domingo, 29 de junho de 2008

Afonso Andrade é vice de Darci Lermen

Fotos: Waldyr Silva

Afonso Andrade e Darci Lermen


Público lotou as dependências do ginásio


Darci Lermen fala para militantes


Presidentes dos partidos que formam a coligação

Depois de muitas negociações e especulações, finalmente foi revelado, no final da convenção do Partido dos Trabalhadores (PT), neste domingo (29), o nome do vice que concorrerá à Prefeitura de Parauapebas na chapa encabeçado por Darci José Lermen (PT): o médico e ex-vereador Afonso Araújo Andrade (PP).

A convenção do PT, realizada no ginásio poliesportivo do bairro Beira Rio, reuniu cerca de 3 mil pessoas, entre populares, militantes e pré-candidatos.

Durante os debates, os presidentes dos partidos que compõem a coligação com o PT apresentaram seus pré-canditados a vereador e prometeram trabalhar juntos para reeleger o prefeito Darci Lermen.

Por sua vez, Lermen agradeceu a presença de todos os partidos que formam a coligação, às pessoas que se encontravam no ginásio e pediu que todos se unissem em mais esta luta para a campanha política.

Na Câmara Municipal, ocorreu a convenção dos partidos liderados pelo PMDB, que tem como pré-candidata a prefeita de Parauapebas a deputada federal e ex-prefeita Bel Mesquita, com grande participação popular. O candidato a vice de Bel é o atual vice de Darci Lermen, pastor Moisés Gomes de Freitas.

Remo é bicampeão do Parazão 2008

Em partida marcada por muitos passes errados, o Remo vence o Águia de Marabá por 2 a 1 e sagra-se bicampeão do Campeonato Paraense. O jogo aconteceu na tarde deste domingo (29), no Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), em Belém.

A partida começou com os dois times aparentemente nervosos, jogando predominantemente pelo meio de campo e com poucos lances de ataque, até que aos 25 minutos do 1º tempo o atacante Léo Guerreiro recebeu um passe de Marcelo Maciel e balançou a rede do goleiro André Luis. Após o gol, a equipe de Marabá se desequilibrou e o Remo dominou todo o 1º tempo.

Já no 2º tempo, o jogo não mudou muito. Comandado novamente pelos jogadores Lenílson e Ratinho, o Leão chegava com facilidade ao gol do Águia e conseguiu ampliar logo aos 10 minutos. Ratinho, em cobrança de pênalti sofrido por Léo Guerreiro, fez o segundo para a alegria da torcida azulina.

O Águia conseguiu esboçar melhora e criou alguns lances de perigo. Aos 45 minutos, Marclécio cobrou falta e diminuiu, mas ficou nisso.

Com o resultado, o Leão é bicampeão do Parazão e iguala o número de títulos do maior rival, Paysandu.

Espaço da Poesia20

O pêndulo

Autor: Paulo Nunes

Já faz tempo, amada,
que navegamos aos becos do sol.

Neles não hasteamos velas
não se mostravam bússolas e nem existíamos:
havíamos.

O sonho dos arcanjos
O beijo dos namorados viam
Teceu nos labirintos do sol.

Mas o que fazer se o céu é infeliz?
O que dizer das linhas -
Vias –
Que se plantam às mãos?

O meu
o teu
luar viam vícios de violinos.

Amar é verbo.
Gerúndio passivo
de infinitivos atos.

Por isso, amada,
acasalamos nossas bocas
nos labirintos do sol.

Convenções em Canaã dos Carajás

Os partidos políticos de Canaã dos Carajás já definiram a maioria das composições dos nomes de candidatos a prefeito e a vice que vão concorrer às eleições deste ano.
No PSDB, o empresário Valdemar (da Pavinorte) Pereira Dias concorre como prefeito e tem o médico Celso Vale (DEM) como candidato a vice.
No PPS, Jeová Andrade concorre como cabeça de chapa e o vereador Zito Augusto (PT) como candidato a vice-prefeito.
já no PDT, o ex-prefeito Anuar Alves sai como candidato à reeleição e o médico Itamar Francisco (PTB) como vice.
No PSC, Toninho da Droganorte se candidata a prefeito e o ex-secretário de Meio Ambiente Júlio Oliveira (Psol) como candidato a vice-prefeito.
Até agora há pouco, o atual prefeito Ribita Nascimento (PMDB) ainda não tinha definido o nome de seu candidato a vice-prefeito.

____________________________
Atualizado às 20h05

O PMDB de Ribita Nascimento escolheu como vice da chapa a empresária Telma Andrade, também do PMDB.

____________________________

Atualizado às 8h34, de 02/07

Na composição de chapa do candidato Jeová Andrade (PPS), sai Zito Augusto (PT) e entra Hélio Ferreira (PT) como candidato a vice-prefeito.

Já na chapa encabeçada por Toninho da Droganorte (PSC), Júlio Oliveira (Psol) é substituído por Fabiano Guirelli (Psol) como vice.

sábado, 28 de junho de 2008

Coronel Curió saiu do armário? (parte 6)

Luiz Carlos Antero

Por causa dessa armação, o presidente do Sindicato, Benigno Moreira, ameaçara invadir Serra Pelada com 30 mil garimpeiros, recuando apenas diante do compromisso do governo federal de buscar uma solução. Elízio Barbosa já circulava então por Serra Pelada com três seguranças.

Muito mais que numa mera coincidência, a história do garimpo de Serra Pelada começava em 1976, no ano seguinte à proclamação oficial do fim da Guerrilha do Araguaia, quando um geólogo do DNPM encontrou amostras de ouro no sul do Pará (jornalista Ricardo Kotscho em ''Serra Pelada, uma ferida aberta na selva'').

O sigilo foi quebrado em 1977, quando a CVRD, que tinha direitos sobre a jazida, anunciou a descoberta de ouro. Em 1979, o ministro de Minas e Energia da ditadura, Shigeaki Ueki, confirmou oficialmente a existência do ouro na Serra de Carajás.

Em 1980, levas de migrantes se deslocaram para o Pará e invadiram o garimpo – pertencente a uma subsidiária da Vale, a Docegeo. Em 21 de maio desse ano, o governo federal promoveu uma intervenção na área, já ocupada por 30 mil garimpeiros, evidentemente comandada pelo então major Curió, o protagonista das intervenções consideradas "estratégicas" pelo regime militar.

Em 1981, após o esgotamento dos depósitos de ouro na superfície, a CVRD tentou reaver a posse da área, mas os interesses eleitorais da ditadura (sobre aqueles 80 mil garimpeiros) prorrogaram a exploração.

O garimpo foi reaberto em 1982, Curió foi eleito deputado federal e apresentou um projeto de lei que permitia mais cinco anos de atividade.

Rastro de sangue
A violência prosseguiu, vitimando os que buscavam o ouro. Em 1987, os garimpeiros interditaram a ponte rodo-ferroviária sobre o rio Tocantins, exigindo que o governo rebaixasse a cava do garimpo. A PM do Pará – a mesma do massacre de 19 camponeses em Eldorado do Carajás (na mesma região de Curionópolis e Parauapebas) – desimpediu a ponte deixando, de acordo com a fonte oficial, três garimpeiros mortos, e, de acordo com os garimpeiros, mais de 60 feridos.

Em março de 1992, o governo brasileiro não renovou a autorização de lavra e o garimpo voltou a ser concessão da CVRD. Em 1996, os garimpeiros invadiram a mina, mas uma operação do Exército e da Polícia Federal, já no rumo da privatização da CVRD, pôs fim à obstrução de 171 dias nos acessos a Serra Pelada – fato que, em novas circunstâncias, se renova hoje na Estrada de Ferro Carajás pela ação dos integrantes do Movimento dos Trabalhadores e Garimpeiros na Mineração (MTM).

Do início dos anos '80 aos dias atuais, Curió manipulou desde as origens um formigueiro humano que lembrava uma cena egípcia na construção das obras faraônicas. E ainda domina uma terra desolada pelas humilhações e assassinatos que tem como símbolo uma árvore amazônica que, por decreto municipal, nomeou "Pau da Mentira". E, por decreto, está presente com uma estátua em uniforme camuflado do Exército (do tempo da Guerrilha) na sede da cooperativa dos garimpeiros. Entretanto, nenhum decreto apagou seus crimes e a miséria contagiante que restou em torno da sua imagem – herança viva da ditadura e de seus sucedâneos no poder. (Continua)

Bill Gates


O pobre deputado federal

CRÔNICA DO PC

Conheço um deputado federal, e vou chamá-lo de J.F.P.L, natural de um estado nordestino, pertencente a uma oligarquia, cuja família é ramificada em cidade do interior, detendo o poder municipal há mais de 60 anos.

O deputado, que foi reeleito nas últimas eleições pela sétima vez seguida, completa 28 anos de mandato. Ficou conhecido nas regiões onde é votado como um parlamentar presente, dando assistência ao povo, pois todo o fim de semana deixa Brasília e vem contatar com os amigos, conversando com um e com outro em audiências marcadas pelo seu secretário particular, quando procura se inteirar de tudo, até mesmo brigas de casais, e fuxico de vizinhos.

Nenhum correligionário fica sem uma palavra de apoio do deputado, que ainda encontra tempo para participar de festas na cidade e interior, sejam de batizados, casamentos, ou arrasta-pés, às vezes em salões poeirentos de terra batida.

Ninguém neste mundo fala mal do deputado, pela humildade do que lhe é peculiar, e fama de ser um pobretão, daqueles de sempre andar “duro” e de ter poucos bens.

Mesmo assim, viu-se envolvido no escândalo da CPI do Orçamento, 1993/1994, citado como um dos integrantes da quadrilha do esquema de manipulação de verbas públicas, que eram desviadas para empreiteiras e parlamentares. Seu nome foi parar nas manchetes dos jornais, acusado de enriquecimento ilícito. Não adiantou bradar que era inocente, terminou sendo investigado.

Sua vida transformou-se em livro aberto, esmiuçada desde o início de sua atividade política. Mexeram e remexeram, quebraram o sigilo bancário do deputado, e em quatro bancos encontraram apenas 12.345 reais de saldo e mais uma poupança no valor de 14.378 reais, aberta há mais de dez anos. Nenhuma entrada e nem saída de dinheiro ou cheques de valores vultosos. Nos cartórios de imóveis, o deputado não possuía bens registrados, apenas um terreno e uma casa na sua cidade de origem, tudo declarado no IR.

Resumindo: o parlamentar era um pobretão, vivendo unicamente dos salários que recebia no Congresso Nacional. A CPI constatou ainda que seu relacionamento com laranjas só existia com um pé da referida árvore, plantada no quintal de sua casa, que ele mesmo colhia frutos para chupar após o almoço.

Um jornal da capital do estado escreveu reportagem sobre o deputado J.F.P.L logo após a CPI o ter inocentado de todas as acusações existentes contra ele. O matutino inicia a matéria com o seguinte título:

Parlamentar é inocentado
Nada ficou provado contra o deputado federal J.F.P.L na CPI do Orçamento. Descobriram apenas ser o parlamentar investigado, “ilicitamente” pobre, e isso não é crime, é mistério.

