sexta-feira, 30 de julho de 2010

Família reunida em Marabá


Waldyr Silva, as filhas Janini, Barbarella, Byancka e a neta Gabrielly


Gabriel e Clarinha, filho e esposa do blogger


Barbarella, Gabriel, Byancka, Janini e o genro Wallace


Filhas Byancka, Barbarella e Janini
Acima, algumas imagens dos familiares deste blogger durante passeio neste final de semana em Marabá.
______________________
Atualizado em 03/08/2010, às 15h50

Abaixo, postagem de fotos tiradas na praia do Sossego, no rio Tocantins, na divisa dos municípios de Marabá e Bom Jesus do Tocantins.
Clarinha, Gabrielly, Waldyr e Gabriel

Barbarella e a filhinha Gabrielly
Wallace e um pedral
Byancka, o marido Gilvan o filho Davi e uma amiguinha


Barbarella e Byancka

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Prefeito Darci recebe comunidade da vila Cedere I

Fotos: Waldyr Silva




Acompanhado do chefe-de-gabinete João Eduardo Fontana, o prefeito Darci José Lermen recebeu na última sexta-feira (23), no Centro Administrativo, um grupo de moradores da vila Cedere I, para tratar de vários assuntos pleiteados por aquela comunidade rural.
Durante os debates, o grupo agradeceu ao gestor municipal os benefícios levados à vila, destacando os serviços de asfaltamento das ruas, obra que proporcionou à comunidade mais saúde e bem-estar, porque acabou com a lama que ocorria no período chuvoso e a poeira formada na época de verão.
Na oportunidade, o prefeito atendeu ao pedido dos moradores em construir uma escola na vila e uma praça, cujas obras devem ser concluídas ainda neste ano.
Durante a reunião, Darci Lermen destacou a união e organização dos moradores de Cedere I em reivindicar obras que venham a beneficiar a localidade como um todo, como asfalto, escola, praça e estradas vicinais para escoamento da produção agrícola.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Vale investe na qualificação de jovens em Parauapebas

Foi dada a largada para a qualificação de 78 jovens de Parauapebas. A aula inaugural, realizada na última segunda-feira (26), faz parte do Programa de Formação Profissional da Vale, que tem como objetivo preparar jovens para atender o mercado de trabalho. Os novos trainees fazem parte de um grupo de 2.400 profissionais formados desde o início do programa, em 2000.

O Programa de Educação Profissional da Vale faz parte do esforço contínuo da mineradora em desenvolver as comunidades vizinhas aos seus projetos por meio do acesso à educação, emprego e renda. "Não existe melhor forma de inserção profissional para a entrada no mercado de trabalho do que os cursos oferecidos pelo programa", garante Rosivaldo Brito, diretor do Senai Parauapebas.

Para Arimatéia Ferreira, ex-trainee e atual gerente de segurança do trabalho da Vale, a iniciativa traz novas perspectivas para os jovens que, a partir de agora, podem sonhar com um futuro melhor. "Já estive na posição deles, e hoje estou em um lugar além do que eu poderia imaginar", diz Arimatéia.

O programa, para alguns jovens, é a abertura de novos horizontes. De acordo com Vanderleia Reis, 24 anos, aluna do curso de operação de minas, essa é uma oportunidade ímpar de se qualificar. Vanderleia não se intimida com o fato de ser mulher e aposta em sua formação. "Esse é o meu primeiro emprego. Quero estudar, me especializar e desenvolver um bom trabalho", afirma a estudante.

Também aluno do curso de operação de mina, Rondinele Pereira, 28 anos, largou o emprego em que trabalhava há sete anos para se dedicar ao programa. "Fazia de tudo na empresa e não via perspectiva de crescimento. Com o curso, posso crescer junto com a empresa", explica.

De acordo com Luiz Mapa, gerente das operações das minas de minério de ferro de Carajás, a capacitação profissional desses jovens faz parte da iniciativa da Vale de valorizar os profissionais locais. "Com o aumento do nosso ritmo de produção, mão-de-obra qualificada será um fator fundamental no desenvolvimento dos projetos. Fico feliz que essas pessoas sejam da região", reforça.

O curso
O Programa de Formação Profissional é uma ação da Valer, Gerência de Ensino da Vale, que tem como um dos principais objetivos qualificar mão-de-obra e promover o desenvolvimento com responsabilidade social, por meio do acesso à capacitação profissional para inserção no mercado de trabalho.

O programa é composto por duas fases. A primeira, teórica, tem duração de três meses e será realizada em tempo integral. Na segunda fase, será oferecida uma formação prática. (Assessoria de Imprensa da Vale)

'Tô pagaaano...'


Novo técnico da Seleção Brasileira faz primeira convocação

Mano Menezes (foto, de Márcia Feitosa), o novo técnico da Seleção Brasileira, convocou no início da noite 24 jogadores para o amistoso marcado para o próximo dia 10 contra os Estados Unidos, em Nova Jersey.

Cumprindo a ordem de renovação, Mano chamou apenas quatro jogadores que estiveram na última Copa do Mundo: o lateral Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva, o meia Ramires e o atacante Robinho. Entre os outros 20 convocados, estão 10 novatos na seleção: Renan, Jefferson, Rafael, David Luiz, Réver, Jucilei, Paulo Henrique Ganso, Ederson, André e Neymar.

Goleiros: Renan (Avaí), Jefferson (Botafogo) e Victor (Grêmio)
Laterais: Rafael (Manchester United), Marcelo (Real Madrid), André Santos (Fenerbahçe) e Daniel Alves (Barcelona)
Zagueiros: David Luiz (Benfica), Henrique (Racing Santander), Réver (Atlético-MG) e Thiago Silva (Milan)
Meias: Ederson (Lyon), Carlos Eduardo (Grêmio), Hernanes (São Paulo), Sandro (Internacional), Paulo Henrique Ganso (Santos), Lucas (Liverpool), Jucilei (Corinthians) e Ramires (Benfica)
Atacantes: Robinho (Santos), Neymar (Santos), Alexandre Pato (Milan), André (Santos) e Diego Tardelli (Atlético-MG)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Pec Parauapebas é vice-campeão do paraense de handebol

Fotos: Carlos Campos

Equipe do Pec Parauapebas

Miguel Sampaio, Marcelo Schilipake e Anderson Moratorio

Armadora Marcela foi destaque do Pec

"Big" foi escolhido o melhor técnico do primeiro turno
Valeu o esforço para entrar para história do handebol paraense e de Parauapebas. Foi esse o sentimento de atletas e comissão técnica quando o árbitro trilou o apito e apontou o final da partida entre Pec Parauapebas e RHC de Rondon.
Mesmo perdendo pelo placar de 18 a 14, o Pec entrou para história do handebol, pois nunca uma equipe juvenil feminina havia chegado a uma final de campeonato paraense nesta modalidade em Parauapebas.
O Troféu Karlo Sacço, correspondente ao final do primeiro turno do Campeonato Paraense de Handebol, aconteceu na cidade de Marabá, nos dias 23, 24 e 25 de julho, com a participação das equipes de Paysandu (Belém), Adema (Belém), Esmac (Ananindeua), Palmeiras (Abaetetuba), RHC (Rondon do Pará), Pec (Parauapebas), Handmar (Marabá) e Águia Metropolitana (Marabá). O importante é que pela primeira vez na história do handebol paraense a decisão aconteceu fora de Belém.
O evento contou com as presenças de Acácio Vitor Lima (representando o secretário de Esporte e Lazer do Estado do Pará, Leandro Schilipake); Miguel Sampaio, presidente da Federação de Handebol do Estado do Pará (Fhepa); Gentil Eduardo (secretário municipal de Esporte e Lazer de Marabá), Anderson Marcos Moratorio (vice-presidente da Fhepa e secretário de Esporte e Lazer de Parauapebas), Antônio Fernandes (secretário de Esporte e Lazer de Rondon do Pará) e o homenageado da grande final, professor Karlo Sacço, entre outras personalidades do handebol paraense. Leandro Schilipake compareceu no último dia de competição e participou da entrega da premiação final do campeonato.
O feito conquistado pela equipe jovem mais valente do Pec Parauapebas teve início no confronto contra o todo poderoso Paysandu, na sexta-feira (23). O Pec deu uma lapada no Papão de 23 a 20, com destaque para a armadora Marcela.
O segundo desafio do Pec foi contra o Palmeiras de Abaetetuba, quando mais uma vez as meninas passaram o rodo nas palmeirenses pelo placar de 24 a 21 e a equipe garantiu vaga para final, contra um velho conhecido que sempre vinha levando vantagens nos confrontos anteriores, o time do RHC de Rondon, atual campeão brasileiro na categoria.
A partida foi muito movimentada. O time do RHC levou uma ligeira vantagem pelo seu conjunto, que já joga junto há bastante tempo. As meninas de Parauapebas bem que conseguiram anular o ataque das adversárias, mas pecaram nas finalizações. Fanal de jogo: RHC de Rondon, campeã na categoria juvenil feminino, 18; Pec Parauapebas, vice-campeã, 14.
O técnico do Pec, Jurandir Cortez “Big”, recebeu o troféu de melhor técnico do primeiro turno da competição. (Carlos Campos)

Vale realiza Semana Interna de Prevenção de Acidentes



Comemora-se nesta terça-feira (27) o Dia Internacional de Prevenção a Acidentes de Trabalho. Para marcar a data, a Vale realiza a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat) e a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho na Mineração (SipatMin), eventos que fazem parte do calendário anual da mineradora.

O tema escolhido deste ano é "Segurança no trânsito", que será reforçado em todas as atividades realizadas pelo público interno da empresa até a próxima sexta-feira (30), quando encerra a programação.

O objetivo da Semana e da escolha do tema é chamar a atenção para os cuidados que se deve ter ao dirigir, bem como conscientizar e estimular motoristas e pedestres sobre a percepção de risco no trânsito e como evitá-lo.

A programação inclui diversas atividades ao longo da semana, como palestras, jogos e blitze educativos, apresentações de melhores práticas de segurança, gincana, peças teatrais e concurso cultural, todos enfocando o tema central da Semana.

As atividades serão realizadas nas unidades operacionais da Vale em Carajás, no município de Parauapebas, Marabá e Canaã dos Carajás, envolvendo empregados próprios e de empresas contratadas e seus familiares.

Em Canaã, onde a empresa mantém o projeto de cobre, os empregados já estão se mobilizando para a Gincana SipatMin. As equipes concorrentes usarão de criatividade nas provas de paródia e de encenação teatral.

Em Carajás, no projeto de ferro, entre as atividades haverá concurso cultural, com a escolha da melhor letra e do melhor roteiro de vídeo. Os vencedores serão conhecidos no encerramento da Semana, na sexta-feira (30).

Em Marabá, está programada visita à Usina de Gusa, com apresentação dos principais procedimentos de segurança aos empregados e seus familiares. Na sede da empresa, em Belém, também haverá atividades com a participação do público interno. (Fonte: Assessoria de Comunicação da Vale)

domingo, 25 de julho de 2010

Águia de Marabá e São Raimundo empatam em 1 a 1

Marabá – Na noite deste sábado (24), Águia de Marabá e São Raimundo (de Santarém) se enfrentaram no estádio Zinho Oliveira, em Marabá, e ficaram no empate por 1 a 1, pela segunda rodada do campeonato da Série C.

Com esse resultado, o Águia chegou aos dois pontos e assumiu a vice-liderança do Grupo A. Enquanto isso, o São Raimundo chegou ao primeiro ponto, na terceira colocação.

No primeiro tempo, o Águia foi bem melhor, sempre se mantendo com maior posse de bola no ataque, e criou as melhores chances. Com tudo isso acontecendo, aos 47 minutos da primeira etapa Felipe Mamão recebeu na entrada da área, invadiu e tocou na saída do goleiro, abrindo o placar.

No começo do segundo tempo, o São Raimundo voltou com mais força ofensiva, e foi em busca do empate. Logo aos 8 minutos, o árbitro marcou uma falta que foi cobrada por Soares. O jogador acertou uma bomba de intermediária, e garantiu um ponto aos visitantes.

Próximos jogos
Na próxima rodada, São Raimundo volta a jogar na quarta-feira (28), às 20 horas, em Santarém, contra o Fortaleza. Enquanto isso, o Águia joga somente no domingo (1º), fora de casa, contra o Paysandu.

Ficha técnica
Águia 1 x 1 São Raimundo
Local: Estádio Zinho de Oliveira, em Marabá
Árbitro: Andrey da Silva e Silva-PA
Assistentes: Diógenes Menezes Serrão-PA e Lúcio I.R.da Silva, de Mattos-PA
Cartões amarelos: Thiago Marabá (Águia); Beto (São Raimundo)
Gols: Felipe Mamão aos 47/1T (Águia); Soares aos 8/2T (São Raimundo)
Renda: R$ 16.480,00. Público: 771 pagantes/190 credenciados/Total: 961
Águia: Alan; Gustavo, Ari, Ediklebér e Marcondes; Charles, Analdo, Jaime (Thiago Marabá) e Daniel; Samuel Lopes e Felipe Mamão. Técnico: João Galvão
São Raimundo: Labilá; Sató, Filho, Marabá e Souza; Décio, Michel (Flamel), Marcelo Pitbull e Soares; Del Curuçá e Branco. Técnico: Walter Lima
Fonte: Rádio Clube do Pará

_________________
Atualizado às 19h06
  • Clube do Remo empatou em 0 a 0 com Cristal (AP) neste domingo (25), em Santana (AP)
  • Cametá empatou em 3 a 3 com América (AM) neste domingo (25), em Cametá (PA)

Lobão monta esquema para controlar Serra Pelada

Brasília - Uma operação articulada pelo senador e ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, está por trás do projeto de retomada da exploração de ouro no lendário garimpo de Serra Pelada, nunicípio de Curionópolis. A operação envolve pagamentos suspeitos a cabos eleitorais de Lobão e um emaranhado de empresas - algumas de fachada - abertas no Brasil e no Canadá.

O projeto de retomada da exploração do garimpo ganhou força quando Lobão esteve no comando do Ministério de Minas e Energia, de janeiro de 2008 a março deste ano. Com aval do governo, a exploração será feita pela Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral, empresa criada a partir de um contrato entre a desconhecida Colossus Minerals Inc., com sede em Toronto, no Canadá, e a Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), que reúne cerca de 40 mil garimpeiros e detém os direitos sobre a mina.

Este ano, por duas vezes o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a programar visita a Serra Pelada para anunciar a reabertura do garimpo. Mas as duas viagens foram canceladas de última hora. Nas palavras de um auxiliar do presidente, a desistência se deu porque o Planalto avaliou que o acordo com a Colossus é prejudicial aos garimpeiros. "Os leões querem ficar com todo o ouro", disse o assessor.

Por ordem da Presidência, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e o ministério tiveram de firmar um termo de compromisso com a Colossus em que a empresa canadense se compromete a ajustar cláusulas do contrato com potencial de prejuízo aos garimpeiros. Até o fechamento desta edição nada havia mudado.

Como senador e depois como ministro, Lobão atuou pessoalmente em várias frentes, dentro e fora do governo, para possibilitar o negócio. Primeiro, operou para formalizar a Coomigasp como proprietária do garimpo.

Nos bastidores, ainda em 2007, como senador, Lobão atuou para conseguir que o governo federal convencesse a Vale, até então detentora da mina, a transferir à cooperativa seus direitos de exploração de ouro e outros metais nobres em Serra Pelada.

A Vale submeteu a proposta a seu conselho de administração, que concordou em atender ao pedido de Brasília e, em fevereiro de 2007, assinou um "termo de anuência" repassando à cooperativa dos garimpeiros o direito de explorar a mina principal.

No ano passado, já com Lobão ministro, o governo fez nova gestão em favor do negócio e obteve da Vale os direitos sobre mais 700 hectares de Serra Pelada.

Ao estado, o secretário de Geologia e Mineração, Claudio Scliar, que elogia o desempenho de Lobão na condução da reabertura de Serra Pelada, admitiu ser amigo de geólogos brasileiros que integram o comando da Colossus, como Pérsio Mandetta, Darci Lindenmeyer e Augusto Kishida. "O Darci chegou a ser meu chefe no passado", diz.

Garantido formalmente o direito de a Coomigasp operar no garimpo, Lobão lançou outra ofensiva. Desta vez, para tomar o controle da cooperativa. Num processo conturbado, marcado por ações judiciais e violência, garimpeiros do Maranhão ligados ao ex-ministro conseguiram assumir a Coomigasp.

É justamente nessa época que surge a Colossus. A proposta de contrato com a empresa foi aprovada a toque de caixa pelos associados da cooperativa. Pelo acerto, a Colossus entra com capital e tecnologia e a cooperativa cede seus direitos sobre a mina. Pesquisas autorizadas pelo DNPM indicam haver pelo menos 20 toneladas de ouro no subsolo de Serra Pelada. Geólogos com acesso às sondagens mais recentes afirmam, porém, que a quantidade pode passar de 50 toneladas. (Fonte: Jornal O Estado de S.Paulo)

DataFolha: Dilma, 41%; Serra, 30%

São Paulo - Embora José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) estejam empatados na corrida presidencial, segundo a mais recente pesquisa Datafolha, mais eleitores apostam em uma vitória da petista sobre o tucano do que o contrário.

Para 41% dos eleitores, a vencedora da disputa será Dilma, contra 30% que acreditam em uma vitória de Serra.

Realizada no período de 20 a 23 de julho em todo o país, a pesquisa apontou o tucano com 37% das intenções de voto, e a petista, com 36%. Há ainda 2% dos eleitores que apostam em uma vitória de Marina Silva (PV), e 26% não sabem quem sairá eleito. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O Datafolha também monitorou o grau de convicção dos entrevistados com relação ao voto. Os eleitores de Dilma se dizem mais decididos do que os de Serra.

No caso da petista, 78% dos que a apoiam dizem estar "totalmente decididos" -mesmo índice da pesquisa anterior-, contra 19% que admitem mudar de candidato - eram 20%.

O eleitorado de Serra se declara menos convicto: 30% afirmam que podem mudar de voto - eram 28% -, enquanto 67% dizem estar "totalmente decididos" - contra 70% auferidos no levantamento anterior. (Fonte: Folha de S.Paulo)

sábado, 24 de julho de 2010

Candidatos a deputado pedem votos a servidores públicos

Fotos: Waldyr Silva




O ex-secretário municipal de Fazenda, Milton Zimmer Schneider, e o ex-chefe da Casa Civil do Governo Ana Júlia Carepa, Cláudio Puty, respectivamente candidatos a deputado estadual e deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) nas próximas eleições, reuniram cerca de 300 servidores públicos municipais, na noite da última quinta-feira (22), na chácara Nelore Quality, estrada de acesso à ferrovia, para apresentar as propostas de parlamentar e pedir votos aos convidados.
Além dos dois candidatos, o encontro contou ainda com as presenças do prefeito Darci José Lermen, do vice-prefeito Afonso Araújo, dos vereadores Israel Miquinha, Euzébio Rodrigues e Raimundo Vasconcelos; alguns secretários municipais, militantes do PT e de outros partidos coligados.
Ao usar a palavra, Darci Lermen pediu votos para Dilma Rousseff (presidência da República), Ana Júlia Carepa (Governo do Estado), Paulo Rocha (Senado Federal), Cláudio Puty (deputado federal) e para Milton Zimmer (deputado estadual). “Gostaria que todos vocês votassem em nossos companheiros do PT, mas vocês têm a liberdade de votar nos candidatos de sua escolha”, declarou.
Cláudio Puty fez um breve histórico de sua trajetória no Partido dos Trabalhadores e no Governo de Ana Júlia Carepa, e revelou que esta é a primeira vez que concorre a uma eleição a deputado federal.
O ex-chefe da Casa Civil fez rasgados elogios às administrações do presidente Lula e da governadora Ana Júlia, destacando as políticas públicas destinadas às causas sociais.
Os vereadores Israel Miquinha, Raimundo Vasconcelos e Euzébio Rodrigues ratificaram apoio às candidaturas de Dilma Rousseff, Ana Júlia, Paulo Rocha, Milton Zimmer e Cláudio Puty, destacando que os candidatos têm grandes projetos de desenvolvimento para o Brasil.
Por último, Milton Zimmer descreveu sua atuação na Prefeitura de Parauapebas (Secretarias de Produção Rural e de Fazenda) e no Governo do Estado (Emater), revelou o trabalho de campanha que vem fazendo em mais de 30 municípios e informou que no próximo dia 13 de agosto iria inaugurar seu comitê político na rua F, próximo da loja A Paulistinha, e um escritório de apoio na esquina das ruas 10 e E, onde funcionava uma locadora de vídeo.
O ex-secretário enfatizou a necessidade de Parauapebas ter um representante na Assembleia Legislativa comprometido com o povo para representar e alocar recursos para as regiões sul e sudeste do Pará.
Ao encerrar suas palavras, Milton Zimmer chamou à frente o vereador Euzébio Rodrigues, o presidente do PT, Nilson Dias; o ex-tesoureiro da Sefaz, Robervaldo Vieira; e a ex-secretária municipal de Administração, Desilene Viegas; e os apresentou como coordenadores de campanha. Mais sobre candidatura de Milton Zimmer aqui.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Açailândia: Atingidos pela Vale fazem novo encontro

Blog Furo

Encontro no Rio de Janeiro

A cidade de Açailândia, no oeste do Maranhão, sedia nesta quinta e sexta-feira (22 e 23) a reunião dos atingidos pelos empreendimentos da Vale. Os moradores do Pará, Maranhão e Tocantins voltam a se encontrar para aprofundar os debates e ações nos estados da região de Carajás.

O município de Açailândia abriga parte do pólo de ferro-gusa da região de Carajás. As outras siderúrgicas estão no município de Marabá, sudeste do Pará. Recentemente, a Vale elevou o preço do minério do ferro.

No começo do ano, o coletivo realizou um encontro internacional dos Atingidos pela Vale no Rio de Janeiro. Na ocasião, foram apresentados um filme, dossiê dos impactos da companhia que opera em 32 países e uma revista impressa.

Em Açailândia, o filme será apresentado na Câmara Municipal. O coletivo organizado em torno do Justiça nos Trilhos já realizou o lançamento dos documentos em São Luís, Maranhão, Marabá, Pará e agora Açailãndia.

A mobilização do Justiça dos Trilhos tem sido sistemática desde 2007, e vem ganhando maior envergadura desde o Fórum Social Mundial, realizado ano passado em Belém, Pará. E ajudou a cunhar a categoria Atingidos pela Vale.

Fonte: http://rogerioalmeidafuro.blogspot.com/2010/07/acailandia-atingidos-pela-vale-fazem.html

Ibama e BPA flagram plantação de maconha em assentamento no PA

Brasília - O Ibama e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) destruíram na última segunda-feira (19) uma plantação com aproximadamente 1,2 mil pés de maconha, além de 300 kg da droga já embalada, no Assentamento Guarani, município de Tailândia, a 260 qulômetros de Belém.

O cultivo suspeito chamou a atenção dos agentes federais da Operação Oriente durante um sobrevoo de helicóptero para fiscalizar áreas de desmatamento na região. Ao vistoriar o local em terra, os fiscais confirmaram a plantação ilegal e encontraram os pacotes da erva já prontos para serem distribuídos. Não conseguiram, porém, obter informações do proprietário do lote com os assentados.

Para o chefe da Divisão de Fiscalização do Ibama no Pará, Alex Lacerda, não é raro agentes ambientais se depararem com casos de tráfico de droga. No ano passado, fiscais de Santarém, no oeste do estado, apreenderam maconha numa embarcação durante repressão à pesca no período de defeso.

“Esse tipo de ocorrência confirma que o ilícito ambiental anda de mãos dadas com o tráfico, os crimes trabalhistas, entre outras ilegalidades. Já se sabe desde a divulgação do Mapa da Violência, em 2009, que as cidades com altos índices de crimes ambientais têm também mais criminalidade que as que não convivem com serrarias clandestinas e extrações ilegais de madeira”, lembra Alex Lacerda.

Para destruir a plantação, os pés de maconha foram arrancados com ajuda dos assentados e queimados em grandes montes, junto com a droga já embalada. Uma amostra foi salva e entregue à Policia Civil. A Polícia Federal também foi comunicada do crime.

Fonte: http://www.amazonia.org.br/noticias/noticia.cfm?id=361402

Sistema de drenagem

Na última terça-feira, 20 de julho, o diretor-presidente da Fundação Vale, Sílvio Vaz, entregou ao prefeito de Parauapebas, Darci José Lermen, o projeto executivo para a implantação de um sistema de drenagem para os bairros Guanabara e Complexo Altamira, na cidade.

O valor total investido foi R$ 2,54 milhões, sendo que serão pleiteados, junto ao Ministério das Cidades, mais de R$ 38 milhões para a execução do projeto, que beneficiará 36.820 pessoas em Parauapebas.

FPF define data do conselho técnico do Parazão da 2ª divisão

A Federação Paraense de Futebol (FPF) confirmou para o dia 5 de agosto a data de reunião do conselho técnico do Campeonato Paraense de Futebol profissional da segunda divisão de 2010, na sede da entidade, em Belém-PA. O ofício foi enviado à diretoria do Parauapebas Futebol Clube (PFC) para se fazer presente na reunião.

O presidente do clube, Roque Dutra, confirmou presença da diretoria na reunião. Segundo Dutra, a partir desta reunião o PFC vai poder se posicionar com relação ao destino do clube na competição. “A torcida de um modo geral vem cobrando uma movimentação ao longo dos últimos meses do time, mas só podemos nos posicionar após a decisão da federação”, declarou.

De acordo ainda com Roque Dutra (foto), o clube não tem como firmar compromissos com despesas de jogadores e comissão técnica, sem antes saber a data exata do início do campeonato, e pede paciência ao torcedor e ao povo de Parauapebas, pois assim que a Federação Paraense definir o rumo da competição o Parauapebas Futebol Clube entra em ação.

A competição do acesso à divisão especial de futebol paraense tem início previsto para o mês de outubro, segundo Juarez Scotta, secretário executivo da Federação Paraense de Futebol. (Carlos Campos)

Vale, ferrovia, hidrelétrica, hidrovia...

A mineração da Vale encontra-se em expansão. Tal ampliação tem implicado incremento da infraestrutura de transporte multimodal para escoar a produção. A ferrovia de Carajás terá a duplicação de 600 km do total de 800.

Tem-se ainda a efetivação da hidrovia do Araguaia-Tocantins, a construção de um porto em Marabá e ampliação do Porto do Itaqui em São Luís, Maranhão. E a construção de inúmeras hidrelétricas na bacia do Araguaia-Tocantins, a exemplo da hidrelétrica de Estreito, na fronteira do Maranhão com o Tocantins, onde as mineradoras Vale e Alcoa são associadas da Camargo Corrêa e da Tractebel Suez.

Leia mais aqui http://rogerioalmeidafuro.blogspot.com/2010/07/carajas-interesses-da-vale-pressionam.html

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Bancos: governo vai monitorar abusos em tarifas, filas e fraudes

Waldyr Silva


O cerco contra os bancos está se fechando. Tarifas abusivas, cobranças indevidas, fraudes e atendimento de má qualidade vão ficar na mira do Banco Central (BC). O órgão estará de olho em todas as reclamações feitas nos Procons que sejam relacionadas a assuntos financeiros. Nem mesmo as operadoras de cartões de crédito vão escapar da fiscalização.

Esse monitoramento será feito a partir de uma parceria do BC com o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça (MJ).

Com a medida, a intenção é que o Banco Central passe a ter conhecimento dos problemas enfrentados pelos consumidores. Um exemplo é o tempo de permanência nas filas dos bancos.

Alguns estados e municípios estipulam um tempo máximo de espera para atendimento, mas nem sempre o período é respeitado. Com as queixas em mãos, o BC poderá cobrar mudanças das instituições. Os bancos que não fizerem melhorias poderão ser multados ou até inabilitados.

Atualmente, o BC até tem um canal de atendimento ao consumidor. Porém, poucas pessoas sabem que podem fazer denúncias no órgão.

Além disso, as queixas que hoje são registradas nos Procons não obrigam as empresas a fazerem melhorias. Entre as principais dificuldades enfrentadas pela população estão cobranças abusivas, taxas de juros altas, filas gigantescas, inclusão do nome do cliente indevidamente nos órgãos de proteção ao crédito e problemas com a compra a prazo.

"A previsão é de que o projeto seja enviado em setembro ao Conselho Monetário Nacional", informou o presidente do BC, Henrique Meirelles.

Segundo ele, o Banco Central terá um mapa das principais queixas. "Vamos implantar um sistema para saber onde precisaremos estar mais atuante. Queremos descobrir tanto os setores específicos quanto os produtos que geram o maior número de reclamações. Nossa meta é conquistar preços justos e competitivos, para que o consumidor tenha seus direito preservados", afirma.

O Ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, explica que o DPDC já deve fazer as primeiras remessas de denúncias ao Banco Central nos próximos dias.

Em Parauapebas, ir ao banco é um grande transtorno
Em Parauapebas, uma simples ida às agências bancárias para sacar um cheque ou pagar um boleto é um grande transtorno para o usuário.

A cidade conta com a Lei Municipal nº 3.821-A, de 31 de agosto de 1999, que regulamenta sobre o tempo de permanência de pessoas em filas, mas os bancos desrespeitam a norma.

De acordo com o artigo 2º da referida lei, as agências bancárias devem atender o usuário em até 20 minutos de permanência na fila em dias normais; e em até 30 minutos em véspera de feriados prolongados e nos dias de pagamento de funcionários públicos municipais, estaduais e federais e de vencimentos e recebimento de contas de concessionárias de serviços públicos e tributos municipais, estaduais e federais. Às vezes, o usuário fica até 3 horas na fila.

Leia mais sobre bancos publicado neste blog aqui, aqui e aqui.

Parauapebas é classificado como município turístico do Pará

Waldyr Silva

Cachoeira Águas Claras, na Floresta Carajás

Parauapebas está entre os 14 municípios classificados no setor de turismo no Estado do Pará. Avaliado pelo Ministério do Turismo, de acordo com a política de regionalização do turismo, que classificou as cidades de todo o Brasil nas categorias turístico, potencial turístico e apoio ao turismo, Parauapebas recebeu o certificado da Paratur (Companhia Paraense de Turismo).

Por este motivo, a Paratur, Secretaria de Desenvolvimento (Seden) e Secretaria de Produção Rural (Sempror) se reuniram para avaliar as potencialidades turísticas do município, com o objetivo de divulgar as belezas naturais de Parauapebas na 5ª Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA), que acontece entre os dias 12 e 15 de agosto, em Belém, no Hangar, Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Com o tema "Turismo é Negócio na Amazônia", a FITA é uma grande oportunidade para que o trade mundial possa conhecer os diferentes produtos e serviços da atividade turística dos estados e países que compõem a Pan-Amazônia. Parauapebas participará juntamente com o pólo Araguaia Tocantins, que compreende aproximadamente 12 municípios, sendo que os principais do sudeste do Pará são Parauapebas, Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Piçarra, Xinguara, Rio Maria e Tucuruí.

De acordo com Leônidas Brito, secretário adjunto da Seden, Parauapebas levará para demonstrar na FITA o turismo rural, que é o contato mais direto com a natureza, a agricultura e as tradições locais, como as agrovilas, fazendas, cachoeiras, lavoura de melancia, produção de açaí; o turismo ecológico, que é um turismo de lazer, esportivo ou educacional em áreas naturais, como a Floresta Carajás, as águas termais, zoobotânico e o turismo de negócios, em que o indivíduo viaja por circunstâncias de trabalho e usufrui de transporte, alimentação, hospedagem e lazer. "Pretendemos tornar nosso município um potencial turístico, uma das fontes de renda, pois o minério não é renovável".

O turismo de negócios será o principal ponto, pois Parauapebas é voltado para atividades de mercado, tanto que representantes de hotéis e agências de viagem estiveram presentes no evento a fim de se cadastrarem na Paratur, para divulgar seus serviços e nosso potencial local. (Cristhianne Cardoso)

Leia mais sobre o assunto aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Asserp goleia Rio Verde e assume liderança da segundona

Fotos: Carlos Campos




Em tarde iluminada, o Asserp deu um importante passo rumo à classificação para a fase final do campeonato municipal da segunda divisão.
O time do técnico Jardel não tomou conhecimento da equipe do Rio Verde e lhe aplicou uma surra de 4 a 1, às 16 horas do último sábado (17), no estádio Rosenão.
A partida foi válida pela quanta rodada da competição. Com a vitória, o Asserp chegou a 10 pontos, assumindo a liderança do campeonato, deixando o time do Crap em segundo lugar, com 7 pontos.
A partida iniciou bastante movimentada, com o Rio Verde partindo pra cima do Asserp com vontade, e inaugurou o marcador logo aos 2 minutos da etapa inicial, com o atacante Nelsivan. Mas foi só fogo de palha da equipe do técnico Clésio.
O Asserp rapidamente tomou conta do jogo e empatou o confronto aos 7 minutos com Jairo. Na etapa complementar, o atacante Filho virou o jogo, aos 29 minutos, e Falcão liquidou a fatura, aos 41 e aos 45 do segundo tempo. Fim de jogo: Asserp, 4; Rio Verde, 1.
Times
Rio Verde: Mão de Onça, Valdeir, Magno, Jardel e Esquerdinha; Peri, Jenilso, Alcir e Jandison ; Nelsivan e Díco. Técnico: Clésio.
Asserp: Marcelo, Rogério, Marcos, Leandro e Reinaldo; Tocantins, Jairo, Madson e Catuaba; Falcão e Filho. Técnico: Jardel. (Texto: Carlos Campos)

No alvo...

Desempregado mata animal de estimação com ‘chumbinho’

Lucy Fabris


Sem nenhuma justificativa, o desempregado Artur Cavalcante da Silva (Rua O n° 144, bairro União, Parauapebas), com requintes de crueldade, tirou a vida de um animalzinho de estimação que vivia na mesma casa.

O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (15), por volta das 23h30, quando a gatinha começou a passar mal, correndo de um lado para outro e com os olhos fitos nos donos da casa, como se estivesse implorando socorro.

A gatinha, que foi envenenada propositalmente, segundo a dona do animal, agonizou por quase cinco horas e, apesar da tentativa de salvação, através da ingestão de leite, não resistiu aos efeitos devastadores do “chumbinho”.

Quem presenciou o sofrimento do animalzinho de estimação não se conforma com o ocorrido e pergunta como um ser humano tem coragem de envenenar um bichinho indefeso que nunca fez mal para ninguém.

Para quem não sabe, envenenar animais é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais, onde o acusado pode pegar de três meses a um ano de detenção e multa. Se o acusado não cometeu delito nos últimos cinco anos, a lei permite ao juiz substituir a pena de detenção por multa revertida em bens como cestas básicas e cobertores, ou prestação de serviços à comunidade.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Parauapebenses fazem bonito no Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu em São Paulo

Fotos: Aline Ribeiro

Maira Coelho, Medalha de Ouro


Pato, Adriano, Maira e Cintia

São Paulo - Entre os dias 16 e 18 de julho, aconteceu em São Paulo o Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu. Um grupo de Parauapebas, praticante deste esporte, foi até a capital paulista competir e fez bonito. Três “jiu-jiteiros” levaram na bagagem medalhas, mostrando que o esporte em Parauapebas está num ótimo nível de profissionalismo.

Cintia de Pádua lutou no sábado e levou a medalha de bronze; o marido dela, Adriano de Pádua, que também pratica o esporte, ganhou a medalha de prata durante as lutas de domingo.

A surpresa ficou para a iniciante no jiu-jitsu, Maira Coelho, que se iniciou há pouco mais de seis meses, competiu no domingo pela manhã e colocou no peito a medalha de ouro. Confiante, ela diz que sua dedicação ao esporte surtiu efeito: “Treino todos os dias durante uma hora e meia”.

Tido por muitos como violento, o jiu-jitsu é um esporte que vem ganhando visibilidade, e o preconceito em relação a ele precisa ser transformado em conceito de atividade física que, longe de ser violento, envolve disciplina e respeito ao próximo.

A medalhista Maira confirma: “Comecei a praticar jiu-jitsu porque queria fazer um exercício físico e de quebra aprender defesa pessoal. Foi a melhor opção que poderia ter escolhido”. (Aline Ribeiro)

Não atropele a gramática

Ao se pronunciar em público, alguns executivos mal preparados cometem deslizes com o bom português. "Fazem nove anos", "para mim entender" e "meia prejudicada" são erros primários que mostram lacunas no processo de educação e de preparo de porta-vozes.

Ter sempre à mão uma boa gramática da língua portuguesa e consultar regularmente dicionários são práticas obrigatórias para sanar dúvidas. O corretor do computador ajuda e detecta alguns erros de gramática, mas é necessário cuidado para não acatar todas as sugestões.

Veja os erros gramaticais mais comuns
- Fazem muitos anos. Relembrando: quando o verbo fazer se refere a tempo ou indica fenômenos da natureza, deve permanecer na terceira pessoa do singular, pois é impessoal, não tem sujeito e por isso não pode ser flexionado. O certo é: Faz sete anos que resido em São Paulo. Faz dois meses que estou na empresa.

- Houveram comentários. A mesma regra deve ser aplicada para o verbo haver, quando usado no sentido de existir. Por exemplo: Havia formigas em cima do bolo, e não haviam formigas. Houve comentários favoráveis à proposta, e não houveram.

- Explique melhor para mim entender. O pronome pessoal eu deve sempre ser usado antes do verbo no infinitivo. Só se usa o 'mim' quando não houver um verbo depois do 'para'. Maria trouxe os documentos para mim - ou para completar o sentido de adjetivos (é impossível para mim aceitar esta proposta).

- Estou me sentido meia prejudicada. É uma incorreção flexionar o advérbio meio. O deslize deixa a imagem do interlocutor meio prejudicada, e não meia prejudicada. Já o adjetivo meia tem flexão: meia entrada, meia carga...

- Haja visto. A expressão não existe. O correto é haja vista, terceira pessoa do imperativo do verbo haver acrescida de vista, um substantivo feminino. Exemplo: Haja vista as informações de suborno noticiadas pela mídia.

- Quando ele vir ao seu encontro... Para não errar, lembre-se de que o verbo vir exige a forma vier. Quando ele vier para o trabalho... e não quando ele vir... Por outro lado, o verbo ver exige a forma vir. Se os médicos virem o diagnóstico - e não se os médicos verem...'

Se você não comete esses erros, parabéns! Se necessita de aprimoramento, estude. O livro "Superdicas para escrever bem diferentes tipos de texto", de autoria de Edna M.Barian Perrotti, da Editora Saraiva, pode ser um bom caminho.

Paulo Piratininga (da Scritta)

Festa de 16 anos de Palmares Sul

Inicia na próxima sexta-feira (23), e vai até sábado (24), a programação de aniversário dos 16 anos da vila Palmares Sul (antiga Palmares 1), zona rural de Parauapebas.

Na programação de sexta-feira, acontecem atividades desportivas de futsal, voleibol e corrida de cavalo (15 horas); cerimônia de abertura da festa (19 horas), apresentação de membros de igreja (das 19 às 20 horas), show musical com Misael Soares (das 20 às 20h30) e com ADL & Érica Mota (das 20h30 a 0 hora).

No sábado (24), pela manhã, a programação conta com atividade de ciclismo (às 6 horas), maratona (feminina e masculina - 06h30), inauguração de ponte sobre o Rio Novo (7h30), inauguração de vestiários do campo de futebol e posto policial da vila (8 horas) e cavalgada (8h30).

À tarde, partida final de soçaite (16 horas), cerimônia de abertura (das 19 às 19h30), entrega de prêmios para competidores campeões (das 19h30 às 20 horas), apresentações culturais (das 20 às 22h30), shows com o grupo Bangalô do Samba (das 22h30 a 00h30) e da banda Lamazon (de 00h30 às 02h30).

sábado, 17 de julho de 2010

Bolsa é fabricada com 95% de material reciclado



Enquanto fabricantes de eletrônicos divulgam suas mais recentes criações, que consomem mais e mais recursos naturais não-retornáveis, outros fabricantes apostam em produtos sustentáveis, como a LowerPro, que apresentou recentemente a Terraclime, bolsa fabricada com 95% de material reciclado, como resíduos de embalagens de garrafas PET, que gera uma economia e redução de poluição atmosférica em proporções significativas, quando se compara com outras formas comuns de fabricação.

Na Photo Image Brazil 2010, que acontece em agosto em São Paulo, o estande da Opeco trará a bolsa para exposição. (Fonte: HiTechLive)

sexta-feira, 16 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Investidores estrangeiros visitam prefeito de Parauapebas

Fotos: Carlos Campos




O prefeito Darci José Lermen recebeu na última segunda-feira (12) em seu gabinete um grupo de investidores que estão em visita à região, atraídos pelo grande potencial que tem o município para crescimento.
O executivo Helberth Oliveira (Bio-Brasil Sustentável), o empresário norte-americano Bill Wason (Agecom Brasil) e o empresário Eduardo Queiroz (Controles Contábeis) foram recepcionados pelo gestor municipal, acompanhados do presidente da Liga Esportiva de Parauapebas e do Parauapebas Futebol Clube, Roque Dutra, e do vice-prefeito Afonso Andrade.
O objetivo do encontro é atrair tecnologia e investimentos para geração de emprego e renda ao município. Entre alguns projetos a serem colocados à disposição de Parauapebas, estão o Projeto Sisal (produção de matéria-prima para peças de automóveis e artesanais), que já está sendo implantado na cidade de Governador Edson Lobão (MA); uma fábrica chinesa de medicamentos genéricos, um depósito Alfandegado, entre outros investimentos também na área da agricultura e esporte.
O prefeito Darci Lermen considera de fundamental importância a implantação de projetos que possam gerar emprego e renda para o povo parauapebense. “É uma ótima oportunidade que bate à nossa porta e não podemos deixar escapar”, disse o prefeito.
Na quarta-feira (14), o grupo se reuniu com os secretários municipais Irineu Dal Santo (Secretaria de Produção Rural) e Abrão Pimentel (Secretaria de Desenvolvimento), a pedido de Darci Lermen, para apresentar os projetos na área da agricultura e desenvolvimento sustentável.
Segundo Helberth Oliveira, Parauapebas pode dar um grande salto rumo ao crescimento na indústria e comércio. “Estamos olhando a região com muito carinho e logo de cara percebemos que podemos contribuir muito para uma melhor qualidade de vida para a população”, comentou o executivo.
O empresário Bill Wason se disse muito encantado com a cidade e faz planos para o futuro. “Achamos que a região tem um grande potencial para implantarmos o Projeto Sisal e outros que visam um desenvolvimento sustentável”, enfatizou.
Para o empresário Eduardo Queiroz, já está na hora de Parauapebas começar a pensar em caminhar de olho no futuro e não somente viver em função da extração do minério. “Estamos com grandes projetos que podem ser desenvolvidos no município com a fábrica chinesa de genéricos, uma oportunidade ímpar para geração de emprego para população”.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Mais de 41.500 mulheres assassinadas em uma década

Brasília - Entre 1997 e 2007, 41.532 mulheres foram assassinadas no país, o que resultou numa média macabra de 10 brasileiras mortas por dia. O índice de 4,2 assassinadas por 100.000 habitantes coloca o Brasil acima do padrão internacional.

Os dados constam do estudo “Mapa da Violência no Brasil 2010″, feito pelo Instituto Sangari, uma organização educacional, com base em dados do Sistema Único de Saúde.

Algumas cidades, como Alto Alegre, em Roraima, e Silva Jardim, no Rio de Janeiro, têm índices de assassinato de mulheres perto dos mais altos do mundo (África do Sul e Colômbia). Entre os estados, a pior colocação no ranking nacional é do Espírito Santo, com 10,3 assassinatos por 100 mil habitantes.

Ao analisar o assunto no Núcleo de Estudo da Violência da Universidade de São Paulo (USP), a pesquisadora Wânia Izumino constatou que os assassinos costumam ser maridos ou ex-maridos, namorados ou companheiros inconformados em perder o poder sobre uma relação que acreditavam controlar. Na maioria das vezes, a mulher recusa sexo ou insiste na separação. Motivos fúteis são a causa de aproximadamente 50% dos crimes.

Importante instrumento no combate à violência, o 180, telefone da Central de Atendimento à Mulher, recebeu, nos primeiros cinco meses de 2010, 95% a mais de denúncias em relação ao ano passado. A informação é da Secretaria de Políticas para a Mulher, do governo federal.

Conforme a secretaria, das mais de 50.000 mulheres que denunciaram agressões, a maioria é negra, casada, tem entre 20 e 45 anos e nível médio de escolaridade. O perfil do agressor é de um homem negro, com idade entre 20 e 55 anos e nível médio de escolaridade.

A secretaria acredita que uma das causas do aumento da procura pelo telefone 180 é a maior divulgação da lei Maria da Penha. (Fonte: Brasil Confidencial)

Secult no CDC

Desde o início desta semana, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult) mudou da rua D para o Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC) de Parauapebas, no centro da cidade, onde passou a atender ao público.

Fora do ar

A TV Norte Carajás, afiliada Rede Record, canal 2, informa aos telespectadores que o jornal local, "InformAção Parauapebas", não está sendo exibido desde o último dia 6 de julho, devido alguns problemas causados pelas constantes quedas de energia elétrica. Com isso, equipamentos responsáveis pela exibição do programa foram danificados. Mas ainda esta semana voltaremos com a programação local. Agradecemos a comprensão dos telespectadores.

Tiago Negreiros
DIRETOR DE JORNALISMO

JB deixará de ser impresso a partir de 1º de setembro deste ano

Anúncio de página dupla informa que o Jornal do Brasil deixará de ser impresso a partir de 1º de setembro próximo. Passará a ser 100% digital.
A razão? "O Jornal do Brasil consultou seus leitores ao longo de um mês. Como sempre eles querem modernidade. Estar à frente do seu tempo. Tradição e pioneirismo".

terça-feira, 13 de julho de 2010

Candidatos a deputados federais e estaduais de Parauapebas‏

Federais
1 Antonio Massud (PTB - 1410)
2 Jonas Alves (PHS – 3131)
3 Josemir Santos (PPS – 2310)

Estaduais
1 Bel Mesquita (PMDB – 15010)
2 Benny Santos (PV - 43756)
3 Charles Borges (PRB – 10100)
4 Cláudio Almeida (PR - 22888)
5 Faisal Salmen (PSDB – 45100)
6 Hipólito Reis (PSC – 20122)
7 José Apinagés (PCdoB)
8 Marden Henrique (Psol – 50789)
9 Milton Zimmer (PT – 13100)
10 Rui Hidelbrando (PRB – 10000)
11 Toizinho (PTdoB - 70222)
12 Valmir da Integral (PDT – 12777)

Saúde no sul do Pará

Parceria entre a mineradora Vale e a Sociedade Brasileira de Cardiologia - Fundação Interamericana do Coração - proporcionou aos médicos e enfermeiros de Ourilândia do Norte e Tucumã, no sul do Pará, o curso Suporte Avançado de Vida em Cardiologia (ACLS).

O objetivo do treinamento é qualificar os profissionais para o atendimento de emergências médicas, especialmente as cardiológicas, melhorando a qualidade de vida das comunidades que moram próximas aos projetos da Vale.

Esta foi a primeira atividade do Programa Saúde voltada para a comunidade e que valoriza as ações baseadas no conceito de sustentabilidade.

Dia Mundial do Rock


ECA faz 20 anos sem contemplar novas tecnologias

São Paulo - Entre conquistas e desafios, o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) completa nesta terça-feira (13) 20 anos de existência.

O conjunto de leis cujo objetivo é a proteção integral da criança e do adolescente tem como obstáculo principal a ser enfrentado a inclusão da internet e das novas tecnologias na rede de segurança dos menores.

"O ECA não contemplou um sistema de proteção que alcance o tráfico de imagens, a pedofilia, a pornografia e outros abusos que existem na internet", reclama Mário Volpi, gerente de projetos do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Por outro lado, Volpi acha que o estatuto promoveu novas metodologias com o uso da tecnologia, para fortalecer processos educativos.

Pais devem ficar atentos: a atual geração de jovens utiliza maciçamente comunicadores instantâneos, salas de bate-papo e, principalmente, redes sociais.

Existem várias maneiras de monitorar, de forma sadia, as atividades dos filhos no computador. Nos sites fss.live.com e k9webprotection.com há dicas e ferramentas para acompanhar os sites visitados por crianças e adolescentes, as imagens vistas na web e até tudo que é digitado no micro. (Alexandre Orrico)

Josemir da Imobiliária

Josemir da Imobiliária (foto) é candidato a deputado federal nas próximas eleições pelo PPS.

O candidato reside em Parauapebas há mais de 20 anos. Ao longo destas duas décadas, Josemir participou de todas as ações políticas da cidade, desde a emancipação do município, que ocorreu em 1988, até o presente momento.

Josemir se desponta como um potencial candidato rumo à Câmara dos Deputados, em Brasília.

CNJ determina concurso público para 5,5 mil cartórios

Uma decisão da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou a saída dos titulares não concursados de 5.561 cartórios extrajudiciais, de um total de 14.694 cartórios. As vagas de tabeliães e registradores, por exemplo, serão preenchidas nos próximos seis meses por meio de concursos de provas e títulos.

Até lá, os titulares não concursados permanecerão no comando dos cartórios para evitar a suspensão dos serviços. Esse número pode aumentar nos próximos meses, quando o CNJ obtiver detalhes de 153 cartórios considerados fantasmas, sobre os quais as corregedorias dos tribunais de Justiça não tinham qualquer informação, e de outros 1.105, cujos processos ainda estão sendo analisados.

A situação de outros 470 cartórios está dependendo de julgamento de processos no Supremo Tribunal Federal. Somente em Minas Gerais, serão substituídos os titulares de 1.353 cartórios extrajudiciais. Na Bahia, 696 cartórios serão atingidos. "Estamos dando cumprimento à Constituição. Essas vagas só podem ser providas por concurso público", afirmou o ministro Gilson Dipp, corregedor nacional de Justiça. (Fonte: VideVersus)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

MP mira em 10 fichas sujas no PA

Belém - O Ministério Público Eleitoral (MPE) no Pará ingressou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com dez ações contra pedidos de registro de candidaturas para as eleições deste ano. Contas rejeitadas nos tribunais e renúncias aos mandatos para escapar de cassação foram os motivos das ações protocoladas pelo MPF.

As ações foram baseadas na lei complementar 135/2010, a Lei da Ficha Limpa, e na Lei Complementar 64/90, a Lei na Inelegibilidades.

Entre os políticos cujos registros são alvo da ação do MPF, estão o deputado federal Jader Barbalho, candidato ao Senado pelo PMDB; o ex-deputado federal Paulo Rocha, candidato ao Senado pela coligação Acelera Pará (PP-PT-PTB-PTN-PSC-PR-PHS-PCdoB); e o ex-deputado estadual Luiz Afonso Sefer, candidato a deputado estadual também pela coligação Acelera Pará.

Para impugnar as candidaturas de Jader, Sefer e Rocha, que renunciaram aos mandatos para evitar processo de cassação, o procurador eleitoral Daniel Azeredo Avelino alega que a Lei 135/2010 pode ser aplicada já nas eleições vindouras.

“Apenas não se aplicam às eleições que ocorrerem em até um ano da data de sua entrada em vigência cujas normas sejam capazes de provocar desequilíbrio entre as forças políticas empenhadas no pleito, a exemplo da Lei no 8054/90, que prorrogava o prazo de vencimento de registro dos partidos políticos com representação parlamentar federal ou estadual”, diz o procurador. Contudo, esse não é o caso da “Lei da Ficha Limpa”, complementa o texto da ação do MPE.

A Lei 135/2010 “possui natureza de norma eleitoral material, ou seja, em nada se identifica com as regras de processo eleitoral e tampouco deforma a normalidade do pleito. Isso porque não traz consigo propósitos casuísticos e não afeta a igualdade entre partidos/candidatos”.

Ao representar contra Jader Barbalho, o MPE rememora o episódio de sua renúncia ao mandato de senador em outubro de 2001: “Depois que a presidência do Senado recebeu parecer favorável à abertura de processo por falta de decoro parlamentar contra o então senador Jader Barbalho, ele renunciou ao mandato em 5 de outubro de 2001, para evitar possível cassação”. Jader foi eleito em 94 para a legislatura 95-2002.

Com relação ao ex-deputado Paulo Rocha, o MPE relembra que ele foi eleito nas eleições gerais ocorridas no ano de 2002 para a legislatura 2003-2007, mas em 14 de outubro de 2005 a Mesa da Câmara dos Deputados ofereceu Representação n° 49/2005, visando a cassação do deputado por quebra de decoro, sendo enquadrado no episódio do mensalão. Em 17 de outubro de 2005, Paulo Rocha comunicou sua renúncia ao mandato de deputado federal.

O ex-deputado Luiz Afonso Sefer, que responde a processo por pedofilia, também renunciou ao cargo de deputado estadual para evitar cassação por quebra de decoro. Sefer foi eleito para mandato de 2007 a 2010 e renunciou em março de 2009. Além dos três, o MPE entrou ainda com pedido de cassação de registro de outros sete candidatos. (Fonte: O Liberal)

Comissão analisa proposta que permite propaganda eleitoral paga na internet

Brasília - A propaganda eleitoral paga em sites noticiosos e de informações ao público em geral passará a ser permitida, caso o Congresso Ncional aprove o projeto de lei do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) que a Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação, Inovação e Informática (CCT) vai apreciar na próxima quarta-feira (14).

A legislação atual só permite a propaganda na rede em site do próprio candidato, do partido ou da coligação. Também libera propaganda por meio de mensagem eletrônica para endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação. Autoriza igualmente a divulgação em blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer pessoa natural.

De acordo com o projeto (PLS 93/10), que introduz uma série de modificações no Código Eleitoral (Lei 4737 /65) e na Lei Eleitoral (9504/97), será permitida a propaganda paga na internet, até a antevéspera do pleito, em sites de provedores de internet que sejam destinados à divulgação de notícias e de informações ao público em geral, inclusive por serviços de busca. Há um limite de 24 exposições para cada candidato em cada sites.

Ainda de acordo com o projeto, é vedado qualquer tipo de propaganda, mesmo que gratuita, em páginas de empresas não jornalísticas ou de informação; em páginas de empresas jurídicas sem fins lucrativos; assim como em sites oficiais ou hospedados por órgãos públicos da administração pública direta ou indireta da União, estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Debates - Além disso, o projeto prevê a realização de debates pela internet, assegurada a participação de dois terços dos candidatos às eleições majoritárias e garantida a participação do candidato do partido que tenha, pelo menos, dez deputados federais.

A proposta de Azeredo, relatada na CCT pelo senador Papaléo Paes (PSDB-AP), condensa temas das emendas apresentadas pelo Senado e rejeitadas pela Câmara quando da discussão do projeto de reforma política aprovado pelo Congresso em 2009. O projeto será analisado de forma terminativa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

A sessão deliberativa da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática está marcada para a próxima quarta-feira (14), a partir das 8h30, na sala 13 da Ala Senador Alexandre Costa. (Fonte: Agência Senado)

domingo, 11 de julho de 2010

Concurso de trabalhos escritos e desenhos 2010 para estudantes

A Unesco e seus parceiros convidam os estudantes do ensino médio de todo o Brasil para apresentar trabalhos escritos e desenhos, até o dia 3 de setembro de 2010, sobre o tema “Biodiversidade”.

O Concurso é uma iniciativa em comemoração ao Dia Mundial da Ciência pela Paz e pelo Desenvolvimento e ao Ano Internacional da Biodiversidade, ambos estabelecidos pelas Nações Unidas.

http://eventos.unesco.org.br/diadaciencia/

Candidatos classificados para o censo do IBGE em Parauapebas

Relação dos 143 candidatos aprovados no processo seletivo do IBGE, classificação geral e notas adquiridas nas provas realizadas dia 30 de maio último
1º - ANDERSON CARVALHO DOS SANTOS 98,0 pontos
2º - ANA VILMA CONCEICAO RODRIGUES 97,0 pontos
3º - DOMINGOS FAUSTINO DA COSTA JUNIOR 97,0 pontos
4º - CLEIDENISE DE SOUSA OLIVEIRA 96,5 pontos
5º - ISRAEL DE SOUZA DANTAS 96,0 pontos
6º - MARLUCE SILVA BRIANO CASTRO 95,0 pontos
7º - LUCAS VIANA GONCALVES 95,0 pontos
8º - NECY DELAMARQUES REIS DA SILVA 95,0 pontes
9º - FABIOLA ARAUJO FEITOZA 95,0 pontos
10º - ELSON PIMENTEL DA SILVA 94,0 pontos
11º - DEIDIANE OLIVEIRA SOUZA 93,5
12º - PRISCILA MACIEL PIMENTEL 93,0
13º - DIEGO GONCALVES FERREIRA DA SILVA 92,5
14º - NERONILTON RIBEIRO DE SOUSA 92,5
15º - JOAO DOS SANTOS MOURA MONTEIRO 92,5
16º - LETICIA SERRA MARTINS 92,0
17º - SAULO DE JESUS RIBEIRO COSTA 92,0
18º - MIRANILDE SOUSA SILVA 92,0
19º - NEILSON CARVALHO TEIXEIRA 91,0
20º - FERNANDO RIBEIRO SOARES 91,0
21º - POLIANA FERNANDES SOUSA 90,5
22º - ELIANE RODRIGUES DOS SANTOS DA SILVA 90,5
23º - MARCILENE BATISTA DIAS 89,0
24º - NILDO SILVA CAVALCANTE 89,0
25º - ALBA MARIA RODRIGUES 89,0
26º - CRISTIANE EVERTON SANTOS 88,5
27º - DIOGO TORRES CARDOSO 88,0
28º - JOELMA LIMA MOTA 87,5
29º - MARIA DE LURDES BATISTA MELO 86,5
30º - IZANA TEIXEIRA PINHEIRO GOMES 86,5
31º - SONIA MARIA NASCIMENTO ARAUJO 86,0
32º - KARLLA MARIA DE CASTRO SILVA 85,5
33º - ANGELICA NASCIMENTO DOS SANTOS 85,0
34º - ELIELSON DOS SANTOS SILVA 85,0
35º - MAYCOM FURTADO DE OLIVEIRA 85,0
36º - BARBARA HILBERT LIMA 85,0
37º - MAYARA DE ALMEIDA ARAUJO 85,0
38º - MAGNUM OLIVEIRA DANTAS 84,5
39º - ROSA MARIA COSTA 84,5
40º - ANGELA OLIVEIRA REIS 83,0
41º - CLAUBER SUELITON CARVALHO VASCONCELOS 83,0
42º - SONIA PEREIRA CORREA 82,5
43º - MONICA CRISTINA ARAUJO SOARES 82,5
44º - ANTONIO CAPISTRANO DE MELO FILHO 82,0
45º - NUBIA VIVIANE SOUZA LIMA 82,0
46º - WEDER JORGE GONCALVES 81,5
47º - DENISIE DE SOUZA FONSECA 81,5
48º - WANJA NAZARE PALHETA ROCHA 81,0
49º - ICARO JOSE ROCHA 81,0
50º - ABISALON DOS SANTOS GOMES 81,0

Veja lista completa aqui.

Espanha é campeã da Copa do Mundo pela primeira vez



Johanesburgo - Além do inédito título mundial e ser a primeira a levantar o troféu após perder na estreia, a Espanha se despede da Copa com mais duas marcas: uma positiva e outra negativa. Com apenas dois gols sofridos, a "Fúria" se iguala a franceses e italianos como campeã com a defesa menos vazada. Entretanto, os espanhóis, conhecidos pelo futebol ofensivo, marcaram apenas oito gols, tornando-se o campeão com menor número de gols.

Em sete jogos na Copa de 2010, o goleiro e capitão Casillas só foi buscar a bola no fundo das redes em apenas duas oportunidades. Na estreia contra a Suíça, derrota por 1 a 0, e contra o Chile, na vitória por 2 a 1. Na fase de mata-mata, a Fúria não sofreu um gol sequer. A marca é dividida com franceses e italianos, que também chegaram ao título sofrendo apenas dois gols, em 1998 e 2006, respectivamente.

Se a Fúria sofreu poucos gols no Mundial da África do Sul, ela também foi econômica nos gols marcados. Apontada como a seleção que apresenta o futebol mais bonito e ofensivo, os europeus marcaram apenas oito gols na Copa, sendo cinco do artilheiro David Villa. Puyol e Iniesta marcaram os outros gols. Com isso, a equipe de Del Bosque entra para a história como o país campeão com pior ataque.

Antes da Espanha, três seleções lideravam esta estatística. A Itália, em 1938, a Inglaterra, em 1966, e a seleção brasileira, em 1994, foram campeãs marcando onze gols cada. Vale lembrar que italianos e ingleses fizeram menos jogos do que o Brasil.

A Squadra Azzurra fez apenas quatro partidas em 38, enquanto o English Team realizou seis, em 1966. Com 24 seleções na Copa de 1994, o Brasil entrou em campo sete vezes até conquistar o tetracampeonato.

Polvo?


Reforma partidária

* Merval Pereira

O anúncio de que o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) volta a se mobilizar para enviar ao Congresso um novo projeto, desta vez sobre a reforma política, é um sinal de vitalidade da sociedade, mas precisa ser visto com cuidado.

Formado por diversas Organizações Não Governamentais (ONGs) que se mobilizaram para colher assinaturas para o projeto de ação popular que desaguou na lei da Ficha-Limpa, o MCCE agora quer defender a adoção do financiamento público de campanha e o voto em lista fechada como maneira de mudar a política partidária brasileira.

A iniciativa tem o condão de desatar um nó que é impossível de ser desatado pela classe política que, eleita pelo sistema atual, não tem nenhum interesse em mudar as regras que afinal lhe foram favoráveis.

A tese da Constituinte exclusiva para tratar do assunto já me pareceu uma boa solução, pois o Congresso eleito com essa finalidade poderia tratar da principal reforma sem interesses imediatos.

Mas infelizmente esse instrumento, assim como as consultas populares, foi distorcido pelos governos de tendências ditatoriais da região, e acabou virando uma arma para os que querem usar métodos democráticos para anular a democracia.

A candidata do PT Dilma Rousseff passou a defender a tese da Constituinte exclusiva por orientação do PT, o que pode significar a tentativa de uma escalada autoritária de um eventual governo petista.

Sendo assim, uma ação popular que deságüe no Congresso à base de milhões de apoios, assim como aconteceu no caso da Ficha-Limpa, pode dar início a um debate sem fins ideológicos, com o objetivo apenas de finalmente fazermos uma reforma política que nos dê partidos reformulados e reforçados em sua estrutura.

Chegamos a tal ponto de distorção em nosso quadro partidário e no nosso sistema político que o mais importante neste momento é fortalecer os partidos, mas dentro de uma reforma que democratize suas estruturas e suas decisões.

Certa vez escrevi aqui na coluna que “já não importa mais saber se o melhor sistema é o distrital ou o proporcional, se o voto em lista pode melhorar a representação partidária, ou se colocará os partidos mais ainda nas mãos dos dirigentes e longe do eleitor”.

“Se não for feita uma limpeza no próprio sistema partidário, com uma reorganização que permita a formação de novas correntes políticas dentro de novos partidos, não será possível aprovar uma reforma política que faça a democracia brasileira avançar”.

O projeto da Ficha-Limpa é um primeiro passo para depurar a vida partidária, mesmo que neste primeiro momento algum peixe grande escape da rede.

Mas ela será cada vez mais abrangente, à medida que a Justiça Eleitoral for regulamentando sua aplicação. Caberá ao próximo presidente da República dar partida a essa renovação de ares, com o novo Congresso mais depurado pelas urnas e pela nova legislação.

Por isso, a iniciativa de discutir uma reforma do sistema eleitoral deveria ser precedida dessa reorganização partidária.

É uma distorção de nosso quadro partidário, por exemplo, o fato muito enaltecido pelo presidente Lula de que todos os candidatos à sua sucessão são considerados “de esquerda”.

Não existe nenhum país que tenha um sistema partidário democrático que não tenha um partido liberal, de direita, que represente essa parcela do eleitorado.

* Comentarista político e articulista

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Nota à sociedade paraense

A Comissão Executiva Regional do Partido Social Liberal (PSL) no Pará informa que, em reunião realizada no dia 5 de junho, decidiu não concorrer às eleições deste ano no Pará, retirando a candidatura de Luiz Carlos Tremonte ao Governo do Estado e não concorrendo também aos cargos de senador, deputado federal e estadual.

A decisão foi tomada após uma análise criteriosa do cenário político no Pará, onde são gastas quantias vultuosas nas eleições e muitos partidos preferem se comportar como legendas de aluguel a participar de um projeto político sério e inovador.

O PSL considerou também a falta de estrutura do partido para concorrer com uma chapa majoritária. Falta de estrutura provocada pelo descaso da antiga comissão provisória do partido no Estado, que, mesmo após ter sido destituída pela executiva nacional, continuou com toda a documentação do partido, não repassando a mesma em momento algum à nova direção. Este boicote voluntário impediu, por exemplo, que o PSL conseguisse lançar candidatos a deputados federais e estaduais e senadores.

A reunião na qual foi decidida a retirada da candidatura majoritária do PSL teve a participação de Luiz Carlos Tremonte, que concordou com a retirada, ponderando que, na reta final de sua pré-campanha, também encontrou dificuldade de apoio em alguns segmentos do setor produtivo que vinham incentivando sua candidatura.

Tremonte decidiu não apoiar nenhum dos candidatos a governador, nem qualquer candidato ao senado ou a deputado federal e estadual, mantendo-se neutro nesta campanha, mesmo direcionamento adotado pelo PSL.

O PSL não jogou a toalha, muito pelo contrário, somos feitos para desafios e neste momento nos tornamos gigantes, vamos reestruturar o partido, criar comissões provisórias em todos os municípios do Pará, com pessoas sérias e capacitadas, e estaremos muito mais preparados para as próximas eleições.

Atenciosamente:
Assessoria de Imprensa PSL

Final da Copa do Mundo 2010

Após a conclusão das partidas das semifinais, a Fifa faz uma parada de dois dias e retorna no próximo sábado (10), com os jogos de terceiro lugar e final da Copa do Mundo.

Sábado (10) - Terceiro lugar
Às 15h30, em Port Elizabeth: Uruguai x Alemanha

Domingo (11) - Final
Às 15h30, em Johanesburgo: Holanda x Espanha

Empresário procurado pela polícia


quarta-feira, 7 de julho de 2010

Semma quer fim de poluição sonora no ginásio poliesportivo

Baseado em abaixo-assinado recebido de moradores dos bairros Beira Rio I e II, reclamando de excessos de som e ruídos em shows musicais realizados por terceiros no ginásio poliesportivo, o secretário municipal de Meio Ambiente, Domires Alves Reis, encaminhou memorando (nº 528/2010) ao Gabinete do Prefeito solicitando que seja revista “a liberação para eventos e festas com a utilização de equipamentos sonoros nos espaços públicos do município, especificamente o ginásio poliesportivo”.

Na justificativa do titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), “a poluição sonora ofende o meio ambiente e, consequentemente, afeta o interesse difuso e coletivo, na medida em que os níveis excessivos de sons e ruídos causam deterioração na qualidade vida, na relação entre as pessoas, sobretudo, quando acima dos limites suportáveis pelo ouvido humano ou prejudicais ao repouso noturno e ao sossego público”.

No início do memorando, o secretário lembra que a Lei Orgânica do Município, mais precisamente o artigo 126, determina que “o município deve organizar a sua administração, exercer suas atividades e promover sua política de desenvolvimento urbano, dentro de um processo de planejamento permanente, visando o bem-estar da população e a melhoria da prestação dos serviços públicos municipais, atendendo a peculiaridades locais e aos princípios técnicos convenientes ao desenvolvimento integrado da comunidade”.

Ao solicitar o apoio do Gabinete, Domires Reis cita ainda que os serviços ambientais prestados pela Semma dependem também de planejamento de outras secretarias e coordenadorias.
O secretário alerta que a poluição sonora tem afetado de forma significativa a maior parte da população, causando distúrbios no sono, problemas auditivos e estresse, comprometendo seriamente a saúde e o desenvolvimento sadio do indivíduo.

Este tipo de poluição, observa o secretário, proveniente em sua maioria de bares, lojas de conveniência, casas noturnas, sons automotivos, serralherias, lava-jatos e outros, está sendo fiscalizado continuamente em resposta às inúmeras denúncias feitas pela comunidade.

Expoama encerra no domingo

Marabá - Iniciada no último sábado (3), com a tradicional cavalgada, encerra no próximo domingo (11) a XXIV Exposição Agropecuária de Marabá (Expoama), numa promoção do Sindicato de Produtores Rurais de Marabá (Prorural).

O evento conta com 25 expositores de bovinos (480 cabeças de gado), 8 expositores de ovinos e caprinos (400 cabeças), 165 expositores dos segmentos de comércio, indústria e serviços e 8 leilões de 4.500 animais.

A expectativa de geração de volume de negócios é em torno de R$ 28 milhões. A grande novidade deste ano é o auditório, com capacidade para 60 pessoas, construído no estande do Sebrae, destinado à realização de palestras, seminários e oficinas.

A grande finalidade é atrair novos e atuais parceiros, para juntos discutirem a chegada de grandes projetos e grandes investimentos, públicos e privados em Marabá e região, com pouca participação dos fornecedores paraenses nestes empreendimentos.

Shows musicais
Dia 7 (quarta-feira), às 23 horas: artistas regionais (entrada franca)
Dia 8 (quinta-feira), às 24 horas: dupla Fernando & Sorocaba
Dia 9 (sexta-feira), às 24 horas: gospel (entrada franca)
Dia 10 (sábado), às 24 horas: Leonardo
Dia 11 (domingo), às 24 horas: dupla Matheus & Cristiano

terça-feira, 6 de julho de 2010

Foragida procurada pela polícia

Internet: propaganda eleitoral na rede tem regras próprias

Brasília - A legislação permite a propaganda eleitoral na internet a partir desta terça-feora (6), sendo vedada a censura prévia, o anonimato e a veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral paga na rede.

A propaganda poderá ser feita em sítio do candidato, do partido ou coligação, com endereços eletrônicos informados à Justiça Eleitoral e hospedados, direta ou indiretamente, em provedor do serviço estabelecido no país.

Além disso, a propaganda eleitoral pela internet poderá ser feita por e-mails transmitidos para endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação. A propaganda poderá ser feita também através de blogs, redes sociais, sítios de mensagens instantâneas e assemelhados, cujo conteúdo seja gerado ou editado por candidatos, partidos ou coligações ou de iniciativa de qualquer cidadão.

No entanto, as mensagens eletrônicas remetidas pelo candidato, partido ou coligação, por qualquer meio, deverão conter mecanismo que permita que o destinatário solicite seu descadastramento. A partir da chegada desse pedido, o responsável pelo envio da mensagem tem prazo de 48 horas para retirar o nome de sua listagem. As mensagens eletrônicas enviadas ao destinário que pediu sua saída do cadastro, após o fim desse prazo de 48 horas, sujeitam os responsáveis à multa de R$ 100,00 por mensagem transmitida.

A Resolução 23.191 do TSE, que trata da propaganda eleitoral e das condutas vedadas na campanha de 2010, proíbe, ainda que de forma gratuita, a propaganda eleitoral em sítios de empresas, com ou sem fins lucrativos, e em sítios oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública direta ou indireta da União, estados, Distrito Federal ou municípios.

A violação dessa regra sujeita o responsável pela propaganda irregular e seu beneficiário, quando for comprovado seu prévio conhecimento do fato, a uma multa que varia de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

A legislação eleitoral assegura o direito de resposta, inclusive por outros canais de comunicação como e-mail, a quem se sentir ofendido por alguma manifestação veiculada pela internet durante a campanha. A lei proíbe ainda a determinadas entidades a cessão de cadastro eletrônico de seus clientes para candidatos, partidos ou coligações; e a venda de cadastro de e-mails.

O provedor de conteúdo e de serviços multimídia, que hospeda propaganda eleitoral de candidato, de partido ou coligação, é passível das sanções previstas na Resolução 23.191 do TSE se não interromper a divulgação da propaganda irregular no prazo fixado pela Justiça Eleitoral, contado a partir da notificação da decisão sobre a existência da respectiva propaganda. No entanto, esse provedor só será considerado responsável pela propaganda ilegal se for provado seu prévio conhecimento sobre a publicação do material.

A resolução do TSE autoriza, por sua vez, a reprodução virtual de páginas de jornal impresso na internet, desde que ocorra no sítio do próprio jornal, independentemente do seu conteúdo, devendo ser respeitado integralmente o formato gráfico e o conteúdo editorial da versão impressa, atendidas determinadas condições.

Outro ponto importante é o que pune com multa que varia de R$ 5 mil a R$ 30 mil, sem prejuízo de outras sanções, quem realiza propaganda eleitoral pela internet, atribuindo indevidamente sua autoria a terceiro, inclusive a candidato, partido ou coligação.

Além disso, candidato, partido, coligação ou o Ministério Público poderão requerer à Justiça Eleitoral a suspensão por 24 horas do acesso a todo o conteúdo informativo de sítios da internet, quando estes deixarem de cumprir as regras contidas na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97).

Durante o tempo de suspensão, o sítio da internet deverá informar que se encontra temporariamente inoperante por desobediência à lei eleitoral. Se a conduta irregular for reiterada, o período de suspensão será duplicado. (Fonte: TSE)