difícil quando o verdadeiro momento de protesto, que é nas urnas, é banalizado pela maioria, infelizmente.
Na transmissão do amistoso entre Brasil e Panamá, o repórter Calil, da Rádio Transamérica, informava que um verdadeiro arsenal com mais de mil homens do Exército Brasileiro garantia a ordem em torno do Serra Dourada para o treino da seleção. A que ponto se chegou. Nunca na história precisou de forças armadas para separar a amada seleção da sua apaixonada torcida.
E por falar em esporte, o time profissional do Parauapebas Futebol Clube (PFC) está parando suas atividades por falta de apoio, inclusive de estádio para treinar, uma vez que a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) teria proibido os treinos do clube no complexo esportivo Rio Verde.
Boatos davam conta no início da semana que o PFC estava parando suas atividades em virtude de a presidência do clube ter rejeitado proposta da prefeitura de um repasse de 700 mil reais, e exigido nada mais, nada menos que R$ 1,5 milhão (hum milhão e meio).
Procurado pela coluna, o presidente do PFC, Francimar Tulio, desmentiu o boato, afirmando que se tivesse feito convênio de pelo menos 600 reais por mês ainda assim ele colocava o time em campo e arrumava o restante, assim como ele teria feito no ano passado.
Para alguns diretores do Parauapebas Futebol Clube, o jogador profissional de futebol não nasce por falta de incentivo e o amador está para morrer por falta de quem fiscalize o excesso de incentivo. Até a próxima.

A renúncia do monge do ódio

Marcus Vinícius – Joaquim Barbosa se foi. Partiu sem julgar o Mensalão do PSDB. Escafedeu-se sem nada dizer sobre a Lista de Furnas. Caiu fora sem se pronunciar em relação ao escândalo de 2,5 bilhões de dólares no metrô de São Paulo, o chamado Trensalão dos governos tucanos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin.
Joaquim Barbosa só tocou o terror contra o PT. Barbarizou os condenados da Ação Penal 470, dita Mensalão. Contrariou a jurisprudência consagrada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que garante ao preso do regime semi-aberto o direito ao trabalho, para negar este benefício ao ex-ministro José Dirceu, ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, aos ex-deputados federais Valdemar Costa Neto, Pedro Corrêa e Carlos Alberto Pinto Rodrigues (Bispo Rodrigues), além de Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do então Partido Liberal), que exerciam trabalho externo já há várias semanas.
Radical contra o PT, o ministro Joaquim Barbosa não teve a mesma dureza contra traficantes, facínoras e assassinos barra-pesada que desfrutam de inúmeras regalias nos presídios Brasil afora. O “menino pobre que mudou o Brasil” nada fez contra aqueles que, da cadeia, continuam a comandar suas redes de tráfico de drogas, sequestros, assaltos, assassinatos e extorsões. Por que será que Joaquim Barbosa não tocou o terror contra Fernandinho Beira-Mar, Leonardo Mendonça e outros? Esperava mais de você Batman!
Joaquim Barbosa vai e se esvai. Desintegra-se o seu pedestal moralista, tal e qual o ex-senador Demóstenes Torres.
Herói do PIG (Partido da Imprensa Golpista), JB avisa que embarca direto para Miami, onde comprou apartamento de R$ 1 milhão. Vai para um auto-exílio, pois sabe que não deixa saudade.
Seus colegas de toga exultam-se com sua renúncia. Ao longo de sua breve passagem pela presidência do Supremo Tribunal Federal e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), Joaquim Barbosa conseguiu críticas unânimes por sua conduta de déspota. Sua atuação foi denominada antidemocrática pelos presidentes da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho).
Visto por setores mais conservadores da imprensa e da oposição como ponta de lança para inviabilizar o governo da presidenta Dilma Roussef e criminalizar o PT, Joaquim Barbosa deixa a vida pública para entrar para história como a versão Jânio Quadros de Carlos Lacerda, ou seja, renunciou sem lograr êxito no golpe, como tivera o Corvo, 50 anos antes, naquele fatídico 1º de abril de 1964.
Nem Batman, nem Lacerda. Joaquim Barbosa não foi herói nem grande conspirador. Foi, isto sim, um monge do ódio, conforme reconhece o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Marcus Furtado Coelho:
“Essa interpretação vingativa de um caso concreto (concessão de trabalho aos presos da AP 470) não pode suscitar prejuízo a 77 mil brasileiros (presos em regime semiaberto)”, advertiu Marcus Coelho, reforçando a convicção externada pelo meio jurídico do país, de que o presidente do Supremo, ao aplicar dessa forma, acabou na prática com o regime semiaberto e pode prejudicar todos os que já cumprem pena sob este regime.
“Não deve haver vitória do discurso da intolerância e do direito penal sobre o inimigo. Se ele é meu inimigo não devo cumprir a lei”, acentuou o dirigente da entidade máxima dos advogados brasileiros.
Sem Barbosa à frente do STF, a judicialização da política deve perder força. O próprio procurador geral da República, Rodrigo Janot, reconheceu que o afã vingativo de JB trouxe insegurança jurídica ao país:
“O problema que se coloca em interpretação de direito é a segurança jurídica. Tínhamos uma interpretação, já de algum tempo, de que não seria necessário o cumprimento de 1/6 da pena para que o preso pudesse alcançar o privilégio do trabalho externo. Uma modificação nessa interpretação jurídica pode causar insegurança jurídica. E, em causando insegurança jurídica, pode refletir em demais presos sim”, concluiu Janot.
Vai Barbosa. Leva contigo teu ódio. Que tua intolerância sirva de alerta a teus pares dos perigos de um magistrado que se deixa guiar pelo rancor, ao invés de aplicar o Direito.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Comunidade prestigia lançamento de pré-candidata de Ângela Pereira

Fotos: Pablo Oliveira
Centenas de pessoas marcaram presença no final da tarde do último sábado (31) na quadra esportiva do Colégio Amazon, no Bairro Maranhão, em Parauapebas, para prestigiar o 1º Encontro Regional do PTB e o lançamento da pré-candidatura da atual vice-prefeita Ângela Pereira a deputada estadual pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).
O evento político contou com as presenças do deputado federal Josué Bengtson, pré-candidato à reeleição; do ex-prefeito de Belém, Duciomar Gomes da Costa, pré-candidato a governador do estado; do ex-vereador Antonio Massud Sales, lideranças comunitárias e de igrejas evangélicas de Parauapebas, além de militantes do PTB nos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado do Carajás.
Durante os pronunciamentos, representantes de municípios vizinhos se comprometeram em envidar esforços no sentido de dar apoio à candidatura de Ângela Pereira, tão logo o nome da mesma seja homologado nas convenções partidárias do final de junho e a propaganda política seja autorizada pela Justiça Eleitoral.
Líderes de movimentos sociais, religiosos e da juventude de Parauapebas fizeram também uso da palavra, enaltecendo a atuação do partido no município e apostando na eventual candidatura da atual vice-prefeita Ângela Pereira à Assembleia Legislativa do Pará nas eleições de outubro.
Odeputado Josué Bengtson fez um breve relato da trajetória política do PTB no Brasil, Pará e Parauapebas, e pronunciou palavras elogiosas ao casal Antonio Massud/Ângela Pereira, a quem chamou de “importantes lideranças do PTB em Parauapebas”.
Dizendo-se surpreso com a quantidade de gente no ginásio, o parlamentar federal comparou que em convenção de alguns partidos políticos não aparece nem a metade do púbico registrado no encontro do PTB.
Encerrando sua fala, Josué Bengtsonenfatizou o compromisso dos militantes petebistas em escolher pessoas comprometidas com a sociedade nas eleições deste ano, “e uma dessas pessoas é Ângela Pereira, cujo nome será homologado nas convenções do partido”.
Por sua vez, Antonio Massud agradeceu a presença das caravanas, de Duciomar Costa e de Josué Bengtson, classificando o encontro do PTB como “um dia histórico para a política de Parauapebas”.
Ao defender o nome de Ângela Pereira, o ex-vereador explicou que a vice-prefeita, dentro de sua limitação, tem buscado nas políticas públicas os serviços essenciais em benefício à população carente do município, conciliando o papel de mulher dona de casa e mulher pública.
Emocionada com aquele momento, Ângela Pereira agradeceu a presença dos militantes locais, das caravanas de municípios vizinhos e em especial de Josué Bengtson e Duciomar Costa, que vieram prestigiar o evento.
Ângela Pereiradisse acreditar que os convencionais do PTB vão homologar seu nome para concorrer às eleições deste ano, e que ela tem muita garra para, “junto com esta família petebista”, fazer uma campanha limpa e se eleita trabalhar ainda mais pela população do município.
Por último, Duciomar Costa se disse muito emocionado ao retornar a Parauapebas e encontrar muita gente animada em prol do Partido Trabalhista Brasileiro. “Na atualidade é muito difícil reunir uma quantidade de gente dessas para ouvir falar de política, porque este segmento está muito desacreditado”, declarou o ex-prefeito.
Duciomar Costa, que já foi vereador de Belém, deputado estadual, senador da República e prefeito por dois mandatos na capital do estado, fez um resumo de sua trajetória política e mostrou que a política é um caminho legal para se resolver os problemas sociais e estruturantes de uma comunidade.
Sobre Ângela Pereira, o pré-candidato ao Governo do Estado disse que a vice-prefeita de Parauapebas é uma política comprometida com as pessoas desta cidade “e o PTB está aí para honrar o compromisso de vocês em torno do nome dela”, finalizou, sob os aplausos dos presentes.

domingo, 1 de junho de 2014

Ameaças, perseguições e agressões aos índios Ka’apor

'A morte da floresta é a morte de nosso povo'
É com muita tristeza que nós Ka’apor, da terra indígena Alto Turiaçu, no Maranhão, continuamos denunciando as agressões e invasões de nosso território. Mesmo a gente realizando autovigilância, autofiscalização e limpeza dos limites com identificação dos marcos demarcatórios com recursos e esforços próprios, não estamos sendo respeitados em nossos direitos. Está sendo difícil realizar o trabalho de proteção com tamanha estrutura de armamento e violência que a gente vem sofrendo pelos madeireiros.
Após várias operações realizadas pelas polícias Federal e Ambiental (do Estado do MA), Exército, Funai e Força Nacional em outros territórios indígenas e áreas de proteção no Maranhão, a maioria veio para nossa região para retirar madeira. Nossa terra é a única no Maranhão que possui uma área extensa de floresta.
Esses órgãos do governo e funcionários da Funai fazem ações expulsando os agressores, mas não dão suporte e nem criam postos de vigilância e proteção. Com isso, ficamos mais expostos a ameaças e violência pelos agressores. Vários jovens e lideranças que fazem parte de nosso projeto que estão ajudando a proteger e vigiar nosso território estão ameaçados, perseguidos e não podem sair de suas aldeias.
Os madeireiros estão se concentrando em dois ramais chamados quadra “45” e “50”, município de Centro do Guilherme. A maioria dos agressores veio dos municípios de Buriticupu, São João do Caru, Paragominas (PA), Santa Luzia do Paruá, Zé Doca e Encruzo, onde possuem fazendas e serrarias.
Eles contam com apoio da prefeita do município de Centro do Guilherme, que pavimenta as estradas para facilitar a retirada da madeira. A gestora justifica que precisa ter arrecadação no município e a madeira está ajudando o município crescer. Se as serrarias param e são fechadas pela polícia, o município pára também.
A maioria das licenças ou planos de manejo concedidos pela prefeitura aos agressores e apresentados por eles na Polícia Rodoviária e postos de fiscalização estadual da região é falsa, pois nos municípios da região não existem reservas, áreas de reflorestamento e manejos florestais. Somente a nossa área possui floresta e árvores nativas.
Esses municípios invadiram nosso território, mataram e expulsaram muitos parentes nossos no passado e tiveram que se esconder, misturar com os brancos para não morrer. Agora, continuam a invadir dia e noite nosso território. Estão entrando e matando nossa floresta, querendo destruir nossa casa e deixar a gente com fome, como as pessoas nas cidades.
Desde outubro do ano passado a gente vem realizando esse trabalho de fiscalização e em janeiro deste ano nossos pesquisadores indígenas iniciaram o trabalho de etnomapeamento de nosso território, quando foram recebidos com balas nas costas pelos madeireiros.
Ninguém tomou providências e os agressores continuam soltos até hoje. A polícia da região acaba ajudando esses agressores, fazendo a proteção de fazendas, serrarias e comércios desses agressores. Nossas atividades estão paralisadas por conta da invasão de nosso território.
Já comunicamos os fatos aos órgãos governamentais, mas ninguém responde e toma providências que possam impedir a continuidade da violência contra nosso povo. Estamos refém dentro de nossa própria casa. Não podemos andar nas cidades da região, não podemos usar os serviços e acessar benefícios. Não podemos realizar nossas caçadas e trabalho de roça próximo aos limites que somos ameaçados.
Não vamos mais aceitar que continuem mandando em nossa terra. Vamos continuar defendendo, protegendo, fiscalizando e realizando a gestão de nosso território. Se acontecer mais violências contra a gente, vamos responsabilizar o estado brasileiro, a Funai, a governadora Roseana Sarney, que governa para os ricos, fazendeiros e madeireiros, roubando nossos bens, perseguindo e matando nossas lideranças.
Pela saída imediata dos madeireiros de nosso território. (Publicado no site http://www.viasdefato.jor.br/)

Povo Ka’apor da Terra Indígena Alto Turiaçu, Maranhão