Pedro Cláudio de Moura Reis (PC)
E-mail: pcmourareis@yahoo.com.br

Massud pode ser vice de Darci e Pastor Moisés vice de Bel

Acertos no final da tarde deste sábado (28) davam conta que o vereador Antonio Massud Sales (PTB) seria candidado a vice-prefeito de Darci Lermen (PT). Se a informação se confirmar, o empresário Valmir Mariano de Queiroz (PTB) retira sua candidatura a prefeito de Parauapebas.

Outro acordo fechado no início da noite foi a confirmação de que o atual vice-prefeito de Darci Lermen, pastor Moisés Gomes de Freitas (PSC), será candidato a vice na chapa de Bel Mesquita (PMDB).

Esses acordos só vão mesmo ser oficialmente selados neste domingo (29), quando PT e PMDB realizam suas convenções partidárias para escolha dos candidatos a prefeito, vice e vereadores.

sexta-feira, 27 de junho de 2008

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Comentário de Leônidas Filho

Caro Waldyr:

Meu nome é Leônidas Mendes de Araújo Filho. Posto-lhe esta mensagem apenas com o intuito de defender meu irmão, com muita alegria e muito orgulho, Lindolfo Gilerito de Carvalho Mendes, citado numa suposta proposta apresentada pelo vereador e pré-candidato a prefeito de Parauapebas pelo Partido dos Trabalhadores, Wanterlor Bandeira.

Nossa família sente-se orgulhosa de ser e sempre ter militado politicamente neste partido; sentimos também orgulhosos de termos em nossa mãe, Maria Leni de Carvalho Mendes, um dos nomes inscritos nas instâncias do partido como pré-candidata a vereadora; sentimos orgulhoso de nossa amizade, sincera, profunda e que já ultrapassou a uma década e meia com Wanterlor Bandeira e pelo fato de ele sempre nos ter ouvido e buscado em nós conselhos para suas decisões políticas.

Agora, por exemplo, durante todas estas articulações posso dizer que fomos sim ouvidos. Mas posso também dizer a todos e a toda população de Parauapebas que não o fizemos em busca de quaisquer cargos e/ou benefícios.

Por conta do trabalho de várias gerações de nossa família, a maioria de nós estudou e formou-se, não o fizeram os que não quiseram.

Nosso pai, caminhoneiro, morreu assassinado enquanto trabalhava para que pudéssemos estudar. Meu irmão é hoje funcionário concursado do governo do Distrito Federal, pois nossa capacidade e nosso orgulho não nos permitiriam bajular a ninguém.

Posso assegurar que nos honra ser lembrados. Orgulha-nos que possam ter se lembrado do nome de Lindolfo neste momento. Mas posso também assegurar que se Wanterlor fez a tal proposta, o que duvido, o fez porque reconhece em Lindolfo a capacidade, e só por isso, inclusive de contribuir com melhores dias para nossa cidade; mas o fez sem consultar-lhe.

Eu, pessoalmente, estive ao longo desse dias várias vezes com Wanterlor, e sei que ele não consultou Lindolfo para apresentar-lhe como nome para qualquer cargo. Se o fez, foi porque acredita em sua capacidade.

Gostaria ainda de lembrar a todos, em nome do meu irmão, que com todas as diferenças que temos com o atual prefeito Darci Lermen, estas são única e exclusivamente políticas, pois sua pessoa é respeitada e querida em nossa casa e por nossa família, e também nos sentimos seus amigos pessoais e temos certeza que ele reconhece isto.

Sem mais, para o momento.

P.S.: Embora tenhamos opiniões próprias e críticas sobre vários pontos da atual administração, como militantes do PT, estamos e estaremos dispostos a ajudar o partido, qualquer que seja seu candidato, a ganhar as eleições; mas é preciso que a administração dê rumos petistas à administração de Parauapebas.

Mais uma vez, obrigado.

Leônidas Mendes de Araújo Filho

Insegurança


quarta-feira, 25 de junho de 2008

PR no rádio e na TV

O Partido da República (PR) entra no ar nesta quinta-feira (26), no período das 20 às 20h10 e das 20h30 às 20h40, respectivamente em rede nacional de rádio e de TV, com inserções do partido, conforme autorização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Wanterlor propõe negociação com Darci

Continua o impasse entre o vereador Wanterlor Bandeira e o prefeito Darci Lermen dentro do PT de Parauapebas.

O parlamentar garante que foi vitorioso nas prévias do partido e que o prefeito não tem mais condições para concorrer na convenção do próximo domingo (29), enquanto que o prefeito sustenta que o candidato a prefeito só será conhecido oficialmente na convenção.

Na tentativa de acabar com a disputa interna e deixar o prefeito concorrer sozinho na convenção, nesta terça-feira (24) Wanterlor Bandeira apresentou a Darci Lermen uma proposta de remanejamento de cargos na atual administração.

Na proposta de Wanterlor, Darci concorreria a eleição como cabeça de chapa (prefeito) e o vereador como vice de Darci. De imediato, Antonio Neto seria trocado na chefia de Gabinete por Lindolfo. Na Secretaria de Educação (Semed), Raimundo Neto deixaria o cargo para assumir a Procuradoria Geral do Município, no lugar de Hernandes Margalho, que seria exonerado. A Semed ficaria para ser negociada posteriormente.

Na Secretaria de Assistência Social (Semas), José Coutinho seria demitido e substituído por Índio Teixeira. Na Secretaria de Produção Rural (Sempror), Carmelita Félix seria exonerada e cedia a vaga para Milton Schneider. Nesta situação, a Secretaria de Fazenda (Sefaz), hoje ocupada por Milton Schneider, seria extinta e transformada em departamento subordinado ao gabinete do prefeito.

A Assessoria de Comunicação (Ascom) permanecia na coordenação de Alexandre Magno. Por outro lado, na Secretaria de Obras (Semob) João Fontana seria exonerado e a vaga cedida a Parazinho do MST; enquanto que a Secretaria da Mulher (Semmu), hoje comandada por Lia Miranda, seria administrada por Tarcilena Estumano.

Com relação a partidos, Wanterlor sugere que o PDT continue no comando da Secretaria de Saúde (Semsa), mas com Josenilson Gomes; o PSC mantendo os atuais espaços; o PCdoB ficaria com a Coordenadoria de Esporte; e o PPS entraria em negociação.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

A Secretária do Diretório do Partido dos Trabalhadores deste município, Srª. Marleide Freire de Oliveira, com fundamento nas normas partidárias em vigor e na Resolução nº 22.177, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), convoca os Srs. CONVENCIONAIS, conforme previsto no Estatuto, a comparecerem à CONVENÇÃO MUNICIPAL, a ser realizada no próximo dia 29/06/2008, a partir das 8 horas, tendo como local o Ginásio Poliesportivo do município, localizado na rua Rio Grande s/nº, Lote Especial, bairro Beira Rio, tendo como pauta:

01 - Definição sobre a formalização ou não de coligação, para a eleição majoritária e proporcional deste ano no município;

02 - Escolha dos candidatos majoritários e proporcionais, bem como a realização dos procedimentos necessários para escolha dos números desses últimos;

03 - O que ocorrer.

Parauapebas (PA), 19 de junho de 2008

terça-feira, 24 de junho de 2008

Ana Júlia inaugura obras nesta quinta-feira em Parauapebas

Acompanhada de vários secretários estaduais e assessores, a governadora Ana Júlia Carepa inaugura e visita nesta quinta-feira (26) várias obras em Parauapebas.

9 horas – Saída em caminhada de frente da portaria da Vale até a Casa do Trabalhador, que será inaugurada, na rua 11, Qd. Especial, bairro Cidade Nova, anexo à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

10 horas – Inauguração do prédio da sede administrativa da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado (Emater), parceria do Governo do Estado e município, na rua D nº 590, bairro Cidade Nova.

10h30 – Visita às obras do novo Hospital Municipal de Parauapebas e depois da Prefeitura Municipal.

11h30 – Inauguração da duplicação de trecho da rodovia PA-275, na entrada da cidade.

Coligações políticas em Parauapebas

Do blog de William Bayerl

Já em contagem regressiva para o prazo final de realizações das convenções, a situação se encontra mais ou menos assim:

BEL MESQUITA – Além do PMDB, conta também com PSC (Pastor Fenelon), PRTB (Devanir Martins), PTC (Marcel Nogueira) e PMN (Eli Areias).

DARCI LERMEN – Tem nem o PT, mas por outro lado consegue manter firmes e fortes ao seu lado: PCdoB (ciscou muito fora, mas acabou voltando para onde nunca deveria ter ensaiado uma saída), PSB (Dr. Melke, que queria sair, mas dizem que a ordem veio de cima), PSDC (João Fontana) e PP (Roque da DM).

VALMIR DA INTEGRAL – Conseguiu fechar questão dentro do PTB, que agora está unido. E já está praticamente fechado com DEM (Gesmar Costa), PRP (Beno), PRB (Irmãos Veras), PHS (Augusto Batata), PSL (Jover) e PR (Cláudio Almeida).

Nanicos com candidaturas próprias – PTdoB (Alessandro Spinelli), PSOL (Marden) e PTN (Rui). Ainda indefinido: PSDB (Faisal Salmen).

Governistas flertando com outras forças – PDT (JB), PPS (Cláudio Feitosa) e PV (Raimundo Cabeludo). Não tenho nem idéia se ainda existe por aqui PAN.

Cerca de 3 mil escolas contam com internet banda larga no Brasil

Lançado há pouco mais de dois meses, o programa Banda Larga nas Escolas superou a meta de instalação em 20%. Neste primeiro semestre, a expectativa era levar a conexão rápida à internet a 2 mil escolas do país até 30 de maio. No período, 2.380 instituições de ensino já foram atendidas e beneficiados mais de 2,2 milhões de estudantes.

Até o fim do ano, outras 20 mil escolas vão receber o serviço. O programa faz parte da política de informatização das escolas brasileiras, que reúne iniciativas como a de instalar computadores nas escolas, a capacitação de professores e o oferecimento de conteúdos educacionais.

Este ano, pelo cronograma, serão atendidas 40% das escolas previstas. Em 2009, outras 40% e, em 2010, as 20% restantes. Entre essas iniciativas, estão o Portal do Professor e o Banco Internacional de Objetos Educacionais, novos instrumentos que vão auxiliar os professores na oferta de conteúdos curriculares multimídia.

Militantes do PT apóiam pré-candidatura de Darci Lermen

Fotos: Waldyr Silva

Militantes dizem sim à pré-candidatura de Darci


Alguns pré-candidatos a vereador


Darci pede apoio aos petistas

Duzentos e trinta e dois (232) militantes do PT se manifestaram favorável à candidatura de reeleição do prefeito Darci José Lermen, durante reunião no último domingo (22) no Clube Tiradentes.

O encontro contou, além dos militantes do PT, com as presenças do prefeito Darci Lermen, do vereador Euzébio Rodrigues, do presidente do partido, Milton Zimmer Schneider, que também é secretário municipal de Fazenda; procurador-geral do Município, advogado Hernandes Espinosa Margalho; pré-candidatos a vereadores e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores.

Mais de 10 pré-candidatos a vereador foram apresentados aos presentes, momento em que cada um deles declarou por que pretendia se candidatar, fazendo um resumo de suas ações de atuação.

Antes que fosse dada oportunidade para os militantes se manifestarem a favor ou contra a recondução de Darci Lermen à chefia do Poder Executivo municipal, o prefeito declarou que a militância era livre para opinar sobre a continuação ou não do atual gestor municipal no cargo.

Na hora da “votação”, os 232 filiados em dia com suas obrigações estatutárias levantaram as mãos e referendaram apoio para que o atual prefeito se candidate para um segundo mandato.

O apoio dado domingo à pré-candidatura de Darci Lermen foi simbólico, mesmo porque a escolha pelo candidato do PT a prefeito só será mesmo oficialmente decidida no próximo domingo (29), no ginásio poliesportivo, quando ocorrerá a convenção.

O vereador Wanterlor Bandeira, que não marcou presença no encontro no Clube Tiradentes, sustenta que disputará a vaga de prefeito do PT com o companheiro de partido Darci Lermen.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Radialista de Canaã dos Carajás cobre jogo do Brasil pelas eliminatórias da Copa


Ronaldo Porto, Carlos Magno e Giuseppe Tomaso


Participação no Programa Globo Esportivo


Jogador argentino Lionel Messi
O último dia 18 de junho foi muito especial para os membros da imprensa e amantes do futebol das regiões sul e sudeste do Pará. O colega e radialista Carlos Magno, de Canaã dos Carajás, representou a região na cobertura do jogo entre Brasil e Argentina, válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, no Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Carlos Magno foi o único da região credenciado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para acompanhar de perto o maior clássico do futebol mundial.

Como representante do Pará, esteve ao lado de Ronaldo Porto e Giuseppe Tomaso, ambos da Rádio Clube do Pará. Na ocasião, teve a oportunidade de entrevistar dois dos maiores astros da seleção argentina e do futebol mundial: Juan Román Riquelme e Lionel Andrés Messi, além do jogador Anderson, da seleção brasileira.

Os momentos marcantes da cobertura foram registrados através de fotos com o famoso radialista José Carlos Araújo, da Rádio Globo; os jornalistas Milton Leite, do Sportv, Paulo Vinícius Coelho, da ESPN Brasil; e os comentaristas e ex-jogadores da seleção brasileira, Paulo Roberto Falcão (TV Globo) e Júnior (Sportv).

“Fiquei muito satisfeito e emocionado ao realizar essa cobertura, que para mim representou a realização de um antigo sonho, além da honra de representar todos os colegas da imprensa de todo o sul e sudeste do Pará”, declarou Carlos Magno.

In-Revista


Quinta edição da In-Revista, já nas bancas e assinantes, em Parauapebas e região.

No Rio


domingo, 22 de junho de 2008

Banpará lança concurso para nível superior

O Banco do Estado do Pará (Banpará) publicou na sexta-feira (20), no Diário Oficial do Estado, edital de inscrições do concurso público para preenchimento de vagas de nível superior.

Serão disponibilizadas dez vagas para técnico de informática, nas áreas de desenvolvimento de sistema e acompanhamento de projeto; duas para suporte, uma para banco de dados, oito vagas para contador e duas para engenheiro civil.

A remuneração é de R$ 1.630,18 para todas as funções. As provas serão no dia 24 de agosto e as inscrições podem ser feitas somente no site www.banpara.gpgconcursos.com.br, no período de 30 de junho a 13 de julho de 2008. (Fonte: Blog do Bacana)

Leão aplica 3 a 2 no Papão e conquista segundo turno do Parazão

O Remo venceu o Paysandu por 3 a 2, neste domingo (22), no Mangueirão, em Belém, e conquistou o título do segundo turno do Parazão 2008.

Agora, a equipe azulina vai enfrentar o Águia de Marabá no Mangueirão na próxima quinta-feira (26), às 20h30, e no domingo (29), às 16 horas, para decidir quem será o campeão paraense deste ano.

Os gols do Paysandu foram marcados por Samuel (aos 22 minutos do primeiro tempo) e Zé Augusto (34'2º), e do Remo por Lenilson (24'1º e 8'2º) e Léo Guerreiro (26'2º).

Coronel Curió saiu do armário? (parte 5)

Luiz Carlos Antero

Garimpo da morte
A execução coroou a disputa entre dois grupos rivais de garimpeiros pelo controle da cooperativa, um dos quais ligado a Curió. Aconteceu às vésperas das eleições para escolha da nova diretoria da Coomigasp, acirrada pela presença de uma chapa de oposição ligada ao Singasp, liderado até então pelo assassinado Antônio Clênio Cunha Lemos.

Muitos garimpeiros chegavam à região para votar contra a permanência do grupo de Curió à frente da Cooperativa. Curió agiu para barrar a entrada dos garimpeiros no local do enterro, armar trincheiras nas margens da estrada e queimar uma ponte para travar a passagem de veículos. Antes de ser assassinado, Lemos denunciara que, caso algo ocorresse contra ele, o culpado seria o prefeito Sebastião Curió.

No dia 19 de novembro de 2002, numa reunião da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados (CDH), Antonio Lemos apresentaria uma lista com 41,2 mil garimpeiros que pediam reintegração à cooperativa.

O então presidente da CDH, deputado federal Orlando Fantazzini, foi a Curionópolis acompanhado de agentes da Polícia Federal para elaborar um relatório sobre a situação e se encontrar com os garimpeiros e parlamentares da região.

No dia 20 de novembro de 2002, lideranças locais, representantes da OAB e da Igreja, se reuniram com o então governador do Pará, Almir Gabriel, e escolheram uma comissão que buscaria uma solução pacífica para o conflito.

Ouro para gringos
Em vão. Como afirmamos na 4ª edição da Revista do Araguaia, as evidências efetivamente apontam, de modo ainda mais consistente, para a razão fundamental de tanta violência que se abateu sobre a população araguaia nos anos da Guerrilha: a cobiça privada nacional e internacional sobre os minérios amazônicos.

Em julho de 2004, sob o título "Garimpeiros vendem parte de Serra Pelada para americanos", a Folha de S.Paulo (04/07/2004) noticiou que o DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) considerou ilegal um contrato celebrado entre a Coomigasp e uma mineradora norte-americana, que envolveria a exploração de uma jazida de 180 toneladas de ouro e investimento de US$ 240 milhões.

O DNPM, autarquia subordinada ao Ministério das Minas e Energia, anunciou que o contrato não apresentava valor legal, pois a cooperativa não detinha ''nenhum direito'' sobre o aproveitamento de bens minerais em Serra Pelada. A Coomigasp afirmou que seriam exploradas mais de 20 toneladas de ouro ocultas em uma montanha de entulho — atividade também vetada pelo DNPM.

Efetivamente, a Coomigasp, liderada por Curió, assinou contrato com a empresa norte-americana de lapidação de pedras preciosas Phoenix Gems no dia 5 de junho de 2004. O ato ocorreu na vila de Serra Pelada (a 150 km de Marabá) entre o representante da empresa, Brent Smith, e Josimar Elízio Barbosa, então presidente da Coomigasp, e ficou sob os cuidados do gabinete do prefeito de Curionópolis, fundador da cooperativa.

A Phoenix se comprometeu a entregar US$ 40 milhões aos garimpeiros, a título de empréstimo, até 31 de julho, e a doar US$ 200 milhões assim que a cooperativa obtivesse do DNPM a concessão dos direitos minerais na área. Sem o documento, poderia explorar apenas os rejeitos abandonados pelos garimpeiros — na avaliação de Curió, cerca de seis toneladas de ouro.

"Ferida aberta na selva"
De acordo com a FSP, o negócio reativou a disputa pelo espólio do maior garimpo já descoberto no Brasil. O presidente da Coomigasp disse que somente os associados estariam representados no acordo, inspirado na fórmula de Curió, que distribuiu terras aos "bate-paus" que o ajudaram no combate à Guerrilha. Cada um receberia R$ 45 mil em dinheiro, mais uma casa no valor de R$ 16 mil numa nova vila a ser construída. (Continua)

Espaço da Poesia19

No lugar do medo

Autor: Max Martins

Todos os dias aqui tu te observas
E ainda está oculta (aqui) a tua semente.

Comum será a tua raiz
comum
ao olor da fêmea que atua no teu leito.

Sê criativo o dia todo
Te empenha o dia todo cauteloso
voa
mesmo hesitante sobre o teu malogro.

Quer sigas o fogo, quer sigas a água
sê só do fogo ou só da água
(pois que não há caminho
e a lei
é o inesperado).

Ainda oculta (aqui) a tua semente
está.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) comunica que fará realizar convenção municipal que acontecerá no dia 29 do mês de junho de 2008 (domingo), com início às 8 horas e encerramento às 17 horas, na Câmara Municipal, bairro Cidade Nova, com a finalidade de escolher e homologar os nomes dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores às eleições municipais e demais procedimentos.

Parauapebas, 19 de junho de 2008

Edneis Barbosa Lima
Presidente da Comissão Executiva Municipal do PMDB

Execução de oficial de Justiça ainda repercute em Goianésia do Pará



Ainda repercute na região o assassinato do oficial de Justiça da Comarca de Goianésia do Pará, Odair José Medeiros de Farias, 35 anos, popularmente conhecido por “Jackie Chan”.

O crime ocorreu no início da noite da última terça-feira (17), em frente à residência onde o servidor público morava, na rua Tiradentes, esquina com a rua Rio Verde, bairro Rio Verde, naquela cidade, quando o oficial retornava para casa.

“Jackie Chan” foi barbaramente emboscado e executado a tiros e pauladas por dois homens desconhecidos. A vítima tinha uma vida pacata e de muitas amizades no município. Além de servidor público, Odair José Medeiros era proprietário da rádio Jovem Pan FM.

Moradores próximos da residência da vítima afirmaram que o oficial de Justiça foi alvejado por apenas um dos quatros tiros disparados contra ele.

Testemunhas declararam ainda que “Jackie Chan”, ao ver que a arma do pistoleiro não tinha mais balas intactas, partiu para cima do pistoleiro, mas o segundo homem pegou uma ripa e deu fortes pauladas na cabeça da vítima. Consumado o crime, os matadores se evadiram do local para rumo ignorado.

O corpo de Odair José Medeiros de Farias foi inicialmente levado para o necrotério da cidade, depois para o IML de Marabá, para submeter-se a exame de necropsia, e só então enviado ao município de Capitão Poço, de onde Odair José é natural. (Fontes: Agmar Passos/Carajás o Jornal)

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Comunidade do Liberdade II recebe nova escola

A Prefeitura de Parauapebas inaugura nesta sexta-feira (20), às 17 horas, a escola Elisaldo Ribeiro de Farias.

Com a nova unidade escolar, o governo municipal tira professores e alunos das condições insalubres dos anexos da escola Jean Piaget, aos quais parte da comunidade escolar do bairro Liberdade esteve relegada.

Estrutura
A escola possui 2.700 m² de área construída e 12 salas de aula (com 49 m² cada). Dispõe de biblioteca, sala para alunos especiais, sala de computação, sala de artes, quatro banheiros (dois deles com sanitários adaptados a portadores de necessidades especiais), quadra de esportes, bloco administrativo, refeitório, guarita, depósito, almoxarifado e coreto.

O educandário vai beneficiar diretamente comunidades em que residem cerca de 20 mil pessoas (Liberdade I, Liberdade II, União, Rio Verde).

Inicialmente, cerca de 1.500 pessoas, entre alunos e funcionários, vão transitar pela escola, sendo que desse total aproximadamente 1.400 são estudantes do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª série) e da Educação de Jovens e Adultos (Eja).

Impressão 'digital'


Telecentro busca parcerias para desenvolver projetos sociais

Inaugurado pela Associação de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável de Parauapebas (Adlisp) em 3 de dezembro de 2007, o Telecentro vem oferecendo à comunidade cursos e serviços como Alfabetização digital e Informática e desenvolvimento de sites.

Esses serviços que garantem a sustentabilidade do projeto são acesso à internet, inscrição para concursos e vestibulares, elaboração e divulgação de currículos, Declaração de IRPF, homologação de termo de rescisão de contrato de trabalho, RAIS e outros.

Para desenvolver esses projetos, o Telecentro recebeu da Fundação Bradesco 11 computadores e uma impressora, que se encontram em pleno funcionamento na entidade.

Além do importante apoio recebido da Fundação Bradesco, da Prefeitura de Parauapebas e da Escola Infantil em Busca do Saber, a presidente do Conselho de Administração da Adlisp, Áldina Chaves Sousa, informa que o Telecentro busca novos parceiros para expandir os projetos à comunidade.

De acordo com Aldina Chaves, o Telecentro está implantando na internet o site do artesão, visando a divulgação e a comercialização do artesanato local. “Com isso, esperamos dar uma importante contribuição para o aumento da competitividade do artesanato local, pois o contato virtual com outros empreendedores tem provocado uma grande motivação para a busca pela qualidade dos produtos e por novos mercados”, revela.

Aldina Chaves explica que o Telecentro está se tornando um importante espaço de informações e negócios para pequenos comerciantes informais do bairro Liberdade, onde está instalado. Um espaço onde se faz pesquisas de preços, envia-se solicitações de pedidos de mercadorias e emite-se boletos para pagamento de produtos aos fornecedores em todo o país.

“Nossa missão é a promoção e a inclusão social das pessoas menos favorecidas, a partir da informática, com foco na construção e no exercício da cidadania, fazendo a união entre tecnologia, empreendedorismo, cidadania e desenvolvimento econômico, tanto do indivíduo quanto da comunidade”, frisa a presidente.

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Odílio da Hora quer também disputar convenção do PT

O histórico petista Odílio Rosa da Hora, um dos fundadores do partido em Parauapebas, anuncia que vai também disputar a vaga de candidato a prefeito do município na convenção do PT.

Até semana passada, o prefeito Darci José Lermen era o único nome certo do PT para concorrer na convenção. Mas o vereador Wanterlor Bandeira declarou na tribuna da Câmara Municipal e à imprensa local que estaria disposto a colocar seu nome na disputa.

Se for mesmo confirmado que Wanterlor Bandeira e Odílio da Hora vão colocar seus nomes à disposição dos convencionais, a disputa pode ser bastante ferrenha.

Juiz suspende repasse de recursos a 473 assentamentos na região

O juiz federal de Marabá, Carlos Henrique Borlido Haddad, mandou suspender liminarmente nesta quarta-feira (18) a liberação, pelo Incra, de recursos destinados a 473 assentamentos situados nas regiões sul e sudeste do Pará, onde vivem cerca de 76,5 mil famílias.

Na ação civil pública, o Ministério Público Federal suspeita da utilização irregular de recursos para atender a fins eleitoreiros e revela a precária fiscalização exercida pelo Incra sobre a aplicação dos recursos liberados para assentados. Segundo o MPF, quem fiscaliza a aplicação de recursos não são técnicos habilitados, mas o agente de portaria, Ciro Antonio Melo, e o auxiliar de enfermagem, Osvaldo da Silva Nunes, designados para a função pela Superintendência do Incra em Marabá.

Num dos trechos da decisão liminar que proferiu, Carlos Henrique Haddad constata a precariedade da fiscalização do Incra em Marabá. "O Incra não fiscaliza se o serviço foi prestado e como os recursos são aplicados; as decisões tomadas pelo presidente das associações. Ao que parece, o Incra não fiscaliza nada", observa o magistrado.

A suspensão dos créditos alcança tanto os recursos depositados em contas bancárias como aqueles que estejam ou não empenhados, ou seja, que já se encontram autorizados ou não pela Superintendência do Incra em Marabá. Se a liminar judicial for desobedecida, a Superintendência do Instituto sujeita-se ao pagamento de multa que o magistrado estipulou em valor equivalente a cada real que for liberado.

O MPF demonstra que em três meses 99 procedimentos, peças de informação, inquéritos, termos de declaração e processos foram analisados. Desse total, 72,72% diziam respeito a irregularidades na aplicação de recursos em projetos de assentamento.

Dinheiro

Em dez anos, de 1998 a 2008, houve a liberação de R$ 382.286.325,00 - valor não atualizado - destinados a créditos para instalação de assentamentos.

Segundo Haddad, "que o Incra adote medidas eficazes de controle da aplicação dos recursos, torne públicos dados vinculados a esses gastos, arregimente mais servidores para se desincumbir da fiscalização sobre a aplicação dos créditos, identifique adequadamente os beneficiários das verbas, adote mecanismos legais para evitar superfaturamento de preços, licite a contratação de fornecedores, outra solução não há", argumenta. (Fonte: Portal ORM)

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Desocupação de área invadida pode acontecer a qualquer hora

Black Candle

Tropa de Choque em treinamento
A juíza Eline Salgado Vieira, da 1ª Vara Cível da Comarca de Parauapebas, expediu na última terça-feira (17) liminar de reintegração de posse aos proprietários de uma área ocupada desde sexta-feira (13) por integrantes do Movimento de Luta pela Moradia (MLM), União da Juventude do Campo e da Cidade (UJCC) e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST).

A área ocupada possui cerca de 100 alqueires, fica às margens da rodovia PA-160, nas proximidades das Casas Populares II, em Parauapebas, e foi adquirida em abril deste ano de Buriti Imóveis e Gabriel Augusto Camargo pelas lojas Leolar, LMS e um terceiro de prenome Sidney. A propriedade estava sendo loteada pelos invasores para cerca de 10 mil sem-teto.

O cadastramento das pessoas interessadas em lotes para morar vinha sendo realizado na cidade há mais de dois meses. No momento do cadastro, a coordenação do movimento exigia o pagamento de R$ 20,00 (depois passou para 30 reais), xerox da carteira de identidade e do título de eleitor do interessado.

Na tarde do último domingo (15), a coordenação do movimento desapareceu do acampamento com todo o dinheiro arrecadado, deixando cerca de 4 mil pessoas no prejuízo.

No final da tarde desta quarta-feira (18), cerca de 60 homens do Comando de Missões Especiais, de Belém, se encontravam no quartel da PM fazendo treinamento. O comando aguarda para esta quinta-feira (19) a chegada de mais dois pelotões para reforçar a operação de desocupação da área.

A Justiça considerou a ocupação ilegal, e por isso determinou multa diária de R$ 10 mil para quem permanecer no local a partir desta quarta-feira, 18. (Caetano Silva)

PSDB no rádio e na TV

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) entra no ar nesta quinta-feira (19), no período das 20 às 20h10 e das 20h30 às 20h40, respectivamente em rede nacional de rádio e de TV, com inserções do partido, conforme autorização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No dia 26/06, será a vez do PR, último partido a veicular inserções no semestre.

terça-feira, 17 de junho de 2008

Vale abre inscrições para Estágio de Férias

De 15 de junho a 31 de julho, estarão abertas as inscrições para o Programa de Estágio de Férias da Vale. Serão oferecidas 42 vagas para estudantes de ensino superior, nas áreas de Engenharia e Geologia. Os estudantes devem estar no último ano do curso. As inscrições podem ser feitas no site www.vale.com.

O Programa de Estágio de Férias terá duração de um ano. Durante os meses de dezembro de 2008, janeiro e julho de 2009, meses de férias universitárias, os selecionados ficarão em unidades operacionais da Vale. Nos outros meses, deverão desenvolver seus projetos remotamente, com apoio de um orientador.

O número de meses de estágio remoto poderá variar em função da disponibilidade do estagiário e da flexibilidade de sua instituição de ensino.

Serão oferecidas vagas em três estados: Maranhão (Açailândia), Pará (Canaã dos Carajás, Parauapebas e Paragominas) e Minas Gerais (Itabira). Mas como o estágio acontece nas férias, podem se inscrever alunos de todo o Brasil. A lista completa das engenharias e a divisão das vagas por cidade estão disponíveis no site da mineradora.

Os selecionados iniciarão o estágio em dezembro de 2008 e receberão bolsa-auxílio mensal de R$ 840,00 durante o período presencial e de R$ 420,00 durante o estágio remoto. Além disso, durante o período presencial, contarão com alimentação no local, moradia, transporte, assistência médica e seguro de vida. A carga horária do estágio é de 8 horas durante o período presencial e 4 horas durante o período remoto. (Fonte: Assessoria da Vale)

Registros de candidaturas podem ser feitos até 5 de julho

Com o início das convenções partidárias, que poderão ser realizadas até o dia 30 de junho para a escolha dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador, os partidos políticos e coligações devem ficar atentos ao prazo de realização dos registros de candidatura.

Após as escolhas dos candidatos, os partidos e coligações deverão solicitar o registro de candidatura ao juiz eleitoral até as 19 horas do dia 5 de julho de 2008 (sábado), mediante a apresentação de dois formulários: o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP), com informações sobre os partidos e coligações, e o Requerimento de Registro de Candidatura (RRC), para cada candidato, conforme sistema CANDex disponível no site do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). Para os pedidos individuais de candidaturas, o prazo encerra no dia 7 de julho.

Os formulários DRAP deverão ser assinados, em caso de partido isolado, pelo presidente do diretório municipal ou delegado autorizado em documento autenticado – comprovado pelo responsável pela direção partidária. Já no caso de coligação, o pedido poderá ser solicitado pelos representantes da coligação (de indicação obrigatória), ou presidentes dos partidos políticos coligados, delegados da coligação, ou pelos membros dos órgãos executivos de direção. Já os RRCs, além de conter a assinatura do subscritor do pedido, deverão ser assinados também pelo candidato, autorizando o pedido do registro.

Após a solicitação dos registros de candidaturas, o cartório fará a autuação dos pedidos e a transferência dos dados do CANDex para o Sistema de Candidaturas (CAND). As declarações de bens dos candidatos, preenchidas no Sistema de Candidatura Externo (CANDEX), também devem ser enviadas ao CAND.

Todos os pedidos de registro serão publicados no Diário Oficial do Estado, nas capitais, e fixados nos cartórios eleitorais nos demais municípios. Após a publicação do edital com os nomes dos candidatos que solicitaram o registro, terá início o prazo de cinco dias para o pedido de impugnação.

Os pedidos de impugnação, de acordo com a Resolução TSE nº 22.717, poderão ser solicitados por qualquer candidato, partido ou coligação junto ao Ministério Público Eleitoral. Vale ressaltar que a partir do dia 5 de julho os prazos serão contínuos e não serão suspensos aos fins de semana e feriados.

Para participar das eleições municipais deste ano, os partidos e coligações devem ter realizado o registro de seu estatuto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o dia 5 de outubro de 2007 e possuir órgão de direção (diretório municipal ou comissão provisória) no município em que pretende concorrer até a convenção e devidamente anotado no TRE.

Documentos necessários
Para solicitar o pedido de registro de candidaturas, os partidos ou coligações deverão enviar em anexo ao Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP), a ata de convenção que deliberou a formação de coligações e a escolha de candidatos. Já as coligações deverão enviar em anexo as atas de todos os partidos que a integram.

Para os candidatos, em anexo ao Requerimento de Registro de Candidaturas (RRC), é obrigatória a apresentação da declaração de bens atualizada, as certidões criminais das justiças Federal e Estadual, fotografia (5x7 cm) recente, comprovante de escolaridade e prova de desincompatibilização, quando necessária.

Para concorrer às eleições, os candidatos devem ter nacionalidade brasileira, idade mínima de 21 anos, para os cargo de prefeito e vice-prefeito; e de 18 anos para vereador; ter filiação partidária de no mínimo um ano antes das eleições (05/10/2007), desde que o estatuto partidário não exija prazo superior; ter domicílio eleitoral no município por pelo menos um ano antes das eleições; estar em dia com o pleno exercício dos direitos políticos e com o alistamento eleitoral.

Para mais informações, os partidos e coligações podem acessar o Manual de Registro de Candidaturas já disponível no site do TRE-PA, http://www.tre-pa.gov.br/. (Fonte: TRE-PA)

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Comissão quer aprovar documento único de identidade no país

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, da Câmara dos Deputados, empossou na semana passada os deputados federais William Woo (PSDB-SP) e Fernando Melo (PT-AC) na presidência e vice-presidência da subcomissão Especial do Registro de Identidade Civil. A principal meta da subcomissão é aprovar o registro individual civil (RIC) no país. O Acre é o estado que já expede cédulas de identidade digitalizadas.

Fernando Melo já foi secretário de Segurança Pública no AC, modernizando o setor. "O sistema acreano conseguiu migrar tranqüilamente no banco de dados nacional, seguindo o mesmo sistema do passaporte brasileiro", comentou o parlamentar.

Em 2007, a Comissão de Segurança Pública promoveu audiência pública sobre o RIC, que foi instituído pela Lei 9.454/97, mas não adotado. O RIC cria um número único nacional de identificação dos cidadãos. O número seria fornecido pela Polícia Federal, mediante a identificação por impressão digital. Com o RIC será impossível alguém tirar um segundo documento, porque existirá uma pesquisa anterior das digitais.

Atualmente, é possível tirar uma carteira de identidade em cada estado. "Vamos trabalhar bastante para alcançar essa conquista ainda este ano", prometeu Fernando Melo.

TSE cancelou mais de 22 mil títulos no Pará

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cancelou 20.232 títulos de eleitores que não compareceram para fazer a revisão de seus dados no Pará. Os cancelamentos ocorreram em oito municípios do interior do estado. Ao todo, 90 mil eleitores foram convocados, mas apenas 67 mil revisaram seus dados dentro do prazo estabelecido.

O prazo da Justiça Eleitoral foi de 17 de outubro a 30 de novembro do ano passado. Os eleitores que tiveram seus títulos cancelados são dos municípios de Santa Cruz do Arari, Magalhães Barata, Bonito, Alenquer, Rio Maria, Sapucaia, Tucumã e Anapu.

No ano passado, o TSE determinou que os eleitores comparecessem aos cartórios dos oito municípios envolvidos para a regularização do Título Eleitoral com o objetivo de sanar irregularidades e evitar fraudes. Após a revisão, o TSE cancelou quase dois milhões de títulos em todo o Brasil.

As divergências entre os números de eleitores e a população das referidas localidades ocorreu por motivos diversos, como eleitores falecidos que não são comunicados à Justiça Eleitoral; e eleitores que continuam votando na cidade de origem, mas que moram em outra localidade.

De acordo com o artigo 92 da Lei 9.504/97 (Lei das Eleições), a revisão é determinada pelo TSE quando o número de eleitores é superior a 80% da população; o total de transferências de títulos do ano em curso é 10% maior em relação às transferências do ano anterior; e o eleitorado for superior ao dobro da população entre dez e quinze anos, somados também os eleitores com mais de 70 anos. Os três requisitos devem ser cumpridos simultaneamente.

Segundo a Resolução TSE nº 22.508/2007, para que haja o cancelamento do documento serão consideradas as ausências às eleições com data fixada pela Constituição, às novas eleições determinadas pelos tribunais regionais eleitorais, e ao Referendo realizado em 23 de outubro de 2005.

De acordo com a Resolução, as ausências registradas para inscrições atribuídas a eleitores cujo exercício do voto é facultativo - analfabetos, maiores de 70 anos, maiores de 16 e menores de 18 anos, por exemplo - não serão computadas para efeito do procedimento.

A Resolução também assegura que pessoas portadoras de deficiência, para as quais é impossível o cumprimento das obrigações eleitorais, não estarão sujeitas ao cancelamento do Título.

Eleitorado

O TSE divulga em julho o cadastro com o número de eleitores aptos a votar nas eleições municipais de 5 de outubro. Apesar de o prazo para o alistamento e pedido de transferência de domicílio eleitoral ter encerrado em 7 de maio, os dados passam por várias rotinas e, de acordo com o Provimento 3/2008 da Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral, o encerramento do processamento do cadastro será em 27 de junho e a conclusão da auditoria das bases de dados ocorre em 9 de julho. Só depois desta data será divulgado o número oficial de eleitores que, atualmente, totaliza 130.013.937 brasileiros. (Fontes: TSE/TRE-PA)

Líderes de movimento sem-teto fogem com arrecadação de taxas

Fotos: Caetano Silva




Cerca de 4 mil famílias sem-teto que contribuíram com taxas de R$ 20,00 e R$ 30,00 no último final de semana para adquirir terreno urbano em Parauapebas ficaram a “ver navios”, ao tomar conhecimento nesta segunda-feira (16) que os organizadores do movimento que prometia lotes às margens da rodovia PA-160, nas proximidades do motel Absinto, escafederam-se com a renda arrecadada.

De acordo com algumas famílias que se disseram ludibriadas, o movimento seria liderado por pessoas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Movimento Pró-Moradia (MPM) e União Municipal de Estudantes Secundaristas de Parauapebas (Umespa).

A área foi ocupada na última sexta-feira (13) pelos líderes do movimento e famílias cadastradas, que começaram a demarcar os lotes e iniciar a construção de pequenos casebres de madeira e cobertos de palha ou lona.

O local ocupado seria de propriedade da cartorária Elvina Santis, do pecuarista Gabriel Saldanha e de um grupo de pecuarista residente no sul do Pará, os quais já teriam entrado na justiça com pedido de reintegração de posse da área invadida.

Segundo ainda algumas pessoas que se inscreveram junto à coordenação do movimento para adquirir lotes, a promessa era que a área pertencia ao poder público, que estaria se comprometendo em implantar toda infra-estrutura para a formação do novo bairro.

Coronel Curió saiu do armário? (parte 4)

Luiz Carlos Antero

"Imaginação e realidade"

"Vi os papéis nas mãos do Curió" — sustentaria o presidente da Cooperativa, Ataliba da Silva Leite, principal signatário do documento. Curió é definido no texto do JB como "personagem símbolo da repressão no Araguaia e o principal arquivo vivo de todos os mistérios que rondam a história da guerrilha e do minério". Rival de Ataliba, o presidente do Singasp (Sindicato dos Garimpeiros de Serra Pelada), Raimundo Benigno Moreira, "põe um pouco mais de tempero na versão": "A área onde está o garimpo era dos guerrilheiros. Quem conhece a história e mora na região sabe disso. Quando toco no assunto, as autoridades do Ministério de Minas e Energia dizem que são coisas da ditadura, do passado e desviam do assunto".

"Imaginação fértil ou realidade, o fato é que essa suspeita nunca chegou a ser investigada a fundo", comenta a matéria do JB, que acrescenta: "O circuito da guerrilha compreendia uma extensão estimada entre 7 e 9 mil quilômetros quadrados, e englobava pedaços do Sul e Sudeste do Pará e uma parte do hoje Estado do Tocantins".

De um modo ou de outro, todos esses elementos ofereceriam maior consistência política e substância ideológica à resistência que seria gradualmente construída na região, jogando por terra as interpretações levianas acerca do planejamento existente. No desespero, a saída "estratégica" do coronel Curió termina por ensarilhar uma afiada faca de dois gumes contra seu próprio peito e da corporação militar.

Inúmeros crimes pós-guerrilha

Na prática, essa conversa tem um outro prumo. A story line de Curió sugere que, não fosse seu desempenho no combate a esse projeto (ou, de modo mais factual, nos assassinatos cometidos para roubar direitos de concessão à lavra), ele poderia ser algemado, preso e submetido a um julgamento público por crimes que se sucederam à Guerrilha do Araguaia, e inoculam uma capenga "lei de anistia".

Entre esses crimes, está até mesmo a execução, em 1993, de um adolescente de 17 anos (hoje contaria 35 anos) que supostamente teria penetrado em sua chácara, em Brasília. No final de 2007, as Câmaras Criminais Reunidas do TJE decidiram adiar o seu julgamento pela acusação do homicídio doloso daquele jovem brasileiro, em denúncia formulada pelo Ministério Público do Distrito Federal, pois Curió "não foi localizado", apesar de ter endereço e local de trabalho conhecido, na prefeitura de Curionópolis.

Pois, como parte de sua tarefa, ele ganhou uma cidade, de onde foi prefeito (e permaneceu ainda em 2008, resistindo à cassação que culminou um processo por abuso do poder econômico formulado pelo TSE). E persistiu semeando execuções. Depois de comandar as operações de extermínio no Araguaia, construiu um feudo econômico e político, exercendo até hoje forte influência na região conflagrada.

Curió fundou Curionópolis (PA), que se emancipou de Marabá em 1988, exercendo o primeiro mandato de prefeito após uma longa folha de serviços prestados ao regime numa região onde fez muitas vítimas entre os garimpeiros, mantendo-se indiferente a quaisquer sinais de mudança.

Exemplo disso foi o assassinato de Antônio Clênio Cunha Lemos, então presidente do Singasp, em Curionópolis, na madrugada do dia 17 de novembro de 2002, com cinco tiros, dois dos quais na cabeça.

Dois anos antes, o mencionado Raimundo Benigno Moreira, que o sucederia no comando do Singasp, fora vítima de esfaqueamento em Serra Pelada. (continua)

Anões


sábado, 14 de junho de 2008

Juíza proíbe propaganda eleitoral extemporânea no rádio e na TV

A juíza Eline Salgado Vieira, titular da 75ª Zona Eleitoral, expediu na última quarta-feira (11) Mandado de Notificação às emissoras de rádio e de televisão da comarca para que suspendam imediatamente, no prazo de 48 horas, a divulgação de qualquer propaganda eleitoral extemporânea, incluindo aquelas que dizem respeito à administração da Prefeitura Municipal ou a trabalhos realizados pela Câmara de Vereadores.

A 75ª Zona Eleitoral abrange os municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Sem-terra invadem fazenda na PA-160

Cerca de 4 mil pessoas, entre adultos e crianças, ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), invadiram na manhã desta sexta-feira (13) uma fazenda localizada no km 4 da PA-160, sentido Parauapebas/Canaã dos Carajás.

Contando com apoio da União da Juventude do Campo e da Cidade (UJCC), os trabalhadores rurais reivindicam assentamento para mais de 5 mil famílias no município de Parauapebas.

Os manifestantes montaram acampamento no local e garantem que a ocupação é pacífica.

Parlamentar sugere prioridade para Carajás em plano de governo

O deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA) sugeriu ao ministro de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Mangabeira Unger, que a região de Carajás tenha prioridade nas ações do Plano Amazônia Sustentável (PAS).

A sugestão foi feita em audiência pública com o ministro, nesta quinta-feira (12).

Na reunião, Unger informou que os governadores dos estados que compõem a Amazônia Legal vão definir, nos próximos dias, as microrregiões prioritária no PAS.

Giovanni Queiroz disse que a região de Carajás necessita de atenção governamental. Ele lembrou que tramita na Câmara um projeto de sua autoria (PDC 159/92) que prevê a realização de plebiscito sobre a criação do Estado do Carajás, a partir do desmembramento de municípios do Pará. O projeto aguarda inclusão na pauta do Plenário. (Ag. Câmara)
Fonte: Corredores do Planalto

Espaço da Poesia18

Na canoa

Autora: Lilia S. Chaves

A palidez inunda a proa
– na canoa debruçada
o que bebo do rio
não é a lua
sorvo o reflexo
da distância.

(e tu, que sorves
no corpo da amada?)

Escoando o barco
eu meço o peito vazio
a rima soa
sugerindo
mundos
na embriaguez da noite nua.

(e tu, que surges
nos lábios de minha ânsia?)

Desmaia a tez da lua louca
– é o líquido luar
que me amanhece
desfio a alma
no destino
da canoa.

(e tu, que luas
derramaste em minha boca?)

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Remo empata com SR e se classifica para final do Parazão

Remo e São Raimundo empatam em 1 a 1 na primeira semifinal do Campeonato Paraense 2008, que aconteceu na noite desta quinta-feira (12), no Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), em Belém.


O resultado garante uma vaga na final ao time azulino, já que ele foi o primeiro colocado na classificação deste segundo turno.

Sport vence Corinthians e conquista Copa do Brasil



Com dois gols, marcados por Carlinhos Bala e Luciano Henrique, o Sport do Recife derrotou na noite desta quarta-feira (11) o Corinthians e conquista o título de campeão da Copa do Brasil.

Empurrado por uma Ilha do Retiro lotada e enlouquecida, o Rubro-Negro é o primeiro time brasileiro garantido na Taça Libertadores da América de 2009.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Ramal ferroviário vai ligar Parauapebas a Canaã dos Carajás

A Vale anunciou na última segunda-feira (9) a empresários de Parauapebas e região a construção de um ramal ferroviário ligando os projetos minerários Carajás, em Parauapebas, e Sossego, em Canaã dos Carajás, numa extensão aproximada de 100 quilômetros.

Denominado Ramal Ferroviário do Sudeste do Pará (RFSP), o projeto deverá priorizar a mão-de-obra da região, envolvendo na fase de implantação 3.400 trabalhadores diretos, como operários da construção civil e de montagem, engenheiros, eletricistas, motoristas, mecânicos e outros.

O objetivo do ramal é transportar produtos dos diversos empreendimentos da Vale para a Estrada de Ferro Carajás, como a Mina do Sossego, Onça Puma e Níquel do Vermelho.

Com o anúncio do empreendimento, é provável que um grande contingente de pessoas se desloque de outras regiões em busca de emprego em Parauapebas e Canaã dos Carajás, como ocorre com a implantação de outros projetos na região.

PTB no rádio e na TV

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) entra no ar nesta quinta-feira (12), no período das 20 às 20h10 e das 20h30 às 20h40, respectivamente em rede nacional de rádio e de TV, com inserções do partido, conforme autorização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

terça-feira, 10 de junho de 2008

Política em Parauapebas

Inicia nesta terça-feira (10), e vai até o dia 30, o período para a realização de convenções partidárias destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador.

Acordos e mais acordos têm-se amarrado e desatado entre partidos em Parauapebas. Entre essas eventuais coalizões, a que mais tem havido mexida é entre o PMDB e o PSC. A priori, o partido do pastor Fenelon Lima Sobrinho (PSC) negociou com a pré-candidata a prefeita pelo PMDB, Bel Mesquita, a vaga de vice na chapa majoritária, em troca da Secretaria Municipal de Saúde, numa eventual vitória de Bel.

Nessa primeira negociação, chegou-se até a escolher o pré-candidato a vice-prefeito do PSC, na pessoa do ex-secretário de Finanças, Francisco Júnior Romão, no então governo Chico das Cortinas.

No último domingo (8), representantes do grupo PMDB/PSC resolveram descartar Júnior Romão e oferecer a vaga de vice ao pré-candidato a prefeito Valmir Mariano de Queiroz (Valmir da Integral) e a Secretaria de Urbanismo ao PSC, mas Valmir da Integral não teria aceitado a proposta.

Diante da recusa, o grupo agora tenta arrastar o ex-deputado estadual Faisal Salmen para si, não como pré-candidato a vice-prefeito, mas como candidato a vereador, oferecendo a ele a Secretaria de Saúde.

A tentativa de levar Faisal para perto de Bel é que PSC e PMDB temem pela língua ferina do ex-deputado, que já teria ameaçado dizer na campanha cobras e lagartos contra a ex-mulher Bel Mesquita.

O PSC já bateu o martelo: só abriria mão do candidato a vice se fosse para o empresário Valmir da Integral. Como este não aceitara a proposta, e Júnior Romão já foi descartado, Fenelon pode apresentar outro pré-candidato a vice-prefeito oriundo do partido.

Enquanto isso, muita gente já começa a apostar neste ou naquele candidato na corrida eleitoral.

Mas quem está mesmo correndo para tentar reverter a situação na Justiça Eleitoral são os candidatos que concorreram para vereador nas eleições de 2004 e não prestaram contas da campanha na data certa, e por isso correm o risco de serem inelegíveis.

Entre estes estão Antonio Fábio Medeiros Sacramento, Avenir Carlos Freitas, Dagmá Rodrigues Trevisan, Francisco Canindé Dantas, Janeclea Alves de Souza, José de Oliveira Dantas, José Wilson da Silva, Milton Alves Martins e outros.

Daqui até o dia 30 do corrente, quando encerram as convenções, muita água ainda vai rolar no meio político. Vamos conferir.

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Coronel Curió saiu do armário? (parte 3)

Luiz Carlos Antero

"Queriam o território todo"
Outro ex-guia do Exército, Abel Honorato de Jesus, sustenta a versão de Curió: ''Trabalhei para o Osvaldão no Garimpo de Matrinchã. Ele vendia os cristais em Araguatins e eu ficava com a metade do valor'', contaria "com exclusividade" ao jornalista Vasconcelos Quadros. Em dois depoimentos (um ao Ministério Público Federal, em 2005, e o mais recente no último dia 25 de abril aos membros da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, em São Domingos do Araguaia), "Abelinho" afirmou que ele e outros dois homens, um deles conhecido como Zé Alemão, trabalharam para Osvaldão por cerca de seis meses em 1970.

Abel seria preso dois anos depois, e, sofrendo maus tratos nas mãos dos militares, tornar-se-ia mateiro do Exército por conhecer a região e outros guerrilheiros: ''Os militares achavam que eu era compadre do Osvaldão''.

Ainda nesta versão, a preocupação da guerrilha com as riquezas minerais apareceria em outros documentos, entre eles um que conteria "o roteiro das propostas do partido para o Araguaia". O suposto documento falaria "em estimular a atividade garimpeira na região". Indicaria, nesse caso, uma referência ao Programa de 27 pontos da ULDP (União pela Liberdade e Direitos do Povo), que em seu 6º ponto pregava: "Assegurar aos garimpeiros o direito de trabalhar livremente e a regulamentação de sua atividade, impedindo que seja explorado na venda dos bens obtidos em seu trabalho". (Entre outros inúmeros endereços, a íntegra do Programa da ULDP pode ser encontrada em http://www.marxists.org/portugues/tematica/1972/misc/uldp.htm).

O coronel Curió anuncia que as informações relevantes acerca do plano de sustentação econômica da guerrilha deverão ser conhecidas no livro que publicará sua versão: ''Eles queriam o domínio do território todo'', uma área compreendida entre o Sul e Sudeste do Pará, nas bacias do Xingu, Araguaia e Tocantins — que corresponderia hoje ao imenso território que determinadas forças pretenderiam emancipar com o nome de Estado do Carajás, numa redivisão da Amazônia, em 2010. Entretanto, para quem se jacta de dispor de tantas informações, nenhuma palavra ainda foi pronunciada sobre o diário do comandante militar da guerrilha, o ex-deputado comunista Maurício Grabois, desaparecido desde a chacina ocorrida no natal de 1973.

Privataria e "segurança nacional"
O coronel Curió diz ainda que "a opção militar pela eliminação dos guerrilheiros impediu que a região do Bico do Papagaio se transformasse numa zona sob o controle da guerrilha, como fazem hoje as Forças Armadas da Colômbia (FARCS)". E, ao tratar dessa opção como assunto de segurança nacional, esse coronel conquistaria também "o papel de protagonista do processo de transferência de concessões de exploração dos recursos minerais de toda a região controlada pela Companhia Vale do Rio Doce", como ressalta também o jornalista Vasconcelos Quadros.

Ainda nesta versão, "a guerrilha estabeleceu seus destacamentos nas cercanias da Serra das Andorinhas, mas sabia do potencial mineral da região dos Carajás". Há menção a "um dos textos produzidos pelos dirigentes comunistas, apreendido com os guerrilheiros mortos", que descreveria as ''ricas jazidas da Serra Norte'' — a Serra dos Carajás — e criticava a concessão ''criminosa'' de um significativo pedaço de terra próximo a Marabá ao grupo americano Steel S/A — que, mais tarde, seria incorporado pela então estatal CVRD.

Antes do início dos combates, as concessões de lavra teriam passado por outras três empresas: a Empresa de Mineração Xingu Ltda.; a Meridional; e a Amazônia Mineração S/A (AMSA), incorporada pela CVRD (ainda estatal).

"Área pertencia a Osvaldão e Dina"
O coronel Curió e seus "bate-paus" de fato não inovam. Entre outros, o sítio http://blogdoespacoaberto.blogspot.com/2007/12/no-meio-da-guerrilha-o-tesouro.html reproduz, no dia 24/12/2007, uma matéria intitulada "No meio da guerrilha, o tesouro", veiculada pelo Jornal do Brasil, segundo a qual "líderes garimpeiros que disputam o controle do garimpo de Serra Pelada" estimulam uma nova versão acerca dos "direitos de propriedade" sobre a terra garimpada: "guerrilheiros seriam os controladores originais da área que pertence atualmente à Vale.

De acordo com a reportagem, essa revelação, "além de aumentar a lenda sobre a Guerrilha do Araguaia, joga luzes numa polêmica: militares e o comando da guerrilha sabiam que a região escondia jazidas de ferro, manganês, cristais, ouro e diamantes".

Num documento encaminhado em 2006 ao Ministério Público Federal, em Marabá, e Justiça Federal, em Brasília, visando questionar a concessão de lavra de uma área de 10 mil hectares que hoje pertence à Vale, o texto, assinado por quatro dirigentes da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), dá seu "tiro no pé": diria que "entre os antigos donos estão os dois mais famosos personagens que o PCdoB mandou para o Araguaia, Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão, e Dinalva Conceição Teixeira, a Dina". (Continua)

José Pimentel será novo ministro da Previdência Social

O deputado federal José Pimentel (PT-CE) deve assumir o Ministério da Previdência Social na próxima quarta-feira (11). O convite para ocupar a pasta foi feito semana passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pimentel, que foi relator do Orçamento Geral da União deste ano, assume o lugar de Luiz Marinho, que deixou o cargo para concorrer à Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP).

Deputado e advogado, José Pimentel (foto) tem 55 anos, está no quarto mandato como deputado federal e é filiado ao PT desde a fundação do partido, que ajudou a criar no Ceará. Sua atuação é voltada para a formulação de proposições políticas de desenvolvimento para o Brasil, em especial para a região Nordeste, sob a perspectiva da inclusão social, da geração de emprego e renda. É hoje uma das referências do PT em matérias previdenciária, financeira, tributária e orçamentária.

domingo, 8 de junho de 2008

Bomba


Paysandu goleia Tuna Luso

O time bicolor foi arrasador no clássico contra a Tuna Luso no Mangueirão, neste domingo (8), aplicando 5 x 1, dois gols de Samuel, um de Admilton, um de Paulo de Tássio e um de Fernando. Albertinho descontou para os tunantes.

No sábado (7), no estádio Baenão, o Remo perdeu de 2 a 3 para o Ananindeua.

Convenções partidárias iniciam dia 10

Pelo Calendário Eleitoral que rege as eleições municipais deste ano (Resolução TSE nº 22.579), 10 de junho, próxima terça-feira, é a data a partir da qual é permitida a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador.

De 10 a 30 de junho, dependendo do dia em que os partidos políticos ou coligações escolherem seus candidatos, será vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por candidato escolhido em convenção.

Também a partir do próximo dia 10 os feitos eleitorais terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos juízes de todas as justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandado de segurança.

O período para nomeação dos membros das mesas receptoras para o primeiro e eventual segundo turnos de votação também terão início a partir do dia 10, de acordo com o Calendário Eleitoral deste ano. Dez de junho também será o último dia para fixação, por lei, dos limites de gastos de campanha para os cargos em disputa.

Cresce escalada de violência contra bahá'ís no Irã



Seis líderes bahá’ís no Irã foram detidos e levados à famigerada prisão de Evin, no final do mês, numa remoção ominosamente semelhante aos episódios ocorridos em 1980, quando grande número de líderes bahá’ís iranianos foram capturados de modo semelhante e mortos.

Os seis homens e mulheres, todos membros do grupo de âmbito nacional que ajudavam a prover as necessidades mínimas dos bahá’ís do Irã, encontravam-se em suas , quando agentes da inteligência do governo invadiram suas casas. Os agentes levaram até cinco horas vasculhando cada casa antes de levá-los.

O sétimo membro do grupo nacional de coordenação foi aprisionado no início de março em Mashhad, depois de ser convocado pelo escritório do Ministério da Inteligência daquela cidade, por causa de um assunto evidentemente trivial.

“Protestamos nos termos mais enérgicos contra a prisão de nossos companheiros bahá’ís do Irã”, declarou Bani Dugal, principal representante da Comunidade Internacional Bahá’í nas Nações Unidas, acrescentando que seu único crime é serem praticantes da Fé Bahá’í. “Especialmente perturbador é o modo como essa última remoção lembra a prisão indiscriminada dos membros de dois conselhos administrativos nacionais bahá'is no início dos anos 80 - o que levou ao desaparecimento ou execução de 17 indivíduos”, denunciou ela.

“As invasões às casas desses bahá’ís proeminentes estavam bem coordenadas, e está claro que representam grandes esforços de novamente atingir os bahá’ís e intimidar livremente a comunidade bahá'í iraniana”, disse a sra. Dugal.

Em 21 de agosto de 1980, todos os membros da Assembléia Espiritual Nacional dos Bahá’ís do Irã foram raptados e desapareceram sem deixar vestígio. Certamente foram mortos. A Assembléia Espiritual Nacional dos Bahá’ís do Irã foi reconstituída logo em seguida, mas novamente foi assolada pela execução de oito de seus membros em 27 de dezembro de 1981.

Vários dos membros de conselhos administrativos bahá'ís de âmbito local, conhecidos como Assembléias Espirituais Locais, também foram detidos e executados no início dos anos 1980, antes que um protesto internacional forçasse o governo a deter a execução de bahá'ís.
Desde 1979, mais de 200 bahá’ís foram mortos ou executados no Irã, embora nenhum tenha sido executado desde 1998.

Em 1983, o governo declarou ilegal todas as instituições administrativas formais bahá'ís. Assim, a comunidade bahá'í iraniana respondeu desmanchando sua Assembléia Espiritual Nacional, que é um conselho administrativo eleito, juntamente com cerca de 400 conselhos administrativos eleitos de âmbito local.

Os bahá’ís em todo o Irã suspenderam também quase todas as suas atividades organizacionais regulares. O grupo coordenador informal de âmbito nacional, conhecido como os Amigos, foi estabelecido com o conhecimento do governo para auxiliar a prover as diversas necessidades da comunidade bahá'í iraniana de 300.000 membros, que é a maior minoria religiosa do país.

Para ver as fotos e outros aspectos clique aqui: http://news.bahai.org/ (Fonte: Cidadão do Mundo)

PV pede ''pedágio'' de R$ 13 mil a pré-candidatos

O Partido Verde (PV) instituiu uma espécie de "pedágio" para os interessados em disputar uma vaga de vereador em São Paulo na eleição deste ano. O partido está exigindo dos seus 77 pré-candidatos ao Legislativo paulistano o pagamento de uma taxa de R$ 13.500. A legenda pode lançar até 83 nomes para a disputa, o que poderá representar uma arrecadação de R$ 1,12 milhão.

O aviso foi feito aos pré-candidatos, individualmente, em reunião com o presidente municipal do PV, Carlos Camacho, entre abril e maio. A fórmula encontrada pelo PV para disfarçar a cobrança foi estipular aos interessados numa vaga de vereador uma cota de 300 novas filiações ao partido. Isso daria os R$ 13.500, já que cada filiado tem de pagar uma taxa de R$ 45 - valor da primeira anuidade.

Em tese, se conseguir todas as filiações, ele acaba compensando o gasto. Mas não é o que acontece. "Não é porque uma pessoa vota em você que ela vai se filiar ao partido", disse Sílvia, que até hoje não pagou os seus R$ 13.500 ao partido. Ela disse que não tem o dinheiro e, sem esperança de conseguir as 300 filiações, teme não sair candidata. A convenção do PV está marcada para o dia 15 do corrente. (Silvia Amorim, de O Estado de S.Paulo)

Classificados

Vende-se um imóvel localizado na rua Parsondas de Carvalho nº 558, Marabá Pioneira, próximo à av. Antonio Maia, ou troca-se por outra casa em Parauapebas (PA). Contatos com Mércia Imóveis (Creci 4080) pelo fone (94) 3321-1946 e celular (94) 9163-8626, Marabá (PA), ou pelo celular (94) 9969-5504 (Parauapebas).

________________________________

Vende-se uma loja com comércio de aparelhos celulares e acessórios localizada na rua Ceará, bairro Rio Verde, Parauapebas. Contatos pelos fones (94) 3346-2002 e 3356-2759 ou celulares (94) 9133-2063 e 9661-9858. Preço a combinar.

sábado, 7 de junho de 2008

Isto é o acre da lei

Por causa de uma opinião a partir da foto abaixo, no post "Encontro das águas", de 19 de setembro de 2007, a promotora Meri Cristina do Amaral Gonçalves, da Defesa de Meio Ambiente, mobilizou o Ministério Público do Acre contra este blogueiro (Altino Machado).

Estou sendo alvo de uma estranha "notícia Crime Ambiental" movida pelo MPE em nome da promotora que sentiu-se ofendida. Recebi a intimação enviada por Afonso Braña Muniz, juiz titular do 2º Juizado Especial Criminal da Comarca de Rio Branco, para comparer à audiência marcada para a próxima quarta-feira (11).

De acordo com os autos, o post antigo foi encaminhado à promotora, em abril, por Socorro Camelo, assessora de imprensa do MPE. O que era podre e fétido está pior. Mas leia a seguir a íntegra do post que motiva a sanha:

A água poluída e fétida que desce pelo canal do belo Parque da Maternidade, em Rio Branco, encontra as águas do combalido Rio Acre, a 557 metros em linha reta do Palácio Rio Branco, a sede do governo da floresta.

A água fétida e poluída que sai de casas, hospitais e indústrias, inclusive curtumes, é toda lançada dentro do Rio Acre, o que explica em parte a morte de milhares de peixes nesta semana, em Belo Jardim, a 45 minutos de barco do centro da capital. A imagem acima foi captada pelo fotojornalista Marcos Vicentti, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Acre.

É uma imagem negativa para o Acre, a terra de Chico Mendes, Marina Silva e tantos outros santos milagreiros da política. É uma imagem que depõe contra o governo da florestania, cuja meta é tornar o Acre nos próximos três anos o melhor lugar da Amazônia para se viver e futura sede de Copa do Mundo.

Usa-se na região, sem qualquer controle, agrotóxicos como Tordon e Radap (veja aqui) contra pragas em pastagens. Tanino e cal também são usados abusivamente pelos curtumes. É provável que a causa da mortandade de peixes no Rio Acre tenha sido o rompimento de alguma lagoa de contenção de rejeitos químicos dos frigoríficos na BR-364. Com certeza continuarão impunes.

O Ministério Público do Acre se mostra incapaz de exercer o papel constitucional de agir em defesa do meio ambiente e da sociedade. Como, às vezes, funciona no tranco, a Promotoria Especializada de Defesa do Meio Ambiente agora ameaça responsabilizar o governo estadual e a prefeitura de Rio Branco pelos crimes ambientais que têm resultado na lenta agonia do Rio Acre. O MP prevarica todos os dias e também deveria ser responsabilizado criminalmente por não fazer do velho Acre uma causa. (Fonte: Blog do Altino Machado)

sexta-feira, 6 de junho de 2008

De volta


Espaço da Poesia17

Oásis

Autora: Karina Jucá

Do lago coloidal
o outro olho do deserto
Espelho líquido
(Isso quer dizer que somos em mim
eu sou tu
ou o mergulho, inefável...)
No teu olho quero ver outra imagem
E não o meu reflexo
Ele que me furta todo conhecimento.

O olho, espelho
de translucidez cega
lago de vidro
lago escuro
que se furta o seu
próprio segredo.

Pois, náufragos
do aquário para as margens
olhar ao redor,
o teu rosto,
onde procuro o mundo inteiro.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Auditor quer indenização por ficar em fila de banco por mais de uma hora e meia

Bancos lotados, filas enormes, pessoas em pé, cansadas de esperar. São problemas enfrentados diariamente por quem procura os serviços das agências bancárias. Uma situação que não foi esquecida pelo auditor contábil Max Ferreira, de 35 anos. No dia 12 de maio ele permaneceu durante 1h32 em uma fila de banco. Revoltado por ter sido ignorado pelo gerente, o auditor guardou a senha que comprova o tempo de espera e resolveu entrar com um processo no Juizado Especial Cível de Viana (ES).

“Permaneci na fila por 1 hora e 32 minutos. Antes desse período todo, solicitei ao gerente que ele agilizasse o atendimento no caixa e ele disse para mim que havia outros bancos que eu poderia me dirigir, eu aguardei no final da fila, me dirigi novamente a ele e solicitei que ele assinasse o horário que eu fiquei, ele não assinou, mas me deu um comprovante. Isso é um absurdo”, contou Max Ferreira.

Como o auditor vive de comissões e perdeu dinheiro por um contrato que não foi assinado, ele pede uma indenização de R$ 4 mil por danos morais. A audiência conciliatória está marcada para o dia 12 de junho.

Segundo a chefe da secretaria do Juizado Especial Cível de Viana, Márcia Esteves, no geral, há poucos processos dessa natureza tramitando nos juizados de pequenas causas.

“Temos hoje três processos tramitando no juizado de Viana. Quando a pessoa se sentir lesada por estar demorando na fila do banco por mais de 15 minutos, tem que ter testemunhas, primeiro falar com o gerente do banco, para avisar da demora, se ele não tomar nenhuma providência o cidadão tem direito a abrir uma ação em qualquer juizado da sua cidade”, orientou.

Nos Juizados Especiais, a indenização pode chegar a 40 salários mínimos (R$ 16,6 mil). Só neste ano, o Procon Estadual autuou 25 instituições bancárias por descumprirem as leis que determinam o tempo limite.

O tempo de permanência em filas de banco na Grande Vitória é de 15 minutos. O consumidor que se sentir lesado ou quiser denunciar, pode entrar em contato com o Procon por meio do telefone 151. (Daniela Zanotti e colaboração de Carlos Macedo)
Fonte: Blog Carlos Ferreira

STF move processo contra 8 parlamentares paraenses

Nos últimos nove meses, o Supremo Tribunal Federal (STF) promoveu a gestação de 86 novos processos contra deputados e senadores brasileiros, oito dos quais do Estado do Pará.

Nesse período, o número de investigações saltou de 195 para 281, um aumento de 44%. Já a relação dos parlamentares investigados passou de 105 para 143, crescimento de 36,1%, conforme levantamento exclusivo do Congresso em Foco.

A metade deles, 63 deputados e oito senadores, estava sem mandato até o início da atual legislatura. Isso explica em parte o aumento no número de processos e congressistas acusados, já que muitas dessas denúncias "subiram" para o Supremo só ao final do primeiro ano de mandato dos novatos.

Por conta do foro privilegiado, acusações contra parlamentares devem ser julgadas apenas no STF, mesmo que tenham se originado nos estados.

Acompanhe abaixo a relação de deputados e senadores paraenses e as respectivas ações penais e inquéritos:

1) Asdrúbal Bentes (PMDB)
Pré-candidato à Prefeitura de Marabá e ex-prefeito de Salinópolis entre 1983 e 1985.
Ação Penal 481 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral. Estelionato e formação de quadrilha ou bando.

2) Giovanni Queiroz (PDT)
Ação Penal 476 – Crime contra o direito tributário.

3) Jader Barbalho (PMDB)
Ação Penal 339 – Crime contra o sistema financeiro nacional. Evasão de divisas.
Ação Penal 397 – Crime contra a fé pública, falsidade ideológica, corrupção, formação de quadrilha, estelionato e lavagem de dinheiro.
Ação Penal 398 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 374 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2051 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2052 – Crime contra a administração pública. Peculato.

4) Lira Maia (DEM)
Ação Penal 484 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2578 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2630 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2632 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2685 – Crimes de responsabilidade.

5) Paulo Rocha (PT)
Ação Penal 470 – Convertido em réu pelo STF na denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, responde a processo por lavagem de dinheiro.

6) Wladimir Costa (PMDB)
Pré-candidato à Prefeitura de Barcarena.
Ação Penal 415 – Crime de imprensa, injúria e difamação.
Ação Penal 474 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.
Açao Penal 386 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.

7) Flexa Ribeiro (PSDB)
Inquérito 2266 – Natureza não informada.

8) Mário Couto (PSDB)
Ação Penal 440 – Crime eleitoral.
Inquérito 2539 – Crime eleitoral.
(Fonte: Congresso em Foco)

Dia de Campo

O grupo Nelore Quality está nos preparativos finais para a realização do 3º Dia de Campo em Parauapebas. O encontro dará oportunidade para o produtor rural conhecer o que há de melhor na genética bovina da região e adquirir filhos de reprodutores da mais alta linhagem genética.

Na oportunidade, estarão disponíveis para comercialização 35 exemplares da raça nelore, como Big Ben da Santa Nice, Bitelo SS, Fajardo da GB, entre outros.

O Dia de Campo será realizado no próximo dia 22, a partir das 10 horas, na Chácara Nelore Quality, no quilômetro 8 da estrada de acesso à ferrovia.

O evento conta com apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), Prefeitura Municipal, Ufra e Banco da Amazônia. (Fabiana Gomes)

Deputada luta em Brasília pela duplicação da Transamazônica

A deputada estadual Bernadete ten Caten (PT) conseguiu do Ministério dos Transportes, através do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Dnit), o compromisso de realizar uma audiência pública em Marabá até o próximo dia 25 deste mês.

O objetivo da audiência é apresentar para a população o projeto de duplicação da rodovia Transamazônica (BR-230), que inclui a construção de uma ponte sobre o rio Itacaiúnas, no perímetro urbano daquela cidade.

O assunto foi tema de reunião na última terça-feira (3), no DNIT, em Brasília, que contou também com a participação do deputado federal Zé Geraldo (PT-PA). A data da audiência ainda será confirmada.

O diretor de Infra-Estrutura Terrestre, Hideraldo Luiz Caron, e o coordenador-geral de Construções Rodoviárias do DNIT, Luiz Munhoz Prosel Júnior, ressaltaram a Bernadete e a Zé Geraldo que o processo licitatório para o início das obras já foi aberto e, atualmente, está sob a análise do DNIT.

Na reunião, os deputados pediram aos dirigentes do DNIT que o órgão construa o cais de arrimo do bairro do Cabelo Seco no rio Tocantins, que é um dos mais antigos e pobres de Marabá. Seriam necessários R$ 6 milhões para a construção do cais. Hideraldo Caron prometeu elaborar um projeto para a obra, o qual também deverá ser discutido com a população na mesma audiência pública.

Histórico
A Transamazônica é uma das maiores rodovias do país, que corta vários estados da região Norte. A rodovia foi inicialmente projetada para interligar as regiões Norte e Nordeste do país com o Peru e o Equador, perfazendo o total de 8 mil quilômetros de pista pavimentada.

A meta do governo Médici era estimular a ocupação demográfica da Amazônia. Mas apenas um trecho de 2.600 quilômetros foi inaugurado em 1972 e, até hoje, grande parte da rodovia não é asfaltada, chegando a ficar intrafegável no período chuvoso amazônico. (Enize Vidigal)

Cadê as modelos?

Eu queria entender... Mas não consigo!
Noticiamos algumas edições atrás sobre uma agência de modelos de Parauapebas que estaria levando algumas meninas que aparentavam ser menores de idade para festas noturnas...

Achar essas "modelos" com seus "agenciadores" em festas, botecos, boates e outros eventos mundanos é muito, mas muito fácil mesmo... O difícil é ver essas "modelos" desfilando em passarelas.

Ou será que elas são especializadas em "desfilar" em botecos, boates e outros eventos noturnos? Eu, hem... Como diz o Marcel Nogueira: Pense numa cidade do muro baixo... (Bariloche Silva)

Flu vence Boca e está na final da Libertadores



Pela primeira vez na história, o Fluminense está na final da Taça Libertadores. O clube carioca venceu o Boca Juniors por 3 a 1, nesta quarta-feira (4), no Maracanã, em um jogo emocionante.

Palermo abriu o placar. Washington, Conca e Dodô garantiram a virada. A decisão será contra a LDU, do Equador, que na terça-feira (3) eliminou o América, do México. O primeiro jogo será na altitude de Quito na próxima quarta-feira (11). E a decisão no dia 18, no Maracanã.

Com o resultado, o Fluminense também acabou com uma escrita do Boca Juniors na Taça Libertadores. Desde 1963, quando o Santos de Pelé venceu os argentinos, o time não era eliminado por um clube brasileiro.

Eram 12 vitórias seguidas em confrontos eliminatórios na competição. Cruzeiro (duas vezes), Atlético-MG, Corinthians, Flamengo, Palmeiras (duas vezes), Vasco, Paysandu, Santos, São Caetano e Grêmio sucumbiram diante do Boca